4 de março de 2014

Enfeitiçadas


Nossa mãe também era bruxa, mas ela sabia esconder melhor do que eu.

Cate, Maura e Tess Cahill são três irmãs bruxas. Mas não é fácil ser uma bruxa em Nova Londres, no começo do século XX... Se a Fraternidade descobrisse, elas seriam mandadas para um navio-prisão, isso se não fosse mortas. Mas há uma profecia que diz que, quando um trio de irmãs bruxas chegar à idade adulta, a mais poderosa delas conseguirá mudar a história...

Nunca senti tanta raiva de um grupo como senti da Fraternidade e de seus Irmãos! Lembram-se, mulheres, da nossa situação antes da luta pelos direitos iguais? Em Nova Londres é assim para pior. As mulheres não podem fazer nada, têm que ser totalmente submissas e sem opinião própria. E ai de quem tentar fazer o contrário!

O começo de Enfeitiçadas foi um pouco lento e eu só passava raiva lendo sobre os Irmãos e como as Cahill tinham que ficar escondidas. Mas depois de umas 50 páginas, a história me pegou de jeito e não queria largar o livro. Queria muito que tudo desse certo com Cate... Mas é muito difícil lutar quando não se tem escolha alguma. No final, eu estava tão envolvida com a história, que cheguei a sonhar com Cate e Finn! (eu leio antes de dormir, então não é incomum sonhar com os livros)

Imagem do lindo BookTrailer *-*

Este é o primeiro livro da trilogia As crônicas das irmãs bruxas, e eu já não vejo a hora de ler o próximo, Amaldiçoadas. Pelo título já dá para imaginar o que vem pela frente.

Para proteger as pessoas que amo, eu faria tudo de novo. 
Só espero ser capaz de viver com as consequências.

Outras capas:


Nota:

Onde comprar: Submarino

Livro cedido para resenha pela Editora Arqueiro.
Related Posts with Thumbnails