18 de dezembro de 2012

Mark of the Gladiator

Anazâr welcomed the first lick of the lash. The pain reminded him, in its primal way, that he wanted to live. Or at least that he didn’t want to die.
It was always like this. Anazâr would walk into the arena, blinking back the sun, and he would think, Dying today, that would be fitting; that would be the pleasing fulfillment of an incomplete pattern.

Estamos na época do Império Romano, no ano 768 de sua fundação. Anazâr é um escravo e um gladiador, enviado para o nobre Lucius Marianus para treinar um exército de gladiadoras mulheres. Porém, Anazâr logo se vê no meio de uma conspiração para assassinar o nobre e seu irmão, Felix.

Eu me cadastrei no NetGalley (irei explicar o que é em outro post) e pedi diversos livros para ler e resenhar... Este foi o primeiro que me respondeu com um OK. Logo fiz o download do e-book, comecei a ler... E vi que o livro era completamente de tudo que já tinha lido antes. Pois eu já tinha lido diversos romances históricos, mas este foi o primeiro romance gay, entre homens, que li. E foi uma ótima experiência!

O livro tem cenas bem quentes, portanto não é adequado a menores de 18 anos. Mas também tem romance e uma história muito bem desenvolvida. O sexo aparece bastante, mas não é o foco aqui, e sim a vida de Anazâr como gladiador. Eu gostei bastante desse personagem e passei o livro todo torcendo por ele.

Outra coisa impressionante é a quantidade de pesquisa histórica que as autoras tiveram para escrever este livro. Não conheço muito da história do Império Romano, mas fiquei totalmente imersa nele. Ás vezes tinha até que parar a leitura e procurar uma ou outra palavra em latim que aparecia, para entender melhor.

A única coisa que não curti foi a formatação pois, no Kindle, os parágrafos ficaram meio bagunçados. Mas depois abri no computador e ficou normal. Talvez seja um problema do NetGalley, com o formato para o Kindle.

O livro faz parte da série Warriors of Rome (Guerreiros de Roma), que conta com quatro livros (até o momento). Mas felizmente eles podem ser lidos separadamente, pois são histórias fechadas. Infelizmente, ainda não foram publicados aqui no Brasil.

Enfim, eu adorei esse livro e recomendo para quem gosta de romances históricos, com muita ação e intrigas. Obrigada à Riptide Publishing que me possibilitou conhecer este ótimo livro.

Nota:


Onde comprar: Amazon (em inglês)

13 comentários:

  1. Esta é uma temática bastante explorada em séries com Gladiadores, o relacionamento homoafetivo, mas ainda não tinha visto em livros. Bom, acho que são pouquíssimas as chances de ser lançado por aqui né...

    Beijos ;)

    ResponderExcluir
  2. Eu fiquei fascianda, e triste. Admiro muito essa enorme capacidade de ler em inglês (que I dont have). Eu leio artigos pro trabalho e lá pelo terceiro já tô de saco cheio. É uma lingua sofrível rpa mim, de um modo que não consegui explicar ainda. Quem sabe um dia (afinal, já passei por Jane Austen num inglês arcaico com determinação).


    Realmente a história me deixou assim: CARAMBA, EU PRECISO LER! E acho até que já li outra resenha dele.
    Bem que podiam trazer pra nós em português, né?

    liliescreve.blogspot.com

    ResponderExcluir
  3. Essa temática envolvendo o império romano não me agrada, ;(

    ResponderExcluir
  4. Oi Sora,

    não conhecia o livro, mas fiquei bem curiosa. Realmente, um romance entre homens em pleno Império Romano cheio de intrigar e ação deve ser bem legal! Ótima resenha!

    Bjs

    Ps: Acho que está faltando uma palavra na frase "E vi que o livro era completamente de tudo", não?

    ResponderExcluir
  5. nossa, romance gay? acho que nunca vi um livro com este tema. que demais *-*
    parece ser um livro muito legal e diferente mesmo, e apesar de não gostar muito nesses livros históricos, ele me deixou bem interessada!

    ResponderExcluir
  6. Não gosto muito da história do Império Romano, mas achei a proposta do livro interessante.

    *bye*

    Louca por Romances

    ResponderExcluir
  7. Nossa na época do Império Romano,ainda não conhecia o livro

    ResponderExcluir
  8. PRA MIM NÃO DÁ...
    VOU AGUARDAR CHEGAR NO BRASIL NÉ..
    EU GOSTEI DA CAPA E POR SER HISTÓRICO..

    BJS
    MILA

    ResponderExcluir
  9. NOssa, parece ser muito bom
    Amo livros assim
    E tomara que chegue logo aqui

    Beijos
    Boas festas *-*
    @pocketlibro
    pocketlibro.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  10. huuum, eu gostei da premissa. E eu pensando que ele ia se encantar com uma gladiadora, hahaha, ledo engano. Mas não tenho nada contra e fiquei curiosa para ler. Uma série, ai, ai, minha lista anda cheia delas. hahaha
    Bjs!!!

    ResponderExcluir
  11. Amei a historia do livro parece ser bem interessante!
    xoxo

    ResponderExcluir
  12. Uauuuuuuuuuuuuuu o livro parece ser ótimo mesmo. Vou colocar na minha lista
    beijos

    ResponderExcluir
  13. Eu ainda não li nenhum romance gay, mas ganhei em uma promoção um que parece ser muito bom. Eu estou acostumada com fanfics desse tipo por isto nem me espanto com uma leitura assim. Eu acho que os autores deveriam mesmo explorar coisas inexploradas como o homossexualismo, o incesto... Coisas as quais a sociedade levam como um TABU, eles rejeitam e pensam um monte de merda antes mesmo de ver o lado das pessoas envolvidas. Eu não estou dizendo que apoio o incesto, mas existem casos que o destino simplesmente brinca com a cara das pessoas.
    Soube de um casal que eles eram irmãos e a mãe não tendo condições de criar seu filho o deu para a adoção, a familia que o adotou se mudou para uma outra cidade e acabou que esses dois se encontraram, relacionaram e se casaram sem saber que eram irmãos, só depois de um tempo que descobriram. Não foi culpa deles, nem eles fizeram essa escolha, está vendo? O destino pode pregar uma peça com nossas caras.

    ResponderExcluir

Olá!
Agradeço muito pelo seu comentário!
Logo irei retribuir sua visita. :)

(Comentários que não estejam relacionados à postagem e contenham apenas propaganda serão excluídos)

Related Posts with Thumbnails