26 de fevereiro de 2013

Luz

Ainda estou viva, apesar de tudo. Sinto uma dor horrível no rosto, perto do nariz. E pontadas contínuas no crânio. Em minha mente, uma pergunta paira no vazio: quem são essas pessoas?
(página 11)

Terceiro e último livro da trilogia My Land. Resenhas anteriores:
1. Escuridão
2. Sombra

Esta resenha NÃO tem spoilers dos livros anteriores da série! Por isso, não vou comentar muito sobre a história, mas sobre o que achei dela.

Eu havia lido o segundo livro da série há mais de um ano e não lembrava muito bem da história... Felizmente, logo no começo de Luz há uma recapitulação do que aconteceu até então e foi fácil recordá-la.

A história me prendeu bastante assim como nos outros livros da série. E se tem uma coisa que eu adorei, foi que todas as questões foram respondidas! Elena P. Melodia não deixou pontas soltas. O final poderia iniciar uma nova série... Mas isso seria desnecessário, pois adorei o jeito que terminou. Porque, no final, eu percebi que esta trilogia não é apenas sobre Alma lutando contra demônios ou outros seres mágicos, mas sobre o Bem e o Mal, sobre nossas escolhas, sobre o nosso mundo e as pessoas que vivem nele. Sobre como podemos escolher de que lado iremos ficar e como devemos apreciar nossas famílias e amigos.

 Um dos cenários do livro é um parque aquático abandonado. Creepy! (fonte)

Tudo muda na vida de Alma e não foi uma jornada fácil... Mas ela conseguiu encontrar, como ela mesma diz, uma nova vida pela qual vale a pena existir. E não é isso que todos nós procuramos?

Recomendo a leitura desta trilogia. Mostrou ser uma história completamente diferente do que imaginei quando comecei a ler.

Outras capas:


Nota:

Onde comprar: Saraiva
Related Posts with Thumbnails