8 de julho de 2014

Poseidon

Dou de cara com ele como se tivesse sido empurrada. Ele não se move, nem um centímetro. Apenas segura meus ombros e espera.

Emma sempre se sentiu um peixe fora d'água, com seus olhos violetas e cabelos quase brancos. Até conhecer Galen, o belo príncipe dos Syrenas, que acha que Emma pode ser a chave para a salvação de seu reino submerso. Será que essa garota desajeitada possui o Dom de Poseidon?

Queria ler esse livro porque adoro histórias com seres "mágicos", como vampiros, lobisomens... E sereias. O fundo do mar me fascina e, desde criança, sempre imaginei como seria morar dentro dele. E pude aprender, com Galen, que é mesmo incrível! Toda a história dos Syrenas, e de Tritão e Poseidon, é bem interessante.

Porém, apesar de ter um cenário rico, a história é totalmente previsível. Logo nos primeiros capítulos já sabia como ela iria se desenrolar, e não precisei esperar pelo final para saber como ia terminar. Por isso, meu conselho é: leia Poseidon sem esperar nada. É um romance sobrenatural bonitinho, mas quase igual à maioria que lemos por aí, exceto pela parte dos Syrenas.

Eu gostei, sim, do livro, mas essa previsibilidade acabou tirando a graça dele. Recomendo para quem também gostaria de saber como é ser uma sereia.


Este é o 1º livro da série O Legado dos Syrenas, que já possui duas continuações publicadas no exterior.

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Novo Conceito.
Related Posts with Thumbnails