28 de agosto de 2012

Belo Desastre

Houve uma explosão de sons quando Travis apareceu do outro lado da sala, sem camisa, relaxado e confiante. Foi caminhando a passos largos até o centro do círculo, como se estivesse se apresentando para mais um dia de trabalho. Com os músculos firmes estirados sob a pele tatuada, cumprimentou Marek, estalando os punhos cerrados nos nós dos dedos do oponente.
(página 11)

Abby Abernathy conhece Travis Maddox no Círculo - uma espécie de Clube da Luta da faculdade em que estudam. Ela mudou de estado para fugir de seu passado; ele é um mulherengo, que ganha dinheiro nas lutas. Eles fazem uma aposta: se ele perder, terá que ficar um mês sem sexo. Se ela perder, terá que passar um mês morando com ele.

Por causa da capa misteriosa, quando peguei este livro achei que era uma história sobrenatural. Mas não é, é um romance conturbado entre Abby e Travis.

Eu confesso: odiei o Travis! Não consegui gostar dele em nenhuma página do livro e, quando ele acabou, continuei não gostando. É o tipo de cara pelo qual eu não conseguiria me apaixonar de jeito nenhum: dorme com qualquer uma, fuma igual uma chaminé, bebe até cair, é grudento, chato, stalker, infantil. Eu não desejo um Travis para ninguém. Sério, se eu fosse a Abby, teria pedido uma medida cautelar contra ele. Abby é uma tonta, por ficar indo na onda dele.

Que tal estes atores para Travis e Abby? (por Anne Rue)

Não sei se estou velha ou se os personagens realmente são muito infantis (apesar de terem por volta de 20 anos). Apesar disso, a história em si me fez grudar no livro, logo nas primeiras páginas. À medida que lia, queria ler mais, e mais, e mais... É o tipo de livro que não dá para largar. E justamente pela narrativa ser tão boa, tão bem escrita, que eu acabei gostando do livro. Incrível. Se a autora não escrevesse tão bem, certamente teria abandonado logo nos primeiros capítulos, justamente por causa de Travis e Abby. A narrativa é a parte mais importante de um livro, e foi por causa dela que, no final, acabei gostando de Belo Desastre.

O livro terá uma continuação, Walking Disaster, que deve ser publicada em 2013. Será a história de Belo Desastre contada sob o ponto de vista do Travis. Talvez, entendendo o lado dele, eu consiga simpatizar um pouco (só um pouco!) com ele.

Eu recomendo este livro para quem quer ler um romance diferente. Não é BELO, mas também está muito longe de ser um DESASTRE.

Curiosidade: o apelido que Travis dá para Abby, na versão original, é "pigeon" (pombo), mas em português ficou "beija-flor". Não sei porque mudaram o pássaro, mas eu prefiro um beija-flor que um pombo!

Outras capas (achei essa da língua tatuada horrorosa):


Nota:

Onde comprar: Submarino

31 comentários:

  1. As capas desse livro são bem assustadores
    Se fosse para escolher pela capa, esse livro não entraria na minha lista
    Mas como não podemos julgar a capa...
    E a resenha me convenceu o contrario

    Beijos
    @pocketlibro

    ResponderExcluir
  2. Oi Sora,
    Acho que a tua resenha é a primeira que leio dizendo que odiou o Travis. Quanto mais leio coisas sobre este livro mais fico anciosa para ler ele. A segunda capa que tu mostraste tmbm achei um horror.
    Quando ler vou ver se compartilho da mesma opnião que tu.
    Bjos!
    Katielle
    www.leituramaravilhosa.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  3. gostei mais da nossa capa :P
    estou morrendo de vontade de ler este livro
    quando vi a capa pela primeira vez tbm pensei que seria algo sobrenatural hahaha

    ResponderExcluir
  4. Estou lendo esse livro RSRSR e amando!!!! s2

    http://eternamente-princesa.blogspot.com.br

    bJS

    ResponderExcluir
  5. Estão falando tanto deste livro que chegou até a me dar uma coceirinha pra ler, rs, mas vai acabar ficando pra mais tarde. Eu tenho problemas com livros dos quais não vou com a cara do personagem - acho que todos temos né. Quando isso acontece o livro não flui, a coisa toda parece sem sentido e é difícil prosseguir.

    E concordo: a capa da língua é de um mal gosto incrível.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  6. Oi,Sora! Semana passada não tive tempo de passar por aqui,mas assim que me sobrou alguns minutinhos hoje vim te visitar. Nossa, esse Travis deve ser pelo menos bonitão para compensar o idiota que ele é,né? rsrs Eu também achei que o livro se tratava de algo sobrenatural,pois esta capa dá margem à outras interpretações.Nossa, esta capa da versão em inglês é nojenta, eu achei que eram lavas assim que olhei...eca! Kkk

    Beijos e até mais!
    Islayne

    ResponderExcluir
  7. Oie!

    o que é essa capa com a lingua?

    Que capa feia!

    bjs!

    ResponderExcluir
  8. Oi Sora,

    você é a primeira pessoas que vejo que não gostou do Travis! Não li o livro, mas pelo o que você descreveu, ele não é lá um cara muito apaixonante! Eu gostei das outras capas! Achei a com a língua tatuada é bem legal! ;D

    Bjs

    ResponderExcluir
  9. De ínicio, eu pensava que esse livro, fosse uma continuação de Desastre, mas parece que não.
    Não sei se leria o livro, mas é uma ótima dica!

    Lucas / Era uma vez

    ResponderExcluir
  10. oi sora, fiquei extasiada com sua resenha, ainda não li, haa jura que o travis é isso td?! Caramba,,, vou ler pra ver o que eu acho...
    Adorei a resenha..
    Adorei o fato da narrativa ser ótima..

    bjs
    http://www.dailyofbooks.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  11. Oi, Sora!
    Eu fiquei na corda bamba com o Travis haha
    Não sabia se gostava dele ou não, e ainda não sei. Mas o maior destaque com certeza é a narração macumbenta que MEU DEUS, não dá pra largar. É MUITO BOA mesmo, foi um dos livros que eu li mais rápido na minha vida *-*

    E sim, essa capa da lingua é terrível x-x haha

    beijoooo!

    Ju
    julianagiacobellicom

    ResponderExcluir
  12. Fiquei interessada pelo enredo, mas não tenho vontade de ler “Belo Desastre” no momento, quem sabe quando a febre dele passar.
    *bye*

    Louca por Romances

    ResponderExcluir
  13. KKKKKKKKKKKKK... Sora, rindo alto da sua resenha! Adorei! Estou louca para ler o livro, mas pelo visto vou odiar Travis também!!!!!! hehe! Juro que sempre que leio uma resenha, dá vontade de abrir um site e comprar, mas daí eu penso nos meus livros de prioridade... =P

    Nãaaaao você não está velha... Os autores que têm manisa de colocar atitudes idiotas e imaturas nos personagens! haha.

    bjs!
    http://www.etecetera-e-tals.com/

    ResponderExcluir
  14. Oi Sora!
    O Travis me conquistou nos momentos em que era fofo! E eu gostei da Abby, então não tive problemas sobre isso. E acho que o fato de você não ter gostado dos personagens, mas, mesmo assim gostado do livro, é muito significativo! Quando não gosto do protagonista, dificilmente o livro me agrada.
    Como você colocou muito bem, é tudo por conta da narrativa, ela prende de um jeito incrível!
    Odiei essa capa da língua, a nossa é bem mais bonita e super significativa!
    E eu ficava me perguntando enquanto eu lia como ele deveria chamá-la no original, fiquei pensando se seria "hummingbird" ou só "humming" (o que não seria legal), já que ele diminuiu pra só "flor" na versão em português... Talvez seja por isso que traduziram assim, aqui é comum as pessoas se chamarem de "flor" né?
    Enfim, obrigada por dizer que é "pigeon", eu realmente tinha essa dúvida :)
    Beijos!

    ResponderExcluir
  15. Bueno eu ja nao tinha gostado muito da premissa do livro, não me chamou muito a atenção, agora que nao sinto muita vontade de ler!

    ResponderExcluir
  16. Uma das primeiras que vejo não gostou do Travis. O bom de ler as resenhas e colher opiniões diversas.
    Bjs, Rose.

    ResponderExcluir
  17. cara, adoro seu ponto de vista sorita!
    Eu estava curiosa pra saber o que vc achou! o/

    bj

    ResponderExcluir
  18. Rsrsrsrs,curioso essa mudança no apelido dele! Parece ser uma história meio boba, mas gostosa de ler. Com certeza não compraria, mas leria se tivesse em mãos.

    ResponderExcluir
  19. Oi Sora!
    Puxa,não fazia ideia do que se tratava o livro,tb achei que fosse uma história sobrenatural.Adorei o trocadilho,não é belo,mas tb não é um desastre.
    Bjos Fabi
    http://roubando-livros.blogspot.com

    ResponderExcluir
  20. Cruzes que capa horrível essa da língua.... prefiro a borboleta no vidro, apesar de ser uma maldade. XD
    Bom o Travis com todos esses defeitos tá bem longe de ser apaixonante... mas o lado bom é que a estória prende.... eu tenho muita vontade de ler!!!
    Adorei a curiosidade!!! Não sabia.

    ResponderExcluir
  21. Oi Sora!
    Parece que bastante gente que leu gostou, mas não me agradou,
    então esse eu passo.
    Beijos ;*

    ResponderExcluir
  22. Sinceramente não fiquei com vontade de ler esse livro. Talvez devido a tanto burburinho... Depois de ler sua resenha, talvez, mas só talvez eu venha a ler, mas já prevenida de que não há nada de belo na história. Gostei da franqueza da sua resenha e tb achei horrorosa essa língua tatuada... afff
    Bjs

    ResponderExcluir
  23. O livro é bom, tem uma boa narração e a historia é bem desenvolvida, tambem quando vi a capa pensei que era algo do tipo sobrenatural mas me supreendi... Eu gostei do Travis, apesar de ele ser um personagem bastante conturbado, ele tenta se tornar melhor o ruim é que ele é muito impulsivo e tem a personalidade bastante explosiva, mas tem algo mais do que isso... Eu estou ansiosa para ler a historia do ponto de vista dele, deve ser bastante interessante

    ResponderExcluir
  24. Estou doida por esse livro e afirmo sem vergonha é pelo Travis. De tanto que as meninas falam dele estou MTO curiosa, assim que o preço estiver legal vou comprar e ler.

    Bjus, @dnisin
    http://diamanteliterario.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  25. Olá é o primeiro blog que eu vejo que anuncia que vai ter um 2° livro.
    E ao contrario de vc, gostei Travis, ele é meio infantil, (tá legal, mto infantil), e eu adorei ele.
    Terminei de ler o livro ontem, e ainda não consigo tira-lo da cabeça!!
    Adorei sua resenha, e tbm não gostei nd da lingua tatuada!!
    Bju

    ResponderExcluir
  26. Achei o Travis um cara problematico,mas adimito que ele ter mudado tudo aquilo que ele era só pra ficar ao lado da garota pela qual ele ama..foi muito fofo da parte dele..

    ResponderExcluir
  27. eu sei que ele no inicio foi total canalha mas no final acabei achando que ele é apenas um cara fofo que nunca encontrou o amor..e quando encontrou concerteza não qr perder..

    ResponderExcluir
  28. Assim, eu terminei de ler esse livro e eu adorei ele. A escrita e narrativa são ótimas e justamente pelos personagens não serem perfeitos que eu adorei a história em si. Hoje em dia as pessoas só querem coisas sobrenaturais, fora do comum, por causa de Crepúsculo etc. Eu respeito os fãs, mas a saga já terminou e está mais do que na hora de ler coisas mais normais né, por favor. A história conta com o típico bombado pegador que acaba se apaixonando e mudando, algo dentro do comum, do cotidiano. Os valores de livros desse gênero estão se perdendo por causa de lobos e vampiros. Sim, essa é uma típica e gostosa história e eu adorei o enredo todo. Sem falar que hoje as pessoas querem personagens parecidos com elas: sensíveis, vulneráveis, todos delicados e tudo mais, mas o ser humano NÃO é assim e esse livro mostra o lado exato de como um ser humano realmente é. E talvez por isso que muitos não gostem da história: pelo simples fato de que elas mostram quem as pessoas realmente são e que ninguém é perfeito. E eu repito: ADOREI O LIVRO porque ele mostra a face do ser humano, não seres sensíveis etc. Beijos e eu recomendo o livro para quem tem coragem de assumir que não é perfeito e quem tem seus defeitos, tal como todos os personagens do livro.

    ResponderExcluir
  29. Ah para... será um remake pelos olhos do Travis. EU QUERO É UMA CONTINUAÇÃO, ESTOU FICANDO DOIDO COM ESSA HISTÓRIA.

    ResponderExcluir
  30. Olá Sora,
    Ganhei o Belo Desastre de presente e amei!!! No início não gostei do Travis mas ele me ganhou no decorrer da história!!!
    Achei a história um pouco mais próxima da realidade, em que defeitos e qualidades são mostrados, o que irrita muito no Travis mas que ao mesmo tempo cativa são justamente seus defeitos gritantes e espero que tenha continuação, que fiquei com uma sensação de quero mais ENORME...Ah!!! Adorei seu blog.
    Abraço.

    ResponderExcluir
  31. Bem, já que o Travis não te agrada pode dar ele para mim, eu aceito completamente. Diferente de você eu amei o livro, amei o enredo e a forma como ele foi elaborado, foi realmente muito bem planejado. Mas devo confessar que realmente achei que a autora exagerou um pouco na personalidade protetora do Travis. Ás vezes a preocupação dele me fez ficar espantada, mas não de uma forma ruim, o exagero se tornou de uma forma um tanto fofa que me fez ficar suspirando, mas aos olhos de outras pessoas, que não gostam de romances deste tipo, pode achar um absurdo, como já vi em várias resenhas.

    ResponderExcluir

Olá!
Agradeço muito pelo seu comentário!
Logo irei retribuir sua visita. :)

(Comentários que não estejam relacionados à postagem e contenham apenas propaganda serão excluídos)

Related Posts with Thumbnails