3 de outubro de 2010

Pobre Não Tem Sorte


Pobre não tem sorte já me atraiu antes do primeiro capítulo: Mariana, no dia de seu casamento, já com maquiagem e penteado arrumados, recebe seu noivo Edu em sua casa, com uma notícia estarrecedora: ele não quer mais se casar!

A partir daí somos apresentadas à história de Mariana e Edu: quem são, do que gostam, como se conheceram, namoraram e noivaram, até chegar no ponto do prólogo em que se separam. Ele está se formando em medicina. Ela é viciada em compras e roupas, sapatos e bolsas de marca, mas com um porém: é pobre! Mesmo morando num apartamento (ou melhor, apErtamento) em que é obrigada a dividir o quarto com sua irmã mais nova, trabalhando em um emprego que não gosta para ganhar uma merreca por mês, Mari vive com o cartão de crédito no vermelho, tentando viver uma vida que não tem. Como o título diz: pobre não tem sorte!

Esse foi o primeiro chick-lit brasileiro que eu li e me diverti bastante. Teve até algumas cenas em que eu ri em voz alta, porque me identificava demais com as situações. Quem gosta de uma comédia romântica leve e divertida, certamente vai gostar desse livro.

Na Bienal do Livro de São Paulo deste ano, tive a felicidade de conhecer a Leila Rego, que é super simpática! Ela tem um blog também, inclusive ela postou que em novembro irá publicar um novo livro, Pobre Não Tem Sorte 2 – Alguma Coisa Acontece no Meu Coração. Eu irei ler, com certeza!

Um comentário:

  1. Ei Sora,

    Eu tbm me diverti muito e li auto com este livro, que legal, eu sabia que ela estava escrevendo o segundo mas ainda não sabia o título e adorei.
    bjoo

    ResponderExcluir

Olá!
Agradeço muito pelo seu comentário!
Logo irei retribuir sua visita. :)

(Comentários que não estejam relacionados à postagem e contenham apenas propaganda serão excluídos)

Related Posts with Thumbnails