10 de junho de 2011

Além do Planeta Silencioso

Mal tinham parado de cair as últimas gotas do temporal, quando o Pedestre enfiou o mapa no bolso, ajeitou melhor a mochila nos ombros cansados e saiu do abrigo de uma grande castanheira, indo para o meio da estrada. Um pôr do sol de um amarelo agressivo vinha se derramando através de uma fenda nas nuvens a oeste, mas à sua frente, acima dos montes, o céu estava cor de ardósia escura.

O Pedestre, na realidade é Ransom - filólogo e pesquisador da faculdade de Cambridge. Ele é sequestrado por dois "colegas", Devine e Weston, que o colocam em uma nave rumando para um planeta distante - o magnífico planeta de Malacandra. Mas, chegando lá, descobre que os dois cientistas planejam oferecê-lo como sacríficio a Oyarsa, governante do planeta em questão. Ransom foge e se refugia com um hross, um ser esquisito que habita o planeta. A partir daí, Ransom aprenderá muito com seu novo amigo, tanto sobre Malacandra quanto sobre a raça humana.

Eu havia marcado esse livro como desejado no começo do ano, pois é do mesmo autor de As Crônicas de Nárnia, que eu li e gostei bastante. Pela sinopse, pensei que Além do Planeta Silencioso teria uma história empolgante, no mesmo estilo de Nárnia. Mas acabei de decepcionando.

O livro se trata, na verdade, de aulas de filosofia disfarçadas de ficção científica. Ransom e as criaturas do planeta discorrem sobre a vida, o universo e tudo mais, gerando diálogos extensos. As descrições dos cenários são cansativas - para vocês terem uma ideia, existem parágrafos que ocupam uma página inteira. Não há muita ação na história, ela se concentra em descrições e discussões.

Recomendo esse livro apenas para quem gosta de filosofia, pois é possível ignorar a situação de Ransom (que ele está em outro planeta) e encará-lo apenas como um discurso filosófico.

O livro faz parte da Trilogia Cósmica:
  1. Além do Planeta Silencioso
  2. Perelandra (inédito no Brasil)
  3. That Hiddeous Strenght (inédito no Brasil)
Apesar do 1º volume só ter sido publicado no Brasil em 2010, ele foi escrito em 1938.

Outras capas:


11 comentários:

  1. Olá!

    Parabéns pela resenha!

    Li as cronicas de nárnia, e adorei.

    Mas como voce disse que é disfarçado de filosofia, desanimei.

    Li 'o mundo de sofia' e o negócio é totalmente FILOSOFIA. Li rápido até e o final foi bom, mas filosofia em exagero me irrita.

    Sou mais um bom romance ou uma boa aventura.

    Beeijos!
    .............................
    www.livroseatitudes.blogspot.com

    (seguindo!)

    ResponderExcluir
  2. Ei Sora,

    Este eu passo então, não faz meu estilo. Mas eu tbm amo as crônicas de nárnia ^^

    bjo
    Nanda.

    ResponderExcluir
  3. Ahh, C.S. Lewis! Ainda não li esse livro, talvez agora nas férias de julho vou tentar ler.

    (:

    ResponderExcluir
  4. Oi Sorita :)
    Ainda não conhecia esse livro e tenho certeza que não vou gostar, haha!
    Muita filosofia pra mim, dá não :S

    :*
    Mi
    Inteiramente Diva

    ResponderExcluir
  5. Ui, de filosofia já basta a que eu estudei na faculdade. Nem pensar.

    Beijos

    ResponderExcluir
  6. C. S. Lewis?! Uauu, nome de respeito!
    Adorei a resenha Sora! Confesso que compraria babando o livro somente por causa do autor.
    Mas, depois de ler a sua resenha, fiquei um pouco em dúvida... Se bem que eu adoro filosofia, então pode ser que eu curta.
    Vou colocar nos meus desejados. Vá que eu consiga alguém que está querendo trocá-lo?!
    Bjss, bom fim de semana! \o/

    ResponderExcluir
  7. Meu Deus, que velho! huaoiuehuaihe
    Adorei As Crônicas de Nárnia, mas não me apego à filosofia :/ Gosto de coisas agitadas.



    Beijuuus!

    Mônica Barco
    www.leiturachick.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Não me deixou curiosa ... e vc ainda se decepcionou! =x

    ResponderExcluir
  9. Eu não acredito que ela é a mesma autora de As Crônicas de Nárnia,
    Pois quando comecei a ler a resenha já não gostei
    Tenho um certo preconceito com Ets...
    E você confirmou o que eu estava pensando
    Beijos

    ResponderExcluir
  10. Olá, Sora!!!
    Adorei a sua resenha!!
    Entretanto, este livro não despertou muito a minha atenção apesar de adorar As Crônicas de Nárnia rs.
    Bom findi.
    Bjos.

    Mariana Ribeiro
    Confissões Literárias.

    ResponderExcluir
  11. Oi, Sora!
    Eu de novo, ressuscitando tópicos antigos! rs
    Nunca tinha visto ngm q tinha lido Além do Planeta Silencioso!
    Este primeiro livro eu até que gostei bastante - sim, são aulas disfarçadas -, mas me empolguei com ele. Tanto que comecei a ler Perelandra.
    Os dois eu baixei os e-books, mas tem edições beeeem antigas. Cheguei a ver no site do Sebo do Messias à venda Perelandra.
    Bom, voltando ao livro, pensei que ia ser legal como APS, mas é muuuuuito chato! Cheguei até a metade para ver se mudava, mas nada! Então, não resisti e abandonei.
    Se vc achou APS aula de filosofia disfarçada, nem tente ler Perelandra...
    Esta Força Medonha (como eu achei o título do 3º) li uns dois parágrafos, mas tb não me empolguei.

    Beijos!

    ResponderExcluir

Olá!
Agradeço muito pelo seu comentário!
Logo irei retribuir sua visita. :)

(Comentários que não estejam relacionados à postagem e contenham apenas propaganda serão excluídos)

Related Posts with Thumbnails