9 de março de 2012

Resenha do leitor: O Enigma do Oito

Com personagens que se movem como peões num tabuleiro, 'O enigma do oito' conta a história do lendário xadrez de Carlos Magno, escondido durante mais de mil anos e desenterrado na Abadia de Montglane, nos Pirineus, às vésperas do início da Revolução Francesa.
Quase 200 anos depois, na década de 1970, em Nova York, uma especialista em informática se vê envolvida num perigoso jogo, iniciado dois séculos antes, quando o xadrez deixou a Abadia. Um romance de ação, suspense e mistério, no qual cada reviravolta é uma jogada de mestre.
(sinopse do Skoob)






Resenha da Leitora - Gabi Lopes:

"(...) - Com prazer. Depositei minha fé em quem desenhou estas linhas em minhas mãos. Com este sinal em minhas palmas, reino absoluta. Você pode ser a regente de todas as Rússias, minha querida Figchen. Mas não se esqueça quem Eu sou, na verdade, nem quem me escolheu. Lembre-se de que Deus é o maior de todos os Grandes Mestres de xadrez!"

No século XVIII, quando o mundo estava prestes a mudar com a Revolução Francesa a Abadessa de Montglane foi obrigada, pela lei do Confisco, a tomar uma decisão que seria o fator motivador de toda a história mundial...

Ela retirou, das profundezas da abadia um terrível segredo, poderoso e único, que poderia alterar todo o destino da humanidade: O xadrez de Montglane.

Parecido com um jogo de xadrez em sua essência o jogo possui poder e mistério que datam da época de Carlos Magno. Além de seu tabuleiro ser todo feito em ouro e prata e suas peças, de metais preciosos, terem incrustações de pedras preciosas como safiras, rubis e diamantes, há entalhes nas peças e na base contendo uma fórmula secreta.

A Abadessa incubiu suas noviças e freiras de protegerem o jogo, com suas próprias vidas se necessário. Mas mesmo nessa época tão distante um jogo mais poderoso e perigoso era jogado no tabuleiro da vida e as noviças Mireille e Valentine foram arrastadas para o olho de um furacão do qual nunca mais poderiam sair.

No ano de 1972 a jovem Caterine Vellis é levada à Argélia para desenvolver um sistema de informática para um grupo ainda desconhecido chamado OPEP, ela não sabe, mas foi escolhida tal como peão para encontrar e reunir as peças que séculos atrás a abadessa distribuiu pelo mundo através de suas noviças.

Assim como Mireille e Valentine, Cat parte em busca do próprio destino, em uma corrida contra inimigos perigosos, com informações distorcidas e incompletas ela tentará resolver o Enigma que tem poder de salvar e destruir.

Cat conta com a ajuda da enxadrista Lilly, filha de seu grande amigo Harry, com o misterioso e genial Solarin e com o recluso Nim.

Mireille contará consigo mesma, com seu amante Tallyard e com alguns poucos amigos que conhecerá na jornada.

Ambas destinadas a conhecer o segredo e protegê-lo até o fim.

"..Mireille espantou-se outra vez com a beleza do militar, com os longos cabelos castanhos e com os olhos grandes e tristes. Apesar de magro e baixo, quase da altura dela, o jovem dava a impressão de segurança e grande força interior. Decidiu confiar nele.
- Está bem - Sorriu - Vamos para a estalagem. (...)
- Não vai se arrepender, mademoiselle. Deixe que eu me apresente. Meu nome é Maria - Anna, mas meus parentes me chamam de Elisa. Este é meu mano, Napoleão. Somos da família Bonaparte."

Esse livro é cheio, transbordando de fatos históricos, culturais e etc.

A pesquisa que Katherine Neville fez é algo alucinante.

Ela traz assuntos de história, Revoluções, guerras, música, matemática, alquimia e XADREZ. Tudo super relacionado e entrelaçado, de tal forma que você vai se questionar se realmente Napoleão não estava atrás das peças..

Se Rousseau já tinha descoberto a chave da formúla, ou se Catarina, a grande Czarina Russa realmente tinha casos com rapazinhos mais novos...

Finalmente você vai se perguntar se Solarin existe, e como consegue desaparecer sempre tão depressa...Vai querer visitar o reduto de Nim e se sentar em uma de suas cadeiras em frente à lareira e conversar sobre um segredo milenar. Vai querer que a louca Lilly te leve para uma volta pelo deserto ou não.

Você vai se apaixonar por xadrez, como eu sempre fui e como me reavivou o livro...

É algo poderoso demais para ser lido depressa, é um livro para ser degustado, devagar e com paciência, mesmo que você queira ficar a madrugada inteira lendo... é muita informação de uma só vez..

Espero que como eu vocês entrem de cabeça nesse Enigma e se divirtam...

Nota:

Sobre a resenhista:

Olás,
Sou Gabriela Lopes, que não gosta de Cravo e nem de Canela.
Mas gosto de livros, filmes, séries e aventuras fantasiosas.

Tenho 23 anos e há 2 anos estou  com o blog Sonhos e Aventuras onde falamos sobre esses hobbys e outros como culinária, moda e a vida em geral.
Meu gênero de livro varia um pouco conforme o humor, mas gosto de romances, aventuras e livros de fantasia.

Convido a quem se interessar para vir Sonhar e se Aventurar por aqui

Espero que leiam o livro Enigma do Oito pq foi um dos que mais gostei e é um livro e tanto!!

Abraços
Gabi
sonhosaventuras.blogspot.com

---

Gabi, sua resenha está perfeita! Eu também me encanto por histórias relacionadas ao xadrez e fiquei morrendo de vontade de ler esse livro!
Pessoal, não deixem de visitar o blog da Gabi e acompanhar as resenhas dela por lá! ;)
Related Posts with Thumbnails