10 de abril de 2012

Oksa Pollock e o Mundo Invisível

Se fosse um menino, toda e qualquer possibilidade estaria eliminada. A esperança, por menor que fosse, voaria longe...
(página 7)

A família Pollock - composta pela jovem Oksa, de 13 anos, seus pais Pavel e Marie e sua avó Dragomira - deixou a cidade-luz de Paris para morar em Big Toe Square, na enevoada Londres. Oksa nem ligou muito para a mudança, afinal, seu melhor amigo Gus também se mudou. Até que coisas estranhas começam a acontecer. Oksa provoca explosões e uma estranha tatuagem aparece em seu umbigo. A partir daí, tudo muda na vida da garota e ela descobre um mundo que ela nem imaginava que existisse...

Oksa Pollock está sendo considerada, por alguns, "o Harry Potter de saias". Eu não gosto de comparar um livro com o outro mas, se tem duas coisas que Oksa e Harry têm em comum, são: a magia e a vontade que eu tenho de entrar dentro do livro.

Eu fiquei muito envolvida com a história! Desde sempre adoro histórias com magia e mundos fantásticos e Oksa Pollock tem tudo isso, além de muita aventura. Rola até um clima de romance entre Oksa e Gus (estou torcendo totalmente para que eles namorem um dia, o ciuminho de um com o outro é muito fofo).

Teve dois personagens que eu adorei: os Foldingodos! São uma espécie de mini-duendes que fazem todo o serviço doméstico de Dragomira, a avó de Oksa. Imagine uma versão menor do Dobby.

Desenho do site oficial (em francês)

E, claro, adorei a Oksa! Ela é decidida, luta kung fu, ataca bullies e não tem medo de falar o que pensa. Uma verdadeira heroína! Adoro personagens femininas "donas de seu próprio nariz". Mas Gus também é ótimo, é companheiro, engraçado e divertido. Acho que o único personagem que não gostei é o Sr. McGraw, professor de Oksa - quando vocês lerem entenderão o porquê.

Este é o primeiro volume de uma série, que já conta com 4 livros publicados na França:
  1. L’Inespérée (O inesperado)
  2. La Forêt des égarés (A floresta dos perdidos)
  3. Le Cœur des deux mondes (O coração de dois mundos)
  4. Les liens maudits (Os elos malditos)

Enfim, eu gostei bastante do livro. Recomendo para fãs de fantasia e aventura de todas as idades!

Curiosidade: Eu estranhei bastante o nome da protagonista quando vi o livro pela primeira vez. Depois descobri que a família de Oksa é russa! Achei bem legal essa mistura: as autoras são francesas, os Pollock são da Rússia e a história se passa na Inglaterra.

Outras capas:

Nota:

Onde comprar: Saraiva
Related Posts with Thumbnails