14 de março de 2010

O Iluminado

 

Há muitos anos atrás, lá em 1997, assisti uma versão de O Iluminado. Eram duas fitas VHS que condensavam uma minissérie de quatro horas de duração, baseada no livro. Na época ainda estava começando a entrar no universo Stephen King e assim que vi o filme me apaixonei por eles (o filme e o autor). A história sobre um menininho iluminado (isto é, de uma mediunidade muito forte) que é perseguido pelo pai possuído em um hotel isolado pela neve me cativou muito - por mais estranho que essa frase pareça.





Passaram-se mais alguns anos e, em uma reprise na TV, assisti a versão anterior de O Iluminado, de 1980, dirigido pelo Stanley Kubrick e com Jack Nicholson no papel de Jack Torrance. Gostei bastante desse filme, mais pela atuação clássica do Jack Nicholson que qualquer outra coisa. Aliás, esse filme tornou-se referência para diversos outros filmes do gênero, aparecendo inclusive em um episódio de Halloween de Os Simpsons.


Chegamos finalmente em 2009, quando eu finalmente resolvi ler o livro. Reitero a velha ladainha de que o livro é melhor que o(s) filme(s). Amo o jeito que Stephen King escreve e como ele consegue nos passar tudo que os personagens estão sentindo. Senti desespero com Wendy, tentando fugir do marido; senti o medo de Danny que, apesar de ser iluminado, também é apenas um menino de cinco anos; senti a loucura do Hotel Overlook que vai se apossando pouco a pouco de Jack.

É um livro muito bom, um clássico não só de SK mas da literatura de terror em si. Recomendo para todos os fãs do gênero. Só tomem cuidado caso resolvam ler antes de dormir. Ou terão sonhos (pesadelos?) com um certo baile de máscaras e um quarto de número 217...


Algumas diferenças entre o livro e os filmes (contém SPOILERS):
  • O filme de 1997 é muito mais completo que o filme de 1980, portanto com mais cenas assustadores, como o ataque dos animais de topiaria (depois de ver/ler você nunca mais vai ver aqueles arbustos em formato de animais do mesmo jeito).
  • Segundo Danny, Tony aparenta ter 11 anos, portanto nada a ver com o adolescente do filme de 1997 e a luz brilhante (o que era aquilo?!) do filme de 1980.
  • A frase "Só trabalho sem diversão faz de Jack um bobão" (all work and no fun makes Jack a dull boy), que é citada até nos Simpsons, não aparece no livro.
  • A cena mais marcante (pelo menos para mim) do filme de 1980, que é o encontro do Danny com as meninas gêmeas em um corredor do Overlook, não acontece no livro.
  • O final do filme de 1997 é mais bonitinho que o final original do livro...
Enfim, recomendo seguir nessa ordem: ler o livro, ver o filme de 1997, porque é mais parecido com o livro, e depois ver o filme de 1980, para entender as referências em outros filmes.

2 comentários:

  1. EU LI O LIVRO É MUITO BOM DÁ ATÉ MEDO... EU ASSISTI O FILME, MAS AGORA ESTOU LOUCA PARA ASSISTIR A SÉRIE DIZEM QUE É MUITO BOA E MAIS PARECIDA COM O LIVRO DO QUE O FILME.. BEIJOS.. PARABÉNS PELA MATÉRIA =)

    ResponderExcluir
  2. Acabei neste instante de ler o livro e resolvi pesquisar sobre essas gêmeas. A cena é conhecida mas não vi nada parecido no livro. Dúvida devidamente esclarecida :)

    ResponderExcluir

Olá!
Agradeço muito pelo seu comentário!
Logo irei retribuir sua visita. :)

(Comentários que não estejam relacionados à postagem e contenham apenas propaganda serão excluídos)

Related Posts with Thumbnails