24 de abril de 2012

Febre Negra

Minha filosofia é muito simples: qualquer dia em que não estão tentando nos matar é um dia bom.
Ultimamente, não tenho tido muitos dias bons.
Não desde que os muros entre os Homens e os Fae desmoronaram.
Pensando bem, não há nenhum vidente sidhe vivo que tenha tido um dia bom.
(página 11)

MacKayla Lane vai para a Irlanda investigar o assassinato de sua irmã. Lá ela se depara com um novo mundo, dos Fae - uma espécie de fadas, longe de se parecer com a Sininho da Disney - e descobre que sua irmã estava envolvida em algo muito mais obscuro do que poderia imaginar.

Em primeiro lugar, preciso dizer que esse livro foi totalmente o contrário do que eu esperava. Eu achava que era um romance sobrenatural YA, mas ele é bem adulto. O que eu quero dizer com "adulto" é: contém várias cenas de sexo.

Ainda assim, a protagonista, MacKayla, é totalmente adolescente, apesar dos seus vinte e tantos anos. Chega a ser até infantil o jeito que ela se preocupa em pintar as unhas e vestir a roupa X, Y ou Z. Isso porque o livro não é um chick-lit levinho, pelo contrário, ela se mudou de país para investigar a morte da irmã. Acredito que, nesse tipo de situação, a última coisa que uma pessoa iria se preocupar é a cor do esmalte. Barrons, o homem que faz par com ela, é outro pelo qual não senti simpatia alguma. Me passou a ideia de ser um brutamontes, frio e insensível.

MacKayla (ilustração do site da autora

O começo da história também achei meio entediante... A investigação demora para engrenar. Comecei a gostar da história lá pela metade do livro, quando o Príncipe Unseelie apareceu. Mais interessante que a história em si, é o mundo criado pela autora, Karen Marie Moning. O reino Faery, a guerra entre os Seelie e Unseelie, os videntes, foram muito bem desenvolvidos.

Este é o primeiro volume da série Fever (os demais volumes são inéditos no Brasil):
  1. Darkfever (Febre Negra)
  2. Bloodfever
  3. Faefever
  4. Dreamfever
  5. Shadowfever
Enfim, eu não gostei muito da história em si, mas gostei do universo que a autora criou. Recomendo para quem quer ler uma história sobrenatural adulta e diferente.

Outras capas:

Nota:

Onde comprar: Saraiva
Related Posts with Thumbnails