18 de dezembro de 2012

Mark of the Gladiator

Anazâr welcomed the first lick of the lash. The pain reminded him, in its primal way, that he wanted to live. Or at least that he didn’t want to die.
It was always like this. Anazâr would walk into the arena, blinking back the sun, and he would think, Dying today, that would be fitting; that would be the pleasing fulfillment of an incomplete pattern.

Estamos na época do Império Romano, no ano 768 de sua fundação. Anazâr é um escravo e um gladiador, enviado para o nobre Lucius Marianus para treinar um exército de gladiadoras mulheres. Porém, Anazâr logo se vê no meio de uma conspiração para assassinar o nobre e seu irmão, Felix.

Eu me cadastrei no NetGalley (irei explicar o que é em outro post) e pedi diversos livros para ler e resenhar... Este foi o primeiro que me respondeu com um OK. Logo fiz o download do e-book, comecei a ler... E vi que o livro era completamente de tudo que já tinha lido antes. Pois eu já tinha lido diversos romances históricos, mas este foi o primeiro romance gay, entre homens, que li. E foi uma ótima experiência!

O livro tem cenas bem quentes, portanto não é adequado a menores de 18 anos. Mas também tem romance e uma história muito bem desenvolvida. O sexo aparece bastante, mas não é o foco aqui, e sim a vida de Anazâr como gladiador. Eu gostei bastante desse personagem e passei o livro todo torcendo por ele.

Outra coisa impressionante é a quantidade de pesquisa histórica que as autoras tiveram para escrever este livro. Não conheço muito da história do Império Romano, mas fiquei totalmente imersa nele. Ás vezes tinha até que parar a leitura e procurar uma ou outra palavra em latim que aparecia, para entender melhor.

A única coisa que não curti foi a formatação pois, no Kindle, os parágrafos ficaram meio bagunçados. Mas depois abri no computador e ficou normal. Talvez seja um problema do NetGalley, com o formato para o Kindle.

O livro faz parte da série Warriors of Rome (Guerreiros de Roma), que conta com quatro livros (até o momento). Mas felizmente eles podem ser lidos separadamente, pois são histórias fechadas. Infelizmente, ainda não foram publicados aqui no Brasil.

Enfim, eu adorei esse livro e recomendo para quem gosta de romances históricos, com muita ação e intrigas. Obrigada à Riptide Publishing que me possibilitou conhecer este ótimo livro.

Nota:


Onde comprar: Amazon (em inglês)
Related Posts with Thumbnails