24 de março de 2014

Vem aí... em abril pela Editora Arqueiro

Oi pessoal! O mês nem terminou e a Editora Arqueiro já começou a anunciar os lançamentos de abril! Eu separei um trecho de cada livro para vocês. Vamos ver o que vem por aí?
(capas e trechos enviados pela Editora Arqueiro)


9/4: Os assassinos do cartão-postal
James Patterson

Eles se acomodaram em uma aconchegante mesa para quatro pessoas com vista para o rio. O pôr do sol coloria os prédios ao redor com um vermelho vivo, enquanto uma embarcação bateau-mouche navegava devagar e o acordeonista tocava uma música mais animada.

O britânico rabugento só relaxou depois da segunda garrafa de vinho. Sylvia percebeu seu interesse e abriu outro botão da blusa fina. Ela também notou que a inglesa estava olhando de soslaio para Mac, observando seu cabelo claro, sua pele cor de mel, seus cílios delicados e seus bíceps definidos.

– Hoje foi um dia mágico – comentou Sylvia, colocando a mochila nas costas depois de Mac ter pagado a conta. – Eu preciso de um souvenir desta noite.


14/4: Querida Sue
Jessica Brockmole

Prezada senhorita,

Espero que não me considere atrevido, mas quis escrever-lhe para expressar minha admiração por seu livro Do ninho da águia. Admito que não sou chegado a poesia. O mais comum é me encontrarem com um exemplar cheio de orelhas de Huckleberry Finn ou com alguma outra coisa que envolva correr perigos mortais e escapar por um triz. Mas algo em seus poemas me tocou mais do que qualquer outra coisa em anos.

Estou hospitalizado e seu pequeno livro me animou mais do que as enfermeiras. Especialmente a que tem um bigode igual ao do meu tio Phil. Ela também me tocou mais do que qualquer outra coisa em anos, só que de um modo muito menos empolgante. Em geral, fico atormentando os médicos para me deixarem caminhar, de forma que eu possa voltar às minhas maquinações.


24/4: Mar de rosas
Nora Roberts

Para Emmaline, o romance torna as mulheres especiais. Faz com que todas sejam bonitas e transforma os homens em príncipes. Com romance, a vida de uma mulher é tão imponente quanto a de uma rainha, porque o seu coração passa a ser precioso.

Flores, luz de velas, longos passeios ao luar num jardim isolado... Só a ideia a fez suspirar. Dançar ao luar num jardim isolado: para ela, isso era o auge do romantismo.

Podia até imaginar a cena: o cheiro das rosas de verão, a música vindo das janelas abertas de um salão de baile, a luz que deixava tudo com um contorno prateado, como nos filmes. O modo como seu coração pulsaria (como pulsava agora quando ela visualizava tudo aquilo).


Comentário premiado

Deixei um comentário dizendo qual desses livros você quer ler + seu e-mail ou Twitter, para concorrer a um conjunto de marcadores da Editora Arqueiro e Sextante. Válido apenas para residentes do Brasil, que comentarem até 28/03/2014. O resultado sai no dia 30/04/2014.

Related Posts with Thumbnails