9 de abril de 2015

O Príncipe das Sombras

Agosto de 2011
Florença, Itália

No térreo da Galleria degli Uffizi, o Príncipe de Florença considerava a ideia de cometer assassinato.

O Príncipe de Florença, um misteroso ser sobrenatural, ronda o casal Gabriel e Julianne. Os dois lhe roubaram obras de arte, e ele lhes fará pagar por isso.

A capa desse livro é linda e a sinopse era super interessante - Itália, obras de arte, sobrenatural... Tudo a ver comigo! Porém, talvez tenha criado expectativas demais, pois O Príncipe das Sombras me decepcionou bastante.

O livro em uma palavra: confuso. Foi uma leitura rápida, li em pouco mais de uma hora, pois são 103 páginas com letra grande. Mas terminei sem entender nada. Tipo... o Príncipe é um cara todo poderoso (segundo ele mesmo), mas que demora cem páginas perseguindo o casal para matá-lo.... E no final ele não faz nada. Além disso, não entendi por que as obras de arte eram tão importantes para ele, a ponto de perder seu tempo com dois simples humanos. Talvez, se o livro fosse mais longo, teria entendido alguma coisa. Mas, nessas cem páginas, não consegui entender a motivação de nenhum personagem.

Imagem original: Goodreads

O Príncipe das Sombras é mais um conto do que um livro. É uma introdução à série Noites em Florença e se passa depois da trilogia O Inferno de Gabriel. Eu não li a trilogia anterior e não sei se isso faria alguma diferença. Aguardo as opiniões de vocês.

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Editora Arqueiro.
Related Posts with Thumbnails