23 de junho de 2015

Wither

The girls are taken as young as thirteen, when their bodies are mature enough to bear children, and the virus claims every female of our generation by twenty.
(As garotas são levadas tão jovens quanto treze anos, quando seus corpos são maduros o suficiente para carregar crianças, e o vírus reivindica toda fêmea de nossa geração aos vinte.)

Eu adoro distopias porque eles sempre mostram um futuro horrível, mas que poderia ser verdade (e quem sabe não seja um dia). Não que isso seja bom, mas acho que servem de alerta para os problemas do mundo atual. No caso de Wither, o alerta vai para: até onde podem ir nossas pesquisas genéticas sem que tudo vá para o espaço?

Aqui, experimentos genéticos que deram errado levaram a uma nova geração em que os homens morrem aos 25 anos e as mulheres aos 20. Rhine Ellery tem 16 anos e tenta sobreviver nesse cenário com seu irmão, Rowan. Até que ela é sequestrada e vendida como noiva, junto com outras duas jovens. Seu marido é Linden, de 20 anos, que procura uma substituta para sua atual esposa, que já está chegando ao fim da vida com 20 anos.

Eu achei o começo da história parecido com A Seleção mas, ao contrário de America, Rhine é levada contra sua vontade. E tudo que ela quer é escapar e voltar para seu irmão. Isso foi algo que eu achei interessante: as três meninas (Rhine, Jenna e Cecily) são completamente diferentes e tem visões diferentes de sua situação. Cecily, por exemplo, está feliz da vida em permanecer no palácio, junto com Linden.

Esse, aliás, foi alguém pelo qual nutri sentimentos conflitantes durante toda a leitura. Ele não sabia de nada do que estava realmente acontecendo, fazendo com que eu sentisse raiva e pena ao mesmo tempo. Ou será que ele simplesmente não queria saber?

Banner original: thechemicalgardenbooks.com

Outra coisa que eu achei curiosa na trama é o cenário distópico em si. Apesar do mundo estar um caos, Linden vive em seu palácio alheio a tudo isso, cercado da mais alta tecnologia. A autora não dá muitos detalhes de como está o mundo lá fora, mas é o suficiente para nos situarmos e torcermos por Rhine e as outras meninas.

Wither é o primeiro volume da trilogia The Chemical Garden (o jardim químico). Esse livro já foi publicado no Brasil, pela extinta Editora Underworld. É uma pena, eu realmente gostaria de ver a trilogia toda publicada, pois adorei esse livro e quero ler a continuação. Mas, a não ser que outra editora se interesse pela trilogia, só está disponível em inglês mesmo.

Outras capas:


Nota:

Este livro faz parte do Desafio de E-Books 2015.
Related Posts with Thumbnails