6 de agosto de 2013

Lobo Solitário

Gabby estava preocupada com J.D. Não sabia exatamente o que estava acontecendo. Ele continuava bufando ao redor do escritório, batendo coisas sobre a mesa quando não conseguia achar anotações ou lembretes que havia rabiscado em envelopes ou velhos cartões de outras empresas.

Gabby trabalha como assistente no escritório de advocacia de J.D., em Chicago. Porém, a irmã de J.D., Martina, é sequestrada e ele decide resolver a situação por conta própria. Os dois embarcam para a Itália, atrás de Martina, e descobrem sentimentos um pelo outro.

Mas J.D. não a notaria nem se Gabby entrasse nua na sala. Quando ele a contratara, dissera que a roubara do berçário. E falara isso sem sorrir.

Depois de um livro cansativo (como foram as últimas páginas de Charlotte Street), precisava de um romance leve para descansar a cabeça. Fucei na minha estante e acabei achando este livrinho, da coleção Primeiros Sucessos, que eu nem lembrava que tinha.

A história parecia interessante, ainda mais quando descobrimos sobre o passado de J.D. Porém, ocorreu uma coisa que me fez desistir da leitura, depois de 2/3 do livro... Ele praticamente estupra Gabby, depois dela salvar a vida dele! Gente, como mulher, não consigo entender isso: o cara abusa dela e depois ela se apaixona por ele. Como assim?! Eu adoro romances descompromissados, mas não consigo respeitar um homem que abusa de uma mulher.

Fazia tempo que eu não lia um livro até o final, mas infelizmente aconteceu com este livro. Não recomendo!

Outras capas:

Nota:
Onde comprar: Harlequin
Related Posts with Thumbnails