30 de junho de 2013

Essa Semana #24 2013


Oi pessoal! Desculpem pelo sumiço por aqui e nos blogs amigos. As últimas semanas foram bem corridas e só agora consegui um tempinho para colocar o blog em ordem. Mas não deixei de acompanhar os comentários de quem passava por aqui - muito obrigada para todos que deixaram recados, depois irei visitá-los também.

Vamos ver o que aconteceu nas últimas duas semanas?

* Estou lendo: Recebi este livro na última semana da Editora Arqueiro e já peguei para ler! E os marcadores, estou juntando com mais alguns que tenho para fazer um sorteio para vocês... Aguardem!


* Li nas últimas semanas: Foram duas ótimas leituras! Terminei Delírio e li o último livro do Zafón.


* Últimas resenhas:



* Novo sorteio no blog: Os fãs de felinos não podem perder ;)

27 de junho de 2013

Sorteio: Um Gato de Rua Chamado Bob


 Oi pessoal! Novo sorteio no blog, em parceria com a Novo Conceito: um ganhador irá receber um exemplar do livro Um gato de rua chamado Bob, de James Bowen. Para saber o que eu achei do livro, leia a resenha aqui.

Para participar:
- Residir no Brasil.
- Deixar um comentário nesta página com seu Twitter ou e-mail (ou outro modo de entrar em contato, caso você ganhe).

Deixe seu comentário até dia 05/07/2013. O sorteio será feito pelo random.org e o resultado será publicado nesta mesma página. Boa sorte!

Sorteio realizado em 08/07/2013



25 de junho de 2013

Um Gato de Rua Chamado Bob

Há uma citação famosa que li em algum lugar. Ela diz que recebemos segundas chances a cada dia de nossas vidas. Elas estão ali para serem agarradas, só que não costumamos agarrá-las.

James Bowen é um viciado em drogas em recuperação, que trabalha como músico na rua. Ao voltar ao seu apartamento, encontra um gato laranja ferido. Ele o chama de Bob e cuida do bichinho, achando que nunca mais o veria. Porém, logo os dois se tornam inseparáveis.

Aqueles vira-latas eram os destroços e os refugos da cidade, andando a esmo e lutando pela sobrevivência a cada dia. Muitos deles eram como aquele laranjinha: criaturas espancadas e quebradas.
Talvez ele tivesse visto em mim uma alma semelhante.

Esta é uma história real e, por isso mesmo, nos surpreende ainda mais. O livro é narrado em primeira pessoa por James. Pude perceber com ele como é dura a vida nas ruas, como é difícil sobreviver dependendo dos outros. Não precisamos culpá-lo por seu vício - ele próprio faz isso.

Bob e seu humano, James (créditos)

Só quem tem e ama um gato ou cachorro, sabe da importância que esses bichinhos têm em nossa vida. Engraçado que comecei a ler o livro justamente por causa dos meus filhos felinos, que me acordaram fazendo bagunça antes do despertador tocar. Sem conseguir voltar a dormir, peguei Um Gato de Rua Chamado Bob - e foi difícil parar quando ele finalmente tocou.

Bob é um fofo, é impossível não se apaixonar por ele. Mas o que mais me impressionou no livro é ver como uma pessoa como James ("invisível", como ele mesmo coloca) tem mais consciência do que muita gente por aí. Quando decide adotar Bob, ele gasta TODO o seu dinheiro na castração e ração dele. E já vi muita gente reclamando que não tem dinheiro para castrar o gato, mas está lá comprando iPhone e tênis da Nike...

É um livro para refletir e se emocionar - e ver como um animal pode mudar uma vida humana (e vice-versa!). No final, fica aquela dúvida: somos nós que adotamos os bichos, ou eles que nos adotam? Abrace seu bichinho bem apertado e leia este livro.

Nota:

Outras capas:

Onde comprar: Saraiva

20 de junho de 2013

Inferno

Eu sou a Sombra.
Pela cidade atormentada, eu fujo.
Pela eterna desolação, corro para escapar.

O simbologista Robert Langdon acorda em um hospital. Com um ferimento na cabeça, ele não faz a menor ideia do que aconteceu - e nem por que está em Florença, na Itália, quando deveria estar dando aulas na universidade nos Estados Unidos.

Meu presente é o futuro.
Meu presente é a salvação.
Meu presente é o Inferno.

Robert Langdon está de volta, em sua quarta aventura literária! Para quem nunca leu Dan Brown (nem viu os filmes), os outros livros são:

1. Anjos e Demônios
2. O Código da Vinci
3. O Símbolo Perdido

Mas são histórias separadas, então não precisa ter lido os outros para ler Inferno.

Eu sempre fui fascinada pelo mundo de A Divina Comédia, apesar de nunca ter lido o livro escrito por Dante Alighieri. Já tentei, mas era mais nova e não consegui avançar na leitura. Considero uma falha cultural minha e pretendo remediá-la um dia.

O Palazzo Vecchio, em Florença (créditos)

Inferno nos coloca diretamente no mundo de Dante, e me fez lembrar por que eu amo Dan Brown. Todos os elementos de sua marca registrada estão lá: um vilão misterioso e uma história totalmente conectada a História da Arte e Literatura, além do ritmo de cinema e muito mistério e suspense. Aviso: depois de começar Inferno, é difícil parar.

Porém, você VAI precisar parar. É impossível ler este livro sem deixá-lo de lado de vez em quando, para procurar na Internet as imagens de todos os lugares pelos quais Langdon passa. Não tem como entender a história sem ver as imagens relacionadas a ela. Por isso, apesar do ritmo, é necessário fazer algumas pausas. E elas não prejudicam a leitura de maneira alguma; pelo contrário, só enriquecem, pois aprendi bastante enquanto fazia minhas pesquisas.

Além do aprendizado cultural, o livro me fez pensar bastante sobre onde a humanidade está e qual o nosso futuro. Refleti bastante sobre o pensamento exposto no livro... Até que não vi outra saída a não ser concordar com o vilão - e até mesmo torcer por ele.

Inferno é mais um livro excelente de Dan Brown. Ele nos faz viajar e se divertir sem sair do lugar. Se você gostou dos outros livros com Langdon, irá gostar ainda mais deste.

Nota:

Outras capas:

Onde comprar: Submarino

19 de junho de 2013

Sorteio: Prontos para o Show


Oi pessoal! Já que junho é o Mês dos Namorados, nada melhor do que um bom romance. O sorteio da vez é de um exemplar do livro Prontos para o show, de Katherine Garbera, publicado pela Harlequin. Para saber o que eu achei do livro, leia a resenha aqui.

Para participar:
- Residir no Brasil.
- Deixar um comentário nesta página com seu Twitter ou e-mail (ou outro modo de entrar em contato, caso você ganhe).

O livro foi cedido pela Harlequin para resenha, e será enviado por mim.

Deixe seu comentário até dia 28/06/2013. O sorteio será feito pelo random.org e o resultado será publicado nesta mesma página. Boa sorte!

Sorteio realizado em 01/07/2013


17 de junho de 2013

Novidade: Pulseit

Oi pessoal! Descobri um site bem legal para quem lê em inglês e gosta de YA: Pulseit.


Pulseit é uma comunidade virtual, criada pela editora Simon & Schuster, para todos que gostam de livros YA / teen. Após se cadastrar, é possível ler trechos e até mesmo livros inteiros pelo site.

Mas é preciso ficar esperto: os livros que estão com texto completo só podem ser lidos até uma determinada data. Na página inicial, é possível ver quais livros estão disponíveis, e se é um trecho ou o livro completo. Também é possível ler e escrever reviews, e visualizar os outros livros YA da editora.


Eu achei a novidade muito legal, pois gosto de livros nesse estilo e estou sempre procurando novas leituras. Também é bom para quem quer treinar o inglês sem gastar nada e experimentar os livros - você pode ler só um trecho e, se gostar, comprar o livro para ler inteiro.

O endereço do site é: www.pulseit.com

O que vocês acharam?

16 de junho de 2013

Essa Semana #23 2013


Oi pessoal, bom dia!
Dessa vez tentei tirar foto com os gatos, mas eles não estavam muito interessados... Só consegui tirar uma!

* Estou lendo: Um gato de rua chamado Bob, da parceira Novo Conceito (vai ter promo desse livro, aguardem).


* Recebi #1: Neste mês a Suma de Letras se superou. Semana passada haviam enviado o novo do Zafón, e agora chegaram mais três livros! Vou ter que me internar em casa pra conseguir ler tudo isso.


* Recebi #2: Da parceira Editora iD, adoro os livros da Sarah Dessen e estou ansiosa para ler este.


* Recebi #3: Livro que ganhei no Twitter da Disal Distribuidora. Pena que o livro está meio detonado; a parte de trás está gasta (não consegui tirar foto) e tem uma mancha amarela na borda (foto à direita), que parece caneta marca-texto. Está claro que isso não aconteceu durante o transporte. Fico triste quando as pessoas não tem cuidado com os livros...


* Resenhei: Clique para ler as resenhas.



14 de junho de 2013

Tag: The Name Game Book


Hoje é dia de uma tag bem diferente, que recebi do blog Mademoiselle Love Books! Nesta tag, temos que achar na nossa estante livros que comecem com as letras do nosso nome. Meus escolhidos foram:


Starters
Oksa Pollock e a Floresta dos Desgarrados
Ressurreição
Adormecida

Indico aos blogs:
  1. Estante Vertical
  2. Leituras da Paty
  3. Mundo da Potinho
  4. Obsession Valley

13 de junho de 2013

Follow the White Rabbit

I eased my foot down onto the gas pedal. Turning back was not an option.

The first time I saw her happened so quickly that I dismissed the whole thing as the result of an overactive imagination.

Passaram-se 150 anos desde a visita de Alice, e Wonderland está caindo aos pedaços. Gwen, Rose e Lucky, habitantes de Wonderland, precisam fazer algo para salvar sua terra natal. Eles precisam trazer Alice de volta.

You're waiting on a rabbit. As in a furry little animal? And you're expecting it to be keeping a schedule?

Eu adoro a história de Alice no País das Maravilhas, tanto o livro quanto o desenho da Disney. E também adoro suas releituras (como na série que eu amo Once Upon a Time). Por isso, logo que o vi, requisitei este e-book no NetGalley.

(créditos: CisoXP)

A história é muito legal e eu adorei o trio principal de personagens. O único problema é que ela é muito curta! É uma novella - em outras palavras, uma narrativa maior que um conto, mas menor que um romance. Mesmo sabendo disso quando comecei a ler, achei que a história só começou a engrenar perto do final. A maior parte foi uma introdução aos personagens, mas a ação mesmo só começou quando o livro acabou.

Este é o primeiro livro da série Beautiful Madness e é inédito no Brasil. O segundo, Awake and Dreaming, deve ser publicado ainda neste ano. Recomendo para quem gosta da história original de Alice e para quem quer treinar o inglês sem gastar muito (enquanto escrevia esta resenha, o livro estava por US$1.99 na Amazon).

Nota:

Onde comprar: Amazon - e-book em inglês

12 de junho de 2013

Divulgação: O Segredo dos Imortais - Passado

Oi pessoal, a divulgação de hoje é de um novo lançamento em português. É o primeiro livro da série O Segredo dos Imortais: Passado, de Alexandra Torres, de Lisboa.

Trata-se de uma edição de autor publicada através da plataforma de autopublicação da Escrytos – LeYa, que será comercializada nas livrarias: LeYaOnline, Fnac, Bertrand, Wook, Livraria Cultura, Amazon, Submarino Digital Club, Iba, iBooks, Kobo, Gato Sabido, Saraiva e Barnes & Noble.

Confiram a capa e sinopse abaixo!

E se existisse um elixir da imortalidade oculto durante séculos? E se ainda nos restasse um passado por descobrir? Quando Alma Parker desperta de um coma de sete anos, não imagina que os próximos acontecimentos a irão levar ao passado. Alma tinha onze anos quando sofreu um acidente de viação onde os seus pais perderam a vida. Surpreendentemente sai ilesa do mesmo acidente e é salva por um misterioso desconhecido que acidentalmente presencia o trágico sucesso. Do dia do acidente, apenas recorda a silhueta de um vulto negro rodeando-a nos seus braços até que fecha os olhos e entra num coma profundo, para despertar sete anos depois. No dia em que chega a casa, depois de uma estância no hospital, Alma descobre que vai ter como vizinho um rapaz indescritivelmente atraente, misterioso e com um estranho brilho nos olhos. Em breve, estabelecem uma amizade que inevitavelmente dará lugar ao amor. Um amor que com o tempo, alguns perigos e segredos revelados Alma perceberá ser talvez impossível.

Autora no Facebook | no Goodreads

Blog da autora: alexandratorresblog.blogspot.pt

11 de junho de 2013

A Colcha de Despedida

Um quilt é um objeto de intimidade peculiar. Por causa do modo como é criado, cada centímetro do tecido é tocado. Cada pequena parte absorve o perfume da artesã, as essências invisíveis de sua pele, o cheiro de seu lar e, graças às constantes alfinetadas, até seu sangue, em quantidades mínimas. E lágrimas, embora ela talvez não queira admitir isso.

Molly, a filha de Linda, está saindo de casa pela primeira vez, para ir à faculdade, a muitos quilômetros de distância. Linda está fazendo um quilt (uma colcha de retalhos) para presentear a filha. Juntas, elas fazem uma viagem de carro até a faculdade. Linda aproveita o momento para relembrar os momentos com sua filha, ao mesmo tempo que os costura na colcha de despedida.

Como se diz adeus a um pedaço do seu coração? Se você for uma artesã, já terá um modo consagrado de se expressar.

A colcha de despedida é uma bela história narrada em primeira pessoa, por Linda Davis. Para mim, foi uma história sobre crescimento e deixar para trás. Linda tem que aprender a deixar sua filha se cuidar sozinha, enquanto Molly tem que aprender a deixar sua antiga vida para trás para se concentrar na faculdade. Linda é a mãe que toda filha ama: compreensiva, que se impõe quando é preciso, mas sem ser intrometida. Molly é a filha perfeita, estudiosa, não se mete em confusões.

Um quilt (créditos: Art with a needle)

A história é bonita, mas achei um pouco entediante. A narradora repete muitas vezes o mesmo pensamento, como por exemplo, a preocupação sobre Molly e seu namorado. Também senti falta de um conflito maior na história, pois as duas personagens me pareciam ser muito perfeitas. Imaginei que a viagem serviria como uma reconciliação entre mãe e filha, mas as duas já se davam super bem antes da viagem. Foi mais uma viagem de despedida mesmo.

Acho que as mães irão gostar mais da história do que as outras pessoas, pois conseguirão se identificar mais com a personagem - algo que não ocorreu comigo. Para quem procura uma história leve, sem grandes conflitos, eu recomendo.

Outras capas:

Nota:

Onde comprar: Harlequin

10 de junho de 2013

Lançamentos Ed. Arqueiro - Junho/2013


Oi pessoal! Começando a semana com os lançamentos do mês da Editora Arqueiro! \o/

O guardião do tempo – Mitch Albom

Dhor sempre foi obcecado por enumerar coisas. Quando percebeu um padrão entre o nascer e o pôr do sol, ele aprendeu a contar os dias.
Movido por uma curiosidade ingênua, Dhor estava aprisionando a maior dádiva de Deus: o tempo. E pagaria um preço alto por isso, sendo banido para uma caverna durante seis milênios.

Depois de compreender o mal que havia criado ao fazer a vida girar em torno de um relógio, Dhor é mandado de volta à Terra com uma missão: ensinar a duas pessoas o verdadeiro sentido do tempo.


8ª Confissão - James Patterson

Encarregada de investigar as mortes de alguns milionários, a tenente Lindsay Boxer também precisa ajudar sua amiga Cindy Thomas no caso de um morador de rua que foi brutalmente executado. Ao conhecer mais a história daquele homem, Cindy percebe que tem uma preciosidade nas mãos e faz de tudo para levá-la a público, descobrindo, sem querer, a conexão com uma rede criminosa.

O Clube das Mulheres contra o Crime precisa desvendar esses mistérios e tem ainda o desafio de se manter unido. Lindsay nota que seu parceiro e Cindy estão cada vez mais próximos e o ciúme estremece a relação dos três, podendo comprometer as investigações. No fim, o Clube pagará um alto preço por se envolver nessas duas caçadas.

Você é o próximo – Gregg Hurwitz

Quando tinha 4 anos, Mike Wingate foi abandonado e mandado para um lar adotivo. Agora, já adulto, é casado com uma mulher maravilhosa e tem uma linda filha.

Então o inimaginável acontece: Mike depara com demônios de um passado do qual nem mesmo se lembra e recorrerá a um velho amigo para manter sua família a salvo.

9 de junho de 2013

Essa Semana #22 2013


Oi pessoal, bom dia! Vamos conferir como foi a primeira semana de junho no blog?

* Estou lendo: Livro da parceira Editora Arqueiro, estou gostando bastante!


* Recebi #1: Livro da parceira Suma de Letras... Adoro Zafón, então não vejo a hora de ler.


* Recebi #2: Um livro muito esperado da Novo Conceito. Falei que queria que ele fosse publicado no Brasil em Janeiro, felizmente ele foi e veio com um kit bem legal.


* Resenhei: Clique para ler as resenhas.



Por hoje é só! E vocês, o que estão lendo?

7 de junho de 2013

Novidade: Maquiagem inspirada em Os Instrumentos Mortais

Para as meninas que gostam de livros e maquiagem ;)

A NYX está lançando lá fora uma coleção de maquiagem chamada The Mortal Instruments: City of Bones, baseada no filme homônimo (em português, Os Instrumentos Mortais: Cidade dos Ossos) - que, por sua vez, é baseado no livro.


A coleção inclui 6 cores de sombra, um blush rosa, um um lip cream rosa matte, delineador líquido preto, um lápis para olhos e uma máscara de volume para cílios.

Vamos torcer para que também seja lançada por aqui!

Fonte: Gizmodiva.com

6 de junho de 2013

Entre o Agora e o Nunca

O dia em que tudo mudou foi ontem.
Aquele formigamento no cérebro me forçou a me levantar. E eu me levantei. Mandou que eu calçasse os sapatos, arrumasse uma pequena mala esportiva com o indispensável e pegasse a minha bolsa. E eu fiz tudo isso.

Depois de brigar com sua melhor amiga por causa de um namorado, Camryn, de 20 anos, decide largar tudo para viajar pelos Estados Unidos de ônibus. No caminho, ele conhece Andrew Parrish, que está indo visitar o pai com câncer. Ela se aproxima dele para mandá-lo abaixar o volume da música que saía dos seus fones de ouvido. Ele se aproxima dela para protegê-la. Logo se forma uma conexão inegável entre eles.

Coincidência é só o nome que os conformistas dão ao destino.

Eu adoro histórias de road trips. Sempre quis pegar um ônibus para qualquer lugar e sair viajando sem destino. Claro que pensar nisso é mais fácil que fazer, afinal, não dá para simplesmente largar o emprego e torrar o suado dinheiro por aí. Eu, pelo menos, não tenho coragem de fazer isso. Então, acabo vivendo isso através dos livros.

Entre o Agora e o Nunca é uma história assim. Cam e Andrew passam por muitas cidades diferentes, algumas famosas como New Orleans e outras que são só um pontinho no mapa. Fazem coisas maravilhosas no processo, de deitar na grama para olhar as estrelas a cantar num bar. Mas o mais importante da história é que, através desta viagem, eles não só se conhecem, mas também a si próprios. Cada um tem seus problemas e dúvidas, que, com a ajuda do outro, conseguem superar.

Que tal estes atores para Camrym e Andrew? (fonte)

Algo que me incomodou na narrativa foi o excesso de palavrões. Há expressões bem pesadas, que não vou citar aqui (o Meu Jardim de Livros é um blog família, gente!), que acho que poderiam ter sido deixadas de fora. Foi a única coisa que me impediu de dar 5 estrelas ao livro.

Mas, se você não liga para isso e é maior de idade (há cenas BEM quentes no livro), não deixe de viajar com Camryn e Andrew!

A história é fechada, mas terá uma continuação, chamada The Edge of Always, que se passa cinco meses depois e deve ser publicada lá fora em novembro deste ano. Vamos torcer para que saia aqui também!

Capa original:

Nota:

Onde comprar: Submarino

Blog da autora: jessicaredmerski.com

Vídeos no Youtube: Booktrailer | Recado da autora
Related Posts with Thumbnails