23 de junho de 2011

Tormenta

Daniel encarava a baía. Seus olhos estavam tão cinzentos quanto a espessa neblina que envolvia o litoral de Sausalito e as águas agitadas que revolviam os seixos sob seus pés. Não havia nenhum vestígio de violeta em seus olhos agora; ele podia sentir. Ela estava longe demais.

Segundo livro da série Fallen. Para ler a resenha do 1º livro da série, clique aqui.

Atenção! Esta resenha pode conter spoilers para quem não leu o 1º livro da série!

Depois dos eventos ocorridos no livro anterior, Daniel tem medo de que algo possa acontecer à sua amada Luce. Por isso, a transfere para a Shoreline, um colégio à beira do mar na California, longe de Sword & Cross. Logo faz novos amigos: Shelby, a colega de quarto, Miles, um cara legal, e as inseparáveis Dawn e Jasmine. Na Shoreline todos se vestem como querem. Porém, o que mais a difere da Sword & Cross é que, em vez de encrequeiros, os alunos são nefilim - descedententes de anjos e humanos. E logo Luce começa a ter aulas entre eles, com dois professores bem diferentes dos que tinha na antiga escola.

Enquanto isso, Daniel está longe, lutando com Cam para destruir os párias, que querem pegar Luce. E Luce vai descobrindo novos poderes, junto com seus novos amigos. Talvez as sombras que a atormenta sirvam para alguma coisa, afinal...

Eu tinha gostado bastante de Fallen. Porém, Tormenta eu achei meio parado. Até a metade do livro, não acontece muita coisa. Mas, de repente, a história deslancha e, aí, não dá para parar de ler. Gostei de ver Luce começando a aprender mais sobre si mesma, sobre as sombras e sobre suas vidas passadas com Daniel. O livro terminou de um jeito que me deixou cheia de perguntas, que só serão respondidas (espero!) no próximo volume. Portanto, irei continuar acompanhando essa série.

Confesso que, se tem um personagem que não consigo gostar de jeito nenhum, é o Daniel. Desde o 1º livro que ele trata mal a Luce. Em Tormenta, então, ele simplesmente a abandona em Shoreline sem explicar o porquê. Felizmente, Luce não é boba é também começa a questionar seu relacionamento: será que só fica com Daniel por causa das vidas passadas, ou gosta dele de verdade?

Se eu fosse ela, certamente ficaria com o Cam! ;)

Resumindo, se você gostou de Fallen, leia Tormenta. Até a metade o livro é meio parado, mas não desanime, que depois acontece um monte de coisas e a história fica mais interessante.

Quando saiu a capa do livro pela primeira vez, muito se falou do título em português, já que no 1º volume havia sido mantido o original. E com razão, pois a tradução está errada! O título original é Torment, que em português traduz-se para "tormento" (com O), que significa sofrimento, suplício. "Tormenta" significa grande tempestade ou tumulto - e não sou eu quem estou falando não, vejam no Google Tradutor e no dicionário. Duas palavras, diferenciadas por uma letra, com sentidos completamente diferentes.

A capa original tem o mesmo design da brasileira, por isso fiquem com a capa do próximo volume, Passion.



Nota:
Submarino - R$29,90
Related Posts with Thumbnails