30 de julho de 2013

Aquele Verão

É engraçado como um verão pode mudar tudo. Deve ser devido ao calor e ao cheiro de cloro, à grama recém-cortada e à madressilva, ao asfalto fervendo após as tempestades no fim do dia, e ao vapor subindo enquanto tudo ao redor fica respingando.

Haven, de quinze anos, precisa enfrentar o casamento do seu pai com a "mulher do tempo", ao mesmo tempo em que precisa agüentar sua irmã mais velha, que logo irá se casar. Tudo que ela quer é que as coisas sejam como em um verão passado, quando sua irmã namorava Summer, seus pais ainda estavam juntos e tudo parecia perfeito. Mas será que era mesmo?

Todos conseguem relembrar um verão e apontá-lo, encontrando o ponto exato quando tudo mudou. Aquele verão era o meu.

Eu estava bem ansiosa para ler este livro, pois gostei bastante de todos os outros da Sarah Dessen que li. Porém, acabei me desapontando. É um bom livro, mas não foi tudo que eu esperava.

Cena do filme (créditos)

Quando faltavam 40 páginas para acabar, ainda não tinha entendido o propósito do livro. Tinha um monte de subplots acontecendo, mas não ocorria muita coisa com a personagem principal e narradora do livro, Haven.

No final, acho que este livro não é mesmo uma história com começo, meio e fim, mas é mais sobre como as vezes imaginamos uma coisa, que depois se revela completamente diferente. Também é sobre reconciliação, entre Haven e seus pais e, principalmente, com sua irmã. Sobre novos começos.

O livro já inspirou um filme, Meu Novo Amor (How to deal). Eu não assisti, mas pelo que li na Wikipedia, não tem muito a ver com o livro - nem os nomes dos personagens são os mesmos.

Recomendo este livro mais para aqueles que já são fãs da autora. Se você ainda não leu nada da .Sarah, pode pular este livro e ir direto para O que aconteceu com o adeus; eu, pelo menos, gostei mais dele.

Outras capas:

Nota:

Onde comprar: Submarino

29 de julho de 2013

Essa Semana #28 2013


Oi pessoal! Desculpem pelo atraso para postar esta coluna... Deveria ser no domingo, mas não deu tempo de fazer quase nada neste fim de semana :(

Vamos ver como foi a semana que passou? Com a ajuda de um Minion!

* Estou lendo: Continuação de @mor e igualmente bom!


* Li essa semana: Não gostei nem um pouco deste livro... na resenha irei explicar o por quê!


* Comprei: Teve liquidação de livros na FNAC (loja física), entre prometendo a mim mesma que não iria comprar nada... Mas não resisti e saí de lá com esses dois.


* Resenhei: Dois livros muito bons!



* Novo sorteio no blog: Participem!

26 de julho de 2013

Tag: Meu Marido Literário


Essa tag é bem curtinha e fui indicada pela Sofia do blog Lendo de Tudo.
Quem não tem blog, pode participar nos comentários! ;)

Regras:

- Responder as perguntas
- Indicar 5 ou mais blogueiras
- Citar quem lhe indicou.

1. Que características fazem que um personagem entre em sua lista de "Maridos"?
Tem que ser aquele cara legal de se conversar!

2. O que menos te atrai em um personagem?
Arrogância, gente que pisa nos outros.

3. Quem é seu atual marido literário?
Gostei bastante do Alex de Delírio.

Indico os blogs:

25 de julho de 2013

@mor

15 de janeiro
Assunto: Cancelamento
Gostaria de cancelar minha assinatura. Dá para fazer por aqui?
Cordialmente,
E. Rothner

Ao tentar cancelar a assinatura de uma revista, Emmi erra o e-mail do destinatário e quem recebe a mensagem é Leo Leike. Assim, meio sem querer, os dois começam a se corresponder por e-mail e logo se tornam amigos, e até mais. Será possível se apaixonar por alguém que você nunca viu?

Você é como uma segunda voz dentro de mim (...). Você fez do meu monólogo interior um diálogo.

Romântico, lindo e inteligente. @mor foi assim para mim. O que chama a atenção, de imediato, é a narrativa: totalmente escrita em e-mails, trocados entre Emmi e Leo, o que me fez lembrar de outro livro, Tweet Heart, em que a narrativa era composta de tweets. Porém, @mor é uma narrativa entre dois adultos, que escrevem bem e sem abreviações da internet, portanto bem mais fácil de entender. No começo eu achei que seria cansativo ler um troca-troca de e-mails, mas foi o contrário, a narrativa fluiu super bem e rapidamente.

Eu adorei os dois personagens, eles são bem diferentes mas, ainda assim, perfeitos um para o outro. Emmi é uma mulher meio impaciente (ela manda e-mails em CAPS LOCK quando fica ansiosa). Já Leo é um cara fácil de nos apaixonarmos, que escreve coisas lindas para ela.

Duas coisas me incomodaram no livro. Uma foi o excessivo uso da expressão "né verdade?" no começo do livro. Nunca vi ninguém falando assim. Outra coisa foi o título nacional, que não tem nada a ver com o original (traduzindo do alemão é algo do tipo "sopra o vento norte") e que torna impossível citar o nome do livro no Twitter, sem mandar uma mention a um tal de "mor". Mas são dois pontos que não atrapalham de modo algum a leitura.

@mor é um livro com uma ótima história, apaixonante e com final surpreendente. Ainda bem que já tenho a continuação, Emmi & Leo - A Sétima Onda. Não vejo a hora de ler!

Outras capas (taí um livro com muitas capas!):


Nota:

Onde comprar: Saraiva

24 de julho de 2013

Sorteio: A Colcha de Despedida


Oi pessoal! Lembram da resenha de A Colcha de Despedida, da Susan Wiggs, publicado pela Harlequin?

Uma pessoa irá ganhar um exemplar do livro + um bloco de anotações com a capa do livro (à direita)!


Para participar:

- Residir no Brasil.
- Deixar um comentário nesta página com seu Twitter ou e-mail (ou outro modo de entrar em contato, caso você ganhe), até dia 02/08/2013.
- O livro e o bloco foram cedidos pela editora Harlequin, e serão enviados por mim em até 30 dias após o sorteio.

O sorteio será feito pelo random.org e o resultado será publicado nesta mesma página. Boa sorte!

Sorteio realizado em 09/08/2013


23 de julho de 2013

Little Brother

I’m a senior at Cesar Chavez High in San Francisco’s sunny Mission district, and that makes me one of the most surveilled people in the world. My name is Marcus Yallow, but back when this story starts, I was going by w1n5t0n. Pronounced “Winston.”

Marcus tinha adolescência praticamente normal: ia ao colégio todos os dias e era vigiado todo o tempo, assim como todos os outros. Tudo muda quando uma bomba explode em São Francisco e ele e seus amigos são suspeitos de terrorismo. Marcus tem que lutar para sobreviver e provar que é inocente.

There were more rumbles and more tremors. Heads appeared at windows up and down the street. We all looked at the mushroom cloud in silence.
Then the sirens started.

Fazia tempo que queria ler esse livro, desde que li a sinopse e li outro livro do Cory Doctorow, Pirate Cinema. Os dois livros tem várias semelhanças. O protagonista é um garoto adolescente, que luta contra o "sistema" e entende de tecnologia. Ambos também falam de temas bem atuais. Enquanto que Pirate Cinema é sobre pirataria e filmes, Little Brother fala sobre vigilância, privacidade, confidencialidade... Há até mesmo pessoas indo às ruas, como está acontecendo no Brasil.


Porém, acredito que, para quem não é familiarizado com computação, o livro possa ser meio chato. Isso porque há certas pausas na narrativa para explicar algumas coisas, por exemplo, criptografia, como funciona chave pública e privada etc. Mas quem curte o assunto vai adorar e até aprender mais sobre ele.

Outra coisa legal é que o autor realmente pensa como o seu protagonista. Ele é a favor da liberdade de informação e disponibilizou o livro na íntegra, gratuitamente, no Goodreads (em inglês). O livro também já foi publicado por aqui pela Galera Record, com o título Pequeno Irmão.

Eu adorei o livro e recomendo para quem gosta de tecnologia, distopias e ficção científica. Tem uma história muito inteligente, que nos faz pensar sobre o mundo de hoje, privacidade e a Internet. Muito bom!

Outras capas:


Nota:

Onde comprar: Goodreads (free) | Amazon | Submarino (edição brasileira)

21 de julho de 2013

Essa Semana #27 2013


Bom dia! Começo o post, desta vez, com um link que vi essa semana e achei bem legal. São desenhos de anúncios vintage para bibliotecas! Vejam aqui.

Vamos conferir o que aconteceu na última semana?

* Estou lendo: Não sei porque demorei tanto para pegar esse livro, estou curtindo bastante!


* Recebi #1: Da Suma de Letras, esse lançamento!


* Recebi #2: Dois kits da Novo Conceito! O de Aconteceu em Paris veio com uma ecobag, marcador e um apoio de pescoço inflável (aqueles que o pessoal usa para viajar)...


... E o kit de A menina que semeava veio com um marcador e um negócio que não entendi o que é, mas acho que é um perfume (só que tem cheiro de bolo de baunilha!).



* Resenhei: Um livro policial e um sobre organização.


19 de julho de 2013

Selinho: Viajando na Leitura


Recebi esse selinho da Julia, do blog Conjunto da Obra. Muito obrigada!

Regras do selinho:

1 - Este selo consiste em responder à pergunta;
2 - Responda colocando o nome do blog do qual recebeu, use o banner original e indique cinco blogs para pegar o selo;
3 - Não esqueça de avisar os blogs indicados do selo.

Pergunta:
"Qual a melhor viagem que você fez através da leitura e qual foi o livro?

É muito difícil escolher um livro só, mas vou indicar um livro que li recentemente e adorei: Inferno, do Dan Brown. Viajei por vários países e pude aumentar meu conhecimento cultural e histórico com esse livro!

Blogs indicados:

18 de julho de 2013

How to Organize Your Life (At Home)

Organizing your home is essential to enjoying your home. You can live in an architectural masterpiece, but if you can't see the floor, it is hard to appreciate it.

"Comprei" este e-book na Amazon. Entre aspas porque estava grátis no dia (sempre consulto o site fkb.me antes de procurar um e-book, ele traz dicas diárias de e-books grátis).

É um livro de não-ficção com dicas para organizar a casa. Os capítulos são divididos em salas, então há um capítulo específico para a sala de estar, o banheiro etc.

Tem dicas bem legais, algumas até meio óbvias mas que, na correria do dia-a-dia, a gente acaba não pensando. Depois que li, acabei jogando fora um monte de coisas que tinha no banheiro e não usava mais, e guardei outras coisas no lugar que estavam espalhadas pelo quarto.

O livro seria melhor se tivesse fotos para acompanhar as dicas. Mas, se você está precisando dar uma arrumada na casa e não sabe por onde começar, pode ser uma boa leitura.

Nota:

Onde comprar: Amazon (em inglês)

16 de julho de 2013

8ª Confissão

O velho ônibus escolar amarelo avançava devagar pela Market Street, na direção sul, às sete e meia daquela manhã de maio. As janelas laterais e o vidro traseiro eram escurecidos, e uma batida de hip-hop pulsava na neblina baixa, que flutuava como um véu de seda entre o sol e São Francisco.

Um ônibus escolar explode em São Francisco. Um andarilho é assassinado nas ruas. Alguém começa a assassinar milionários. Esses são os casos que a policial Lindsay Boxer e a jornalista Cindy Thomas, entre outros, investigam neste livro.

Ela tirou o pé do freio e, naquele instante, sentiu uma onda de choque. Seus ouvidos zumbiram quando ela viu o teto do ônibus explodir com violência, voando para o alto.

Minha primeira experiência com James Patterson não foi muito positiva (leia a resenha de Lua de Mel), então estava com medo de me decepcionar com este livro. Felizmente, ele é muito melhor! O ritmo rápido, com parágrafos curtos e cheios de diálogos, se repete, porém, a história é bem mais amarrada e instigante. Não senti que o livro perdeu o pique em nenhum momento, pelo contrário, quanto mais mistérios se resolviam, mais interessante ele ficava, e terminou com um final surpreendente.

8ª Confissão é o 8º livro da série Clube das Mulheres Contra o Crime. Eu não li os anteriores e não senti muita falta deles, mas agora quero ler desde o começo. Para quem gosta de histórias policiais e de suspense, este é um ótimo livro.

Outras capas:


Nota:

Onde comprar: Submarino

14 de julho de 2013

Essa Semana #26 2013


Oi pessoal! Mais um domingo de sol por aqui \o/
Vamos ver como foi essa última semana?

* Estou lendo: Livro da parceira Editora iD.


* Li essa semana: Livro da parceira Suma de Letras, muito legal!


* Recebi #1: Livro super esperado da Suma de Letras, veio com um kit lindo! (pata de gato em cima da foto não inclusa)


* Recebi #2: Lançamento da Arqueiro!


* Resenhei: Mais um ótimo livro do Zafón.

12 de julho de 2013

Selinho: One Lovely Blog Award


Recebi esse selinho fofo da Érica, do blog Espiral dos Sonhos. Muito obrigada!

Regras:

Mencionar o blogueiro que te indicou o selo;
Seguir o blog que indicou o selo;
Repassar o selo para 10 blogs;
Avisar os indicados que tem selinho esperando por eles;
Responder as perguntas.

O que te levou a criar o blog?
O desejo de compartilhar com outras pessoas a minha paixão pelos livros.

Quais são os benefícios que o blog te proporciona?
Poder conhecer opiniões diferentes, através dos comentários e dos outros blogs. Acho super legal quando amo um livro e leio uma resenha que detestou, ou vice-versa. É muito boa essa troca de opiniões.

Planeja as postagens?
Sim, costumo deixar as postagens da semana programadas no fim de semana, pois durante a semana não dá tempo, ou aproveito para visitar os blogs amigos.

Tem novas idéias para o blog?
Muitas ideias, só falta sentar e fazer.

Quanto tempo se dedica ao blog?
Várias horas... Levo 1 hora só pra escrever uma resenha.

Qual é o melhor momento para criar seus post?
Domingo de manhã.

Que lugar do mundo gostaria de conhecer?
Estados Unidos e Canadá.

Qual seu passatempo favorito?
Além de ler (óbvio), gosto de ver séries e jogar no computador.

Blogs indicados:

11 de julho de 2013

Frases: A Improvável Jornada de Harold Fry

Oi pessoal! Lembram do lançamento A Improvável Jornada de Harold Fry, da Suma de Letras, que divulguei ontem no blog? A editora criou imagens para várias frases do livro. Eu ainda não li o livro, mas só de ler as frases, fiquei com vontade. Confiram!














Related Posts with Thumbnails