7 de outubro de 2010

A Estrada da Noite

Jude Coyne é um típico ex-estrela do rock. 54 anos, barbudo, gordo e tatuado, já experimentou de tudo na vida e dormiu com muitas mulheres. Não gosta de chamá-las pelo nome, quando precisa falar com elas, diz o nome do estado de onde vem. A mais recente é Geórgia, uma gótica com metade da sua idade (como tantas outras), com quem vive há nove meses.

O que diferencia Jude de outros roqueiros é seu hobby de colecionar artefatos macabros. Por isso, quando vê em um site de leilão o anúncio da venda de um fantasma, não pensa duas vezes antes de comprar. Logo chega em sua casa a caixa em formato de coração, contendo o paletó do morto. Até aí, tudo bem. O que ele não sabia é que o fantasma é o padrastro de uma ex-namorada que se suicidou, e que fará de tudo para por um fim à vida do roqueiro.

A Estrada da Noite é o primeiro livro de Joe Hill, cujo nome verdadeiro é Joseph Hillstrom King. Reconheceu o sobrenome? Pois é, ele é filho do mestre do horror Stephen King, e com certeza ele herdou o talento do pai.

Confesso que várias partes do livro me deixaram com medo. Ele daria um ótimo filme de terror, pois tem cenas de susto garantidas. Por sorte, li a maior parte durante o dia. Mas mesmo assim, quando o sol se punha, tinha receio de olhar para o corredor e ver o homem com o chapéu de feltro preto sentado no final...

Se você gosta de sentir um frio na espinha, leia este livro!

Capa original (bem parecida com a brasileira, apesar do nome ser completamente diferente):

5 comentários:

  1. Olá Sora. De fato A Estrada da Noite é um bom livro, mas que isso... é de arrepiar os cabelos da nuca. Não só daria um bom filme como uma adaptação da obra já está a caminho. Sugiro o outro livro dele: fantasmas do Século XX, são vários contos, não necessariamente de terror. Muito bom. Já escrevi uma resenha sobre A Estrada da Noite: http://maxliteratura.blogspot.com/2010/09/sugestao-de-leitura-estrada-da-noite.html , a sua ficou melhor.

    ResponderExcluir
  2. Ei Sora,

    Que legal, adorei o post. Ainda não conhecia este livro, quero ler.

    beijoo

    ResponderExcluir
  3. Oi Sora.
    Eu tive que vir aqui comentar. Eu li esse livro há um ano, e cheguei até a passar mal no meio da sala de aula, por causa do jeito detalhista do escritor. Não sabia que Joe Hill era filho do Stephen King. Com certeza, o talento é de família.
    Adoro esse livro. Recomendo para todas as pessoas.
    Parabéns pela review.

    Beijos :*

    ResponderExcluir
  4. Olá Sora, grato pela visita.

    ResponderExcluir
  5. Pronto, comprei! Tava aqui na dúvida, mas depois dessa, já comprei hehehehe

    ResponderExcluir

Olá!
Agradeço muito pelo seu comentário!
Logo irei retribuir sua visita. :)

(Comentários que não estejam relacionados à postagem e contenham apenas propaganda serão excluídos)

Related Posts with Thumbnails