8 de setembro de 2015

Fragmentados

Ele tenta não pensar no fato de que nunca voltará a ver o verão. Pelo menos, não como Connor Lassiter. Ainda não consegue acreditar que sua vida vai ser roubada agora, aos dezesseis anos.

Depois da Guerra de Harland, a chamada Lei da Vida foi criada. Ela estabelece que os pais podem enviar seus filhos, entre 13 e 18 anos, para serem fragmentados. A fragmentação é um processo no qual uma criança é ao mesmo tempo eliminada e mantida viva.

Em Fragmentados, seguimos três diferentes jovens "fragmentários" (que foram enviados para fragmentação): Connor, Risa e Lev. Os pais de Connor o enviaram para a fragmentação por o considerarem um problema. Risa sempre morou em um orfanato e não conseguiu provar de que não merecia ser fragmentada. Já Lev é um dízimo, foi selecionado para fragmentação entre os seus irmãos desde o nascimento.

Comecei esse livro sem expectativa alguma e ser ter lido nenhuma resenha, e posso dizer que ele me surpreendeu bastante. A história é tensa em todos os momentos! Quando achava que os protagonistas iam ter algum sossego, algo novo acontecia.

A narrativa, aliás, foi algo que eu achei que não ia gostar mas acabei adorando. Ela é em terceira pessoa e cada capítulo focado em um personagem. Normalmente eu não gosto de livros com narrativa alternada, pois acho confuso, mas em Fragmentados ela funcionou perfeitamente. O autor, o americano Neal Shusterman, escreve muito bem e fiquei com vontade de ler outros livros dele (ele já escreveu mais de 30!).

Créditos: Pinterest

Em todo o livro torci pelos jovens, principalmente por Connor e Risa. Essa garota foi minha personagem preferida no livro e está longe de ser uma mocinha boba. Connor ter um jeito meio herói, meio anti-herói, tornando impossível não torcer pelo sucesso dele.

O processo de fragmentação foi algo pelo qual tive curiosidade o livro inteiro, pois muito se falava nele mas sem revelar nada. Quando ele finalmente foi revelado... Bem, vou deixar vocês lerem, mas já adianto que foi um capítulo em que eu mal pisquei, e precisei parar e tomar fôlego para continuar a leitura.

Fragmentados já possui mais 3 continuações publicadas no exterior. O livro não deixa gancho para continuação, mas eu não me importaria de ler mais histórias passadas nesse universo. Vamos torcer para que a Novo Conceito publique por aqui também.

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Novo Conceito.
Related Posts with Thumbnails