18 de outubro de 2012

Errante

Novembro foi um péssimo mês. Como se não bastassem as provas e os trabalhos finais da faculdade, eu estava de volta a minha rotina sem graça que não tinha nada de especial, a não ser o fato de que agora meu Anjo Guardião ficava me lembrando desse detalhe sempre que achava a observação pertinente. O que incluía, desde a minha última contagem, quase o tempo todo. (p. 19)

Continuação de Tocada - leia a resenha anterior aqui. Esta resenha NÃO tem spoilers do livro anterior da série!

Depois dos acontecimentos do último livro, Gael fica responsável por proteger Alexandra, que começa a descobrir cada vez mais sobre a origem de sua família. Tudo vem à tona quando seu irmãozinho Apollo é sequestrado e uma Guerra Celestial está prestes a estourar.

GENTE! Esqueçam Fallen, Beijada por um anjo, Sobrenatural... Tocada é "A" série sobre anjos!

Sabe aquele livro que te deixa sem fôlego, que você até esquece de respirar? Errante é assim o tempo todo. Não dava vontade de fazer mais nada além de ler o livro. Claro que o Gael tem um ponta de culpa nisso, afinal, meu anjo preferido aparece a história inteira! E quando você acha que está tudo terminado, as duas últimas páginas aparecem com uma revelação incrível, que só deixa mais vontade de ler o próximo livro.

Deixando a história um pouco de lado, outra coisa legal no livro é que os dois probleminhas que eu havia apontado na resenha de Tocada desapareceram nesse livro. A revisão está super cuidadosa e se havia algum erro eu não reparei. Temos a mudança de foco narrativo novamente, mas ela foi muito clara.

Claro que todos os outros pontos positivos continuam: anjos apaixonantes, romance, ação e um humor meio sarcástico que me fez rir muito.

Obrigada, Ju, pelas ótimas horas passadas com Gael, Eros, Alex, Apollo e os outros. Mesmo tendo terminado o livro, continuo pensando neles. Quando quiser, pode vir aqui em casa tomar uma coca-cola - desde que traga o Gael, claro!

E para quem ainda não leu a série: o que você está esperando para começar? :)

Aquilo era tão raro quanto ser atropelado por um babuíno albino em um triciclo. (p. 120)

Vejam que linda a nova capa de Tocada:


Nota:

Onde comprar: Editora Lexia | Com a autora

Blog da autora: www.praticamenteinofensivo.com.br
Related Posts with Thumbnails