18 de março de 2011

PNTS 2 - Alguma Coisa Acontece no meu Coração

Continuação de Pobre Não Tem Sorte.

Mariana Louveira sai de Presidente Prudente, no interior paulista, para uma nova vida em São Paulo, junto com sua amiga Clara. Para quem não leu o primeiro livro, saiba que a Mari, apesar de ser uma pessoa super divertida, sempre foi meio fútil - dessas que acha a coisa mais importante do mundo andar por aí com uma bolsa caríssima, mesmo tendo que se matar para pagar todas as suas prestações. Por isso, entre suas prioridades do que fazer quando chegasse em São Paulo, estão jantar no Fasano (olha a quantidade de cifrões aqui!) e conhecer todos os shoppings.

No primeiro livro ela aprendeu algumas lições, mas nesse precisará crescer mais ainda. Pois, se quiser sobreviver em São Paulo, a primeira coisa de que precisa é um emprego para pagar as contas.

Mari passa por diversas entrevistas, até que consegue um emprego em uma rede de hoteis. Ela também vai a baladas com Clara e até conhece um possível pretendente ao seu coração. Tudo isso sem esquecer Edu, seu ex-noivo e o motivo pelo qual ela se mudou de Prudente.

Uma das coisas que ela faz em SP, também, é criar um blog para passar o tempo e postar seus textos (porque ela descobre um sangue de escritora correndo em suas veias) e dicas do que ela mais gosta, que é, claro, moda. E olha que legal: é possível acessá-lo aqui! Além disso, no final do livro, tem todos os posts que ela escreveu no blog.

Se eu já tinha gostado de PNTS, gostei ainda mais do segundo. É super divertido e tem umas partes tão engraçadas que eu acabava rindo alto. Por isso, se você costuma ler no ônibus, cuidado: as pessoas podem achar que você é louca.

Acho que gostei mais desse livro porque me identifiquei mais com a personagem. Primeiro quando ela vai fazer entrevistas de emprego, pois já passei por várias dinâmicas de grupo ridículas e, realmente, esse tipo de situação é hilária - exceto quando estamos lá, contando os minutos para acabar. Segundo, porque ela tem uma segunda "profissão", que é ser blogueira. 

Aliás, achei super legal que a Leila Rego dedicou esse livro às blogueiras (veja a foto aqui). Eu conheci o primeiro livro através de blogs. Quando fui à Bienal de SP, ano passado, por acaso ela estava lá promovendo o livro e eu aproveitei para comprar, autografar e tirar fotos. Certamente muitos livros, tanto nacionais quanto internacionais, só são conhecidos devido à divulgação feita pelos blogs. Isso é muito bom, pois ajuda a estimular a leitura.

Outra coisa: eu me apaixonei pelo André, um amigo que Mari conhece em uma balada. Meninas, imaginem um homem que, além de bonito, bacana e inteligente, é chef de seu próprio restaurante italiano! Não dá para resistir...

Se você gosta de comédias românticas, leia os dois livros da série Pobre não tem sorte. As risadas são garantidas.
Related Posts with Thumbnails