6 de julho de 2016

Quero ver no Brasil: Truly Madly Guilty

Seis adultos responsáveis. Três crianças bonitas. Um cão pequeno. É apenas um fim de semana normal. O que poderia dar errado?

Sam e Clementine têm uma vida maravilhosa, embora agitada: eles têm duas meninas, Sam acaba de começar um novo trabalho dos sonhos e Clementine, uma violoncelista, está ocupada se preparando para a audição de uma vida. Se há uma coisa que eles podem contar é um com o outro.

Clementine e Erika são as amigos mais antigas uma da outra. Um único olhar entre elas pode transmitir uma conversa inteira. Mas sua relação é complicada, por isso, quando Erika menciona um convite de última hora para um churrasco com seus vizinhos, Tiffany e Vid, Clementine e Sam não hesitam. Ter as personalidades de Tiffany e Vid como companhia é pausa bem-vinda.

Dois meses mais tarde, não para de chover, e Clementine e Sam não podem parar de se perguntar: E se não tivéssemos ido?

Em Truly Madly Guilty, Liane Moriarty fala sobre as fundações de nossas vidas: casamento, sexo, paternidade e amizade. Ela mostra como a culpa pode expor as falhas nas relações aparentemente mais fortes, como o que nós não dizemos pode ser mais poderoso do que o que fazemos, e como às vezes é o mais inocente dos momentos que podem fazer o maior dos danos.

(Sinopse traduzida por mim do Goodreads)

Já tinha ouvido falar em outros livros da autora, Liane Moriarty, mas ainda não cheguei a ler. Pela sinopse, esse livro promete ser tenso! O que será que aconteceu nesse churrasco?

Como já tem livros dela publicados no Brasil, estou torcendo para que o lançamento Truly Madly Guilty seja publicado também.
Related Posts with Thumbnails