4 de fevereiro de 2014

As Luzes de Setembro


À luz do dia, a casa de Lazarus Jann parecia um interminável museu de prodígios e maravilhas. Mas ao cair da noite, as centenas de criaturas mecânicas, os rostos das máscaras e os autômatos se transformavam numa fauna fantasmagórica que nunca dormia.

Zafón, por que você tem que escrever tão bem?! Não sentia vontade de fazer mais nada além de ler, quando peguei esse livro. Ele encerra a "trilogia" infanto-juvenil da Névoa, sendo precedido por O príncipe da névoa e O palácio da meia-noite. Coloquei entre aspas pois os livros não são continuação um do outro, e podem ser lidos separadamente.

Enfim, vamos à história de As Luzes de Setembro. Estamos em Paris, 1937. Após a morte de Armand Sauvelle, sua esposa Simone e seus filhos Irene e Dorian se afundam em dívidas. A salvação aparece em um novo emprego de Simone, como governanta de Lazarus Jann, inventor de brinquedos que vive recluso em sua mansão, com a esposa doente. É aqui que começa mais um cenário misterioso, mágico e levemente macabro, comum nos livros de Zafón.

A trilogia da Névoa (créditos: Americanas)

Acho que não consigo colocar no papel o quanto gostei desse livro. Mas para vocês terem uma noção do quanto me entreguei à história, passei um dia inteiro lendo-o, só parando para ir ao banheiro. É muito bom, e não dava para largar enquanto eu não soubesse como iria terminar.

Detalhe interessante: Lazarus conta uma história, no meio do livro, envolvendo um tal de Andreas Corelli. Fui arrumar o livro na estante e peguei O jogo do anjo, também do Zafón, e vi esse nome na contracapa! Não resisti e já peguei para ler sem seguida.

Se você ainda não leu Zafón, leia! Mas tome cuidado: é difícil deixar o universo dele.

Outras capas:

Nota:

Onde comprar: Submarino

Livro cedido para resenha pela Suma de Letras.

14 comentários:

  1. Oi Sora!
    Zafón é incrível mesmo!
    Dele, eu apenas li "Marina" e curti muito. Foi realmente uma leitura muito boa e interessante. Ainda pretendo ler todos os outros livros do autor. Ele realmente sabe como criar boas história.
    É perceptível que você realmente amou este livro. Isso é muito bom e me anima. Espero não me decepcionar também. Hehe
    Abraço!

    "Palavras ao Vento..."
    www.leandro-de-lira.com

    ResponderExcluir
  2. nunca li nada de zafón, mas seu mix de mistério e romance me intriga
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  3. Oi Sora!
    Eu li apenas um livro desse autor e não gostei muito. Preciso dar outra chance para ele kkk
    Bjks!

    ResponderExcluir
  4. Oi Sora!
    Zafón é o cara! <3
    Além de ter uma escrita simplesmente perfeita, envolvente, instigante e apaixonante, uma das coisas mais bacanas de seus livros é que podem ser lidos independentes sem comprometimento da trilogia!
    Nota 1000 ;)
    Resenha mara!
    Bjs

    ResponderExcluir
  5. Oi Sorinha, tudo bem?

    Só pela capa eu já ia comentar perguntando se esse livro estava relacionado a O Príncipe da Névoa. As capas são bem parecidas. Vejo muitos elogios, principalmente quanto a Principe, mas, confesso que a capa não me deixa querer comprar o livro =P. Super feio isso, né, mas... É tão bom quando a gente se envolve tanto com o livro que não quer largar, né? *-*

    beijos
    Kel
    www.porumaboaleitura.com.br

    ResponderExcluir
  6. Eu nunca li nada do Záfon, mas tenho vontade. Só que acho que vou precisar comprar mais de um livro dele antes, pra não entrar em abstinência, porque do jeito que você fala.. hahaha Fiquei com muita vontade de ler esse!

    Beijo :*
    www.tainahrodrigues.com
    fantasiandocomoslivros.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  7. Quero muito ler essa trilogia,
    nuca li nada do autor, tentei ler Marina mas não curti muito... Vejo tantas pessoas elogiando os livros e a escrita dele que fico ansiosa para gostar também.

    http://soubibliofila.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  8. ainda não li nenhum dos livros do Zafon, e não é por falta de vontade não... nem sei que desculpa dar hahaha
    todos falam bem do livro, e apesar dele não fazer muito o meu estilo, me interesso pela história
    quero ler, e preciso ler eles logo, porque já enrolei demais :P

    ResponderExcluir
  9. Concordo! É complicado deixar o universo de Zafón... amo esse autor desde que li Marina e nunca mais parei. Para mim só falta ler o palácio da meia noite que está aqui esperando por mim, para ser lido. Recomendo todos também!
    bjs

    ResponderExcluir
  10. Eu ainda não li nenhum livro da trilogia, e devo dizer que adoro quando há trilogias ou séries que não é necessário ler em ordem, pois cada uma tem sua historia separada, já ouvi falar muito bem de Zafón e espero poder ler muito em breve mesmo.
    Beijos!!!

    ResponderExcluir
  11. Fiquei empolgado com a resenha. Parece ser bem interessante o livro. Gosto desse estilo e quando você falou que há um cenário misterioso etc., me interessei ainda mais. Beijos!

    http://ymaia.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Primeiro: não me bata, mas eu ainda não li nada do Zafón.
    Eu até tenho vontade, mas ainda não apareceu oportunidade. De todas as obras dele, creio que essa "trilogia" (rs) é a melhor para começar. ^^
    Letras & Versos

    ResponderExcluir
  13. e Bota Mistério Nisso , Estou louca pra ler um livro do Zafón !!
    bjs

    ResponderExcluir
  14. Depois que você disse que ele era macabro? Não, não vou ler O.o
    Não gosto de livros assustadores, mesmo que seja leve.
    De qualquer forma esse autor nunca me interessou mesmo lendo resenhas e comentários sobre seus livros.

    http://worldbehindmywall.fanzoom.net/

    ResponderExcluir

Olá!
Agradeço muito pelo seu comentário!
Logo irei retribuir sua visita. :)

(Comentários que não estejam relacionados à postagem e contenham apenas propaganda serão excluídos)

Related Posts with Thumbnails