5 de dezembro de 2014

Diferenciando gêneros literários: Distopia X Utopia


Hoje vamos falar sobre dois gêneros que costumam fazer parte da ficção-científica, mas que achei melhor separar para poder explicar: Distopia e Utopia.

Distopia é uma comunidade ou sociedade indesejada ou assustadora. As distopias são normalmente caracterizadas por desumanização, governos autoritários, desastres ambientias ou outras características associadas a um declínio da sociedade. As sociedades distópicas são usadas para chamar atenção a problemas do mundo real, em relação a meio-ambiente, política, economia, religião, ciência, tecnologia etc, que se não forem resolvidos podem levar a uma condição distópica.

Exemplos de livros de distopia:


A utopia é o inverso da distopia. É uma comunidade ou sociedade altamente desejada e próxima à perfeição. O termo utopia é usado para descrever comunidades reais ou na ficção, que tentam alcançar uma sociedade ideal.

Infelizmente, não consegui me lembrar de um livro que eu tenha lido que falasse sobre uma sociedade ideal. Acho que porque são as distopias que nos fazem refletir sobre o mundo em que vivemos. Uma utopia, teoricamente, não teria problemas e resultaria em um livro meio chato. Alguém tem uma sugestão?

O que vocês acham desses gêneros?

A princípio, este seria o último post da série Diferenciando gêneros literários. Recebi alguns comentários sobre os subgêneros, e fiquei interessada em pesquisar mais sobre isso. Vou tentar  escrever sobre os subgêneros mais para a frente. Espero que tenham gostado desta série de posts aqui no blog!

Fonte: Wikipedia
Related Posts with Thumbnails