3 de fevereiro de 2012

Chantilly

Querido leitor, é a primeira vez que escrevo num diário. Também é a primeira vez que compro um diário, mas temo o que ocorrerá no futuro. Não demorará muito para me afetar, por isso, guardo a maior quantidade de memória possível nessas páginas. Quando acontecer, rezo para que lembre ao menos de algumas coisas. De onde eu vim, quem eu sou, o que faço ou o que pretendia fazer...
(página 11 do livro)

Algo estranho e misterioso aconteceu na cidade de Chantilly, na França: seus habitantes perderam a memória. Não se lembram quem são ou por que isso aconteceu. Após encontrar o diário de Catherine Aragon, os cientistas Ethan Stuart e Leon Saiter tentam entrar em contato com ela, e tentar desvendar o mistério de Chantilly.

Chantilly é um livro curtinho (147 páginas) e que pode ser lido rapidamente - pois, quando comecei, estava louca para descobrir a razão do mistério e por isso não conseguia parar de ler. A história é interessante e prende bastante.

Há apenas dois pontos que não gostei. Os personagens podiam ser melhor desenvolvidos pois, muitas vezes, eu confundia Leon com Ethan. Era difícil discernir as características de cada um; isso só ficou claro mais perto do final. Outro ponto é que o livro possui várias mudanças de foco narrativo, da terceira para primeira pessoa, sendo que quando era primeira pessoa também mudava o personagem. Isso também me deixou confusa.

Preciso dar aqui meus parabéns à autora, Mare Soares, que publicou seu livro de forma independente e realizou um ótimo trabalho. A diagramação, o português e a capa são perfeitos, e ela fez tudo isso sem uma editora. Bom, eu acho que, nesse caso, foram as editoras que saíram perdendo.

A cidade de Chantilly realmente existe. Este (abaixo) é o castelo da cidade, seu principal ponto turístico. Será que as pessoas de lá se lembram de quem são? Fica a dúvida. ;)


Este é o primeiro livro de uma trilogia:
  1. Chantilly
  2. Copenhague
  3. Champagne.
Se você procura um livro que te prenda até a última página, recomendo Chantilly - de preferência com um cappuccino cheio de chantilly acompanhando.

Trecho do diário de Catherine Aragon

Nota:


Onde comprar: direto com a autora - livrochantilly.com.br
Related Posts with Thumbnails