26 de janeiro de 2011

Filme do livro: P.S. Eu te amo

Sometimes there's only one thing left to say.


Holly (interpretada por Hillary Swank) tinha o casamento perfeito: Gerry (Gerard Butler, amo *-*) era simplesmente o homem de sua vida, bonito, inteligente, bem-humorado... Tudo isso é tirado dela de repente, quando Gerry morre, devido a uma doença. Após sua morte, Holly entra em depressão. Mas tudo muda quando ela começa a receber cartas assinadas por ele, que farão com que ela se levante e volte a viver sua vida. Todas as cartas terminam com "P.S. Eu te amo" - daí o nome do filme.

Eu devo ter passado o filme inteiro chorando, sem brincadeira. A história é muito triste. Mas o romance entre Holly e Gerry é lindo e o amor que ele sente por ela é muito grande. É um filme para ver enrolada no edredon com uma caixa de chocolates e outra de lenços.

O filme é baseado no livro de mesmo nome da autora Cecilia Ahern. Ainda não li nada dela, mas se forem como esse, vou querer ler, mesmo que me façam chorar (é igual Nicholas Sparks, que já começo a ler sabendo que vou cair em lágrimas).

Capa do livro publicado no Brasil:

Related Posts with Thumbnails