9 de outubro de 2012

Lock and Key

"Ruby," she said, "where is your mother?"
It was only then that I began to realize what would later seem obvious. That it didn’t matter what I said, how carefully I crafted my arguments, even if I used every tool of evasion and persuasion I’d mastered over the years. There was only one thing that really counted, now and always, and this was it.
"I don't know," I said. "She's just gone."


Após ser abandonada pela mãe aos 16 anos, Ruby vai morar com sua irmã mais velha, Cora, que não via há 10 anos. Dividindo a casa com ela e seu cunhado Jamie, e com a ajuda de seu vizinho Nate, Ruby começa a aprender que, ás vezes, é necessário aceitar ajuda de outras pessoas.

Meu resuminho aí em cima ficou mesmo beeem resumido em relação ao que é a história do livro. Ruby é uma adolescente um pouco diferente do que costumo encontrar nos livros YA: acostumada a viver sozinha (tanto é que continua sozinha após a mãe lhe deixar e só vai morar com Cora por causa da assistência social), sem ajuda de ninguém, resgatando sua mãe alcoólatra quando necessário... De repente, ela se vê no mundo de Cora, que deixou a família para cursar a faculdade e deu a volta por cima: é feliz e mora em uma mansão com o marido.

O mais importante da história foi, para mim, seus personagens. Todos tinham algo a aprender, todos precisavam de ajuda em algum aspecto de suas vidas, mas se recusavam a aceitá-la. Aos poucos, eles foram mudando, aprendendo. Eu adoro quando os personagens de uma história "crescem" com ela e isso aconteceu claramente aqui.

Sobre a narrativa: o começo foi um pouco lento, pois ficava falando da vida de Ruby em flashback, de como era antes de ela ir morar com Cora. Mas depois me acostumei com o ritmo e mais coisas começaram a acontecer; a partir daí, a história só melhorou. É parecido com o estilo de What happened to goodbye, outro livro da Sarah Dessen que li.

No final, gostei bastante deste livro. Não tem anjos, vampiros nem outro elemento sobrenatural, é apenas sobre pessoas comuns seguindo com suas vidas. E tem coisa mais difícil do que as nossas vidas "normais", do que engolir o próprio orgulho, ajudar e ser ajudado? Vale a pena ler e refletir.

Observações:
- O livro ainda não foi publicado no Brasil.
- O primeiro capítulo (em inglês) está disponível no site da autora.

Nota:

Outras capas:

Onde comprar: Book Depository | Amazon

16 comentários:

  1. Que capa linda Sora!!!
    Eu gostei do resuminho, foi curtinho, mas bem completo!!!
    Gostei da trama... mega complicado ter de engolir o orgulho... mas é necessário, afinal por mais que tentemos e desejemos precisamos de ajuda.

    ResponderExcluir
  2. Eu gostei bastante do resumo, parece um livro leve que ao mesmo tempo aborda assuntos importantes, como o alcoolismo e, porque não, saber aceitar ajuda...

    Ag, achei a terceira capa do "Outras capas" linda ;)

    ResponderExcluir
  3. aaah, fiquei super curiosa para ler o livro, mas em portugues :P
    não sabe quando vão lançar ele aqui... ou SE vão? :P

    ResponderExcluir
  4. Oi sora, livros com aprendizado são sempre bons..
    Não gosto quando a narrativa fica lenda no principio,
    o que acontece é que demoro muito a ler, e acho que
    ninguem gosta quando o livro começa a morgar..
    Mais eu gostei dos personagens!!

    beijos
    http://dailyofbooks.blogspot.com.br/
    Mila daily of books

    ResponderExcluir
  5. A capa é linda né?
    VC sempre fala dessa autora, mas ainda não li nada dela.
    Parece uma autora que fala sobre realidade né?! Os problemas que podem acontecer com todos nós.

    Legal isso.
    Eu mesma sou muito independente e não gosto de receber ajuda... é realmente um defeito as vezes.

    Abraço Sora, Valeu a dica

    GabiS
    sonhosaventuras.blogspot.com

    ResponderExcluir
  6. Oi Sora!
    Ah, prefiro tão mais livros normais assim aos sobrenaturais de um modo geral hehe!
    Eu gosto de livros que falam de pessoas e também adoro acompanhar crescimentos.
    Não li nada da Sarah ainda, vou ver se leio algum dos já publicados aqui!
    Beijão!

    ResponderExcluir
  7. Eu me interessei bastante, ams ler em inglês.. não é pra mim. Desisto fácil, vou procurar livros da autora em português. E aguardo a publicação do mesmo na terra brasilis.

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  8. Oi Sora! Deixar o orgulho de lado é bem complicado muitas vezes, e como é. Gostei muito da proposta do livro, espero ler em breve.

    Ótima resenha.

    Bjos!!
    Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  9. Oi Sora!
    Só conhecia o livro de nome e capa mesmo! rs
    Mas pelo visto, parece ser uma boa leitura. Deixa ele vim pro Brasil. Haha

    BjO
    http://the-sook.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Não conhecia a autora, nem o livro, mas gostei do enredo. Apenas achei a capa sem graça.
    *bye*

    Louca por Romances

    ResponderExcluir
  11. Também gosto de história cujos personagens crescem, são fortes. Acho que eles são o principal da história. Às vezes, o enredo do livro nem é tão bom, mas os personagens fazem a diferença.

    Pois é, sempre estranho a narração quando mudo de leitura. rsrs... Mas narrações lentas são complicadas mesmo.

    PS. Tem sorteio da "Série Cinquenta Tons de Cinza" em meu blog, completa!

    Beijos,

    Isie Fernandes - de Dai para Isie

    ResponderExcluir
  12. Ouço falar muito bem da Sarah Dessen, e sempre (tipo SEMPRE) esqueço de coloca-la na minha lista de comprinhas em sites internacionais! Gosto da forma com que ela parece fazer YA.

    ResponderExcluir
  13. Oi, Sora!
    Todo mundo fala muito bem da Sara Dressen, mas ainda não conferi nenhum livro dela :/

    Parece ser bonitinho, apesar de não ter vampiros, zumbis, etc hahaha

    Beijooo!

    Ju
    Praticamente Inofensivo

    ResponderExcluir
  14. Nossa, esse parece ser um livro muito bom
    E só estou lendo elogios, tanto no post quanto nos comentarios

    Beijos
    @pocketlibro
    http://pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  15. Adorei o post bem resumido,claro,simples,a capa bem criativa chamou minha atenção para a chave,curiosa para ler o livro e descobrir o que vai acontecer com Ruby

    ResponderExcluir
  16. Este é o tipo de enredo que sem sombra de duvidas me emociona Ruby com apenas 16 anos deve passar por tantas coisas que meninas nessa idade não deveria! Sinto que vou me emocionar lendo essa obra. Já ouvi falar muito bem da Sarah, espero não me decepcionar com ela.

    ResponderExcluir

Olá!
Agradeço muito pelo seu comentário!
Logo irei retribuir sua visita. :)

(Comentários que não estejam relacionados à postagem e contenham apenas propaganda serão excluídos)

Related Posts with Thumbnails