26 de junho de 2014

Estrela da Noite


5º volume da série Os Imortais.
Atenção! Esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores da série!

Resenhas anteriores:

1. Para Sempre
2. Lua Azul
3. Terra de Sombras
4. Chama Negra

- Você nunca me vencerá. Nunca ganhará essa, Ever. É impossível. Você não consegue. Então, por que perder seu tempo?

No penúltimo volume da série, Ever precisa enfrentar sua ex-melhor amiga, Haven, que a culpa pela morte de Roman. Ao mesmo tempo, ela descobre um segredo de seu passado com Damen.

Acho que tenho uma relação de amor e ódio com Os Imortais. Eu adoro a ideia principal da imortalidade, das vidas passadas etc. Também gosto da narrativa, com capítulos curtos e muitos diálogos, sem enrolação. Mas acho que cheguei num ponto em que detesto todos os personagens. Ever é chata e burra. Haven é extremamente irritante. Damen é egoísta. O único que se salva é Jude, um pobre coitado no meio da confusão toda.

Metade do livro foi sobre o confronto entre Ever e Haven mas, quando esse dia finalmente chegou, pareceu-me que foi resolvido rápido demais. E não consigo entender como a história de Stacy e Honor se encaixa na coisa toda. Está rolando uma batalha de vida e morte entre duas imortais, e as duas preocupadas com popularidade escolar?

Os Imortais foi, para mim, uma série que começou bem, mas a qualidade foi decaindo ao longo dos livros. Como só falta um para eu terminar a série e ele também faz parte da minha meta do ano, irei ler até o final. Vamos ver como vai ser.

Outras capas:


Nota:

Este livro faz parte do Desafio dos Livros Encalhados 2014.
Related Posts with Thumbnails