16 de julho de 2013

8ª Confissão

O velho ônibus escolar amarelo avançava devagar pela Market Street, na direção sul, às sete e meia daquela manhã de maio. As janelas laterais e o vidro traseiro eram escurecidos, e uma batida de hip-hop pulsava na neblina baixa, que flutuava como um véu de seda entre o sol e São Francisco.

Um ônibus escolar explode em São Francisco. Um andarilho é assassinado nas ruas. Alguém começa a assassinar milionários. Esses são os casos que a policial Lindsay Boxer e a jornalista Cindy Thomas, entre outros, investigam neste livro.

Ela tirou o pé do freio e, naquele instante, sentiu uma onda de choque. Seus ouvidos zumbiram quando ela viu o teto do ônibus explodir com violência, voando para o alto.

Minha primeira experiência com James Patterson não foi muito positiva (leia a resenha de Lua de Mel), então estava com medo de me decepcionar com este livro. Felizmente, ele é muito melhor! O ritmo rápido, com parágrafos curtos e cheios de diálogos, se repete, porém, a história é bem mais amarrada e instigante. Não senti que o livro perdeu o pique em nenhum momento, pelo contrário, quanto mais mistérios se resolviam, mais interessante ele ficava, e terminou com um final surpreendente.

8ª Confissão é o 8º livro da série Clube das Mulheres Contra o Crime. Eu não li os anteriores e não senti muita falta deles, mas agora quero ler desde o começo. Para quem gosta de histórias policiais e de suspense, este é um ótimo livro.

Outras capas:


Nota:

Onde comprar: Submarino
Related Posts with Thumbnails