10 de março de 2016

A Irmã da Tempestade

Continuação de As Sete Irmãs. Esta resenha NÃO tem spoilers do livro anterior da série!

Sempre vou lembrar exatamente onde me encontrava e o que estava fazendo quando recebi a notícia de que meu pai havia morrido.

Pa Salt, há muitos anos, adotou seis meninas. Após sua morte, ele deixa cartas para que elas busquem suas verdadeiras origens.

No primeiro livro da série, acompanhamos a história de Maia, cuja história a trouxe para o Brasil. Agora, em A Irmã da Tempestade, acompanhamos Ally, uma grande velejadora. As pistas deixadas por seu pai adotivo a levam até a Noruega , onde sua história começa a se entrelaçar com a da cantora Anna Landvik.

Eu amei o livro anterior, mas acho que gostei ainda mais deste! Assim como no outro livro, este também mistura presente e passado, fatos históricos e ficção. O presente é em 2007 e o passado é o final do século 19.

Adorei acompanhar as duas histórias, de Ally e de Anna. Com a escrita envolvente de Lucinda Riley, foi fácil me envolver com elas. Logo eu estava chorando, me emocionando e torcendo por essas duas mulheres com vidas tão diferentes. A Lucinda escreve de um jeito tão incrível que as personagens saltam das páginas e parecem reais - ainda mais porque elas cruzam com pessoas que realmente existiram, como o compositor norueguês Edvard Grieg.


Sendo um livro falando de música, teve vários momentos em que eu queria interromper a leitura para procurar as músicas na internet - mas não conseguia parar de ler, então acabei ouvindo Grieg e Peer Gynt no trabalho e enquanto tomava banho. Acho legal quando um livro tem fatos históricos no meio por causa disso, dá vontade de sair lendo e ouvindo tudo sobre o assunto.

Eu adorei conhecer as histórias de Ally e Anna. Quem não leu o livro anterior não tem problema, pois os livros são independentes (inclusive algumas partes se passam no mesmo tempo). Agora é aguardar o próximo livro, que contará a história de Estrela. Para onde será que Lucinda nos levará dessa vez?

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Editora Arqueiro.

5 comentários:

  1. eu sou fã de carteirinha da Lucinda e confesso que esse livro deu um nó na minha cabeça!
    quantas emoções essas tramas das irmãs ainda trarão?
    Lu é maravilhosa ao mesclar fantasia e realidade
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  2. Oi Sora, eu tenho o primeiro livro em casa, mas ainda não li. Já li outro livro da autora e adoro essa mescla que ela faz entre passado e presente. Não sabia que neste caso havia detalhes reais, muito legal ;)

    Beijos

    ResponderExcluir
  3. Oii Sora

    Nunca li nenhum livro da Lucinda. Não sei, achava que não era muito o meu estilo. Estou revendo meus conceitos e tentando sair um pouco da minha zona de conforto. Acho que vou tentar ler algum livro da autora, quem sabe viro fã ☺

    Beijokas

    naprateleiradealice.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  4. Oi Sora!

    Não conheço a série, mas pelo enredo parece ser bem interessante! Adorei as capas!

    bjs, Michele

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  5. Nunca li um livro da Lucinda Riley, adorei sua resenha.
    gosto de livros que de cara já entendemos o objetivo do livro. beijos

    Taynara Mello | Indicar Livros
    http://www.indicarlivros.com/2016/08/4-dicas-para-voce-ler-mais.html

    ResponderExcluir

Olá!
Agradeço muito pelo seu comentário!
Logo irei retribuir sua visita. :)

(Comentários que não estejam relacionados à postagem e contenham apenas propaganda serão excluídos)

Related Posts with Thumbnails