22 de julho de 2016

Não Se Apega, Não

Acabou. The end. Fim. Deve ser engraçado começar uma história pelo final, eu imagino. Quase todos os livros que já li até a data presente têm protagonistas que se apaixonam logo no início, lá pelo meio aparece algo que impede esse amor de acontecer e, no final..., bem, felizes para sempre. Aqui vai ser um pouco diferente, me perdoe. Eu jamais gostei de seguir padrões.

Eu vivo totalmente por fora das febres do momento (acho que agora o negócio são os YouTubers, certo?). Por isso, nem sabia quem era Isabela Freitas até ler em alguns blogs. Bom, ainda não sei direito quem ela é, mas eu estava com créditos sobrando no Google Play e decidi comprar o livro dela em e-book. E não é que gostei?

O livro é uma mistura de ficção com auto-ajuda. Acompanhamos a autora/personagem Isabela, que começa narrando o fim de seu namoro com quem era seu "namorado perfeito". Mas ela percebeu que ele não era tão perfeito assim, muito pelo contrário... Cada capítulo conta um pouco da história de Isabela, além do que ela aprendeu com tudo isso.

É uma leitura leve e fiquei bastante envolvida com o livro! Tudo que a Isabela contava se encaixava perfeitamente em algum momento da minha vida ou de alguma amiga. Me identifiquei em várias situações e fui percebendo como, assim como ela, tive que passar por várias coisas para ser quem eu sou hoje - uma pessoa mais "desapegada" e feliz consigo mesma.


Vejo várias meninas lendo e compartilhando sua leitura desse livro, e eu acho ótimo! Inclusive, gostaria de recomendar a leitura para várias pessoas, que vejo passando pelas mesmas situações descritas no livro. Quem sabe assim possam sofrer menos, desapegar e seguir em frente.

Não Se Apega, Não é uma lição de empoderamento, de acreditar em nós mesmas e encontrar a felicidade dentro de nós. Porque, assim como a Isabela, eu acredito que só iremos encontrar a felicidade em outra pessoa quando estivermos em paz com a gente mesmo.

Nota:


Related Posts with Thumbnails