26 de março de 2015

Personal Demons - Amor Infernal


Se existe Inferno na Terra, esse lugar é a escola. E se existe alguém distintamente qualificado para fazer essa declaração, esse alguém sou eu.

Frannie é quase uma adolescente comum... O quase é porque ela é A Escolhida, e sua alma está para ser marcada. Quem a disputa são Luc, um demônio, e Gabriel, um anjo.

Já vou começar a resenha sendo honesta com vocês: eu não consegui terminar de ler este livro. A ideia até parecia interessante, mas li até exatamente a metade dele e a história não saía do lugar. Aí desisti.

A narrativa é alternada entre dois pontos de vista: Luc e Frannie. Porém, fora o fato da fonte ser diferente (isso foi uma coisa legal no livro), eu não conseguia distinguir um do outro. O Luc não soa como um demônio de milhares de anos, mas como um garoto normal. Aliás, não senti empatia por nenhum dos três personagens principais, pois para mim os três eram iguais.

O triângulo amoroso é outra coisa que, para mim, não fez sentido. Eu não conseguia entender como o Luc se apaixonou a primeira vista por Frannie. Detalhe: todos os garotos que aparecem (demônio, anjo e uns humanos) caem de amores por ela.

Imagem original: Sophistikatied Reviews

Falando da edição brasileira do livro, a capa ficou legal e a diferença entre as fontes usadas nos dois pontos de vista foi uma detalhe que ajudou a leitura. Porém, a tradução precisa ser revista. Tem várias frases sem sentido que eu tentava traduzir para o inglês na minha cabeça para entender.

Enfim... Personal Demons - Amor Infernal foi um livro no qual, talvez, eu tenha colocado expectativas demais. Simplesmente não funcionou para mim. Mas, como sempre digo, não é porque eu não gostei do livro que outras pessoas acharão o mesmo. Leiam para formar sua própria opinião.

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Editora iD.
Related Posts with Thumbnails