7 de agosto de 2016

A Torre Acima do Véu

Tudo acabou quando uma densa e venenosa névoa cobriu nossa superfície. As primeiras ocorrências se concentraram nas áreas mais populosas do globo, mostrando-se devastadoras. Em vinte e quatro horas, metade da população da megacidade Rio-Aires, pertencente ao bloco União Latina, foi dizimada diante do misterioso gás.

Existe distopia brasileira de boa qualidade? Tem sim, e não deve nada para as ficções estrangeiras. Estou falando de A Torre Acima do Véu, da paraense Roberta Spindler.

Que o futuro será dominado pela superpopulação e por cidades enormes, todo mundo já sabe. Mas e se uma névoa misteriosa surgisse, matando quem encontrasse pelo caminho? Os sobreviventes se refugiam em arranha-céus gigantescos, e logo surge um novo comando através da Torre.

Cinquenta anos após o surgimento da névoa, acompanhamos Beca, que trabalha com o resgate de objetos abandonados nos andares inferiores com seu pai e irmão adotivos. Ela é uma saltadora, ágil e inteligente. A vida dela não é fácil, e complica mais ainda quando uma operação dá errado.

Já que estou falando sobre a protagonista... Achei a Beca uma mulher bem forte, que sofreu muito e por isso não leva desaforo pra casa. Gostei bastante dela!


O mundo distópico criado pela Roberta é fascinante. Fiquei imaginando como seria viver apenas dentro de prédios, sem nunca mais colocar os pés no chão propriamente dito (não sei se eu aguentaria!). A narrativa dela é muito bem descrita e tem bastante diálogos, além de ser dinâmica como um filme. Seria bem legal se fizessem um filme desse livro.

A única coisa que me incomodou foi o final. Tinha ainda muita coisa pra resolver, tanta que eu achava que o livro ia ter continuação, mas no final tudo foi resolvido muito rapidamente. Os personagens passaram por tantas coisas complicadas... Para resolver tudo facilmente nos últimos capítulos.

Apesar do final ter decepcionado, eu gostei bastante do resto do livro e achei a história empolgante. Por isso, recomendo!

Outras capas:


Nota:

19 comentários:

  1. Oi, Sora!
    Eu tenho pouco contato com algumas obras brasileiras que recebem bastante elogios. Essa é uma delas. Estou tentando mudar esse hábito.
    Beijos
    Balaio de Babados

    ResponderExcluir
  2. Oie!
    Eu ainda não li esse livro, mas achei a história bem interessante. Pena que o final não foi como esperado :( Mas fiquei interessada rs
    Bjks!

    ResponderExcluir
  3. Gostei da sua resenha.Muito bem escrita.Tão boa que me hipnotizou ahahaha. Nunca tinha visto uma distopia brasileira :)
    Muito obrigada pela indicação.

    beeijão :)
    http://www.carolhermanas.com.br/

    ResponderExcluir
  4. Oi, Sora! Te muitos autores bons e histórias boas por aqui, né?! A gente só precisa conhecer. Que bom que gostou do livro, apesar de não ter curtido tanto o final. Faz tempo que não leio distopia.

    Beijos, Entre Aspas

    ResponderExcluir
  5. Admito que nunca li uma distopia nacional, mas adoro o gênero e esse chamou totalmente a minha atenção. Quero descobrir o que que essa névoa toda causou!

    xx Carol
    http://caverna-literaria.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  6. Oi Sora, tudo bem?
    Adoro personagens fortes, e não conhecia o livro.
    Uma pena o final ter decepcionado, mas eu fiquei bem curiosa para ler o livro, e ver como tudo acontece.
    Beijos <3
    Lost Words

    ResponderExcluir
  7. Oi Sora! Eu gostei de outro livro da autora que li, era de fantasia, mas excelente. Espero que ame também esta distopia.

    Bjos!! Cida
    Moonlight Books

    ResponderExcluir
  8. Oi, Sora!
    AFF! Odeio finais simplistas, apressados e fáceis, e tudo só piora quando todo o desenvolvimento da história destoa disso.
    Eu conhecia o livro, mas nunca havia lido uma opinião sobre ele; a sua foi a primeira e até fiquei curioso, mas nada desesperado. Se eu tiver oportunidade de lê-lo algum dia, farei isso.
    Abraço!

    "Palavras ao vento..."
    www.leandro-de-lira.blogspot.com

    ResponderExcluir
  9. ja li muitos elogios a trama e é ótimo ver a literatura nacional crescendo!
    http://felicidadeemlivros.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  10. Oi Sora,
    É tão ruim quando isso acontece :( Justo o final.
    Ja tinha visto esse livro, mas, nunca tinha parado para ver do que se tratava.
    Amo distopia, então a dica está anotada aqui.
    Bjs e uma ótima noite!
    Diário dos Livros
    Siga o Twitter

    ResponderExcluir
  11. Oii Sora!
    estou percebendo a literatura nacional se evoluindo e isto é maravilhoso! sobre o livro? não conhecido ele, mas que pena que não gostou do final.. e muito obrigado pela dica
    abraços
    http://febredelivro.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  12. Oiiii Sora, tudo bem?
    Eu nem sabia que esse livro era nacional :3
    Adoro uma distopia, então claro que fiquei bem curiosa :)
    E essa capa é linda <3
    Pena que o final tenha sido tão corrido :(
    Beijooooos
    http://profissao-escritor.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  13. Nossa! Ouvir alguém falar de algum livro nacional com uma história dessas dá até orgulho, né não? uehuehe
    Fiquei bem curiosa para ler!

    www.donadegato.com
    Beijos!

    ResponderExcluir
  14. Olá, tudo bem? Gente, adorei essa capa! Não conhecia o livro e nem a autora, mas fiquei doida para embarcar nessa estória, que parece ser ótima.

    Beijos,
    Duas Livreiras

    ResponderExcluir
  15. Oi Sora, tudo bem?
    Adorei a proposta e curto muito distopias.
    Pena que o final decepciona. Sou muito apegada a desfechos!
    Beijos,

    Priscilla
    Infinitas Vidas

    ResponderExcluir
  16. Oiii Sora

    Honestamente pra mim o livro pode ser ótimo, mas se tiver um final apressado e frustrante deixa de valer a pena. A história parece ótima, por ser um livro autoconclusivo me pica a curiosidade, mas esse final frustrante me deixa com o pé atrás

    Beijos

    unbloglitteraire.blogspot.com.ar

    ResponderExcluir
  17. Oi Sora!!!

    Nossa, distopia-brasileira-de boa qualidade, fantástico! Vc sempre trazendo coisas novas! Pena que o final não foi tão bom, mas conferiria pelo recheio do livro!

    Bjs, Mi

    O que tem na nossa estante

    ResponderExcluir
  18. Oie!
    Ainda não tinha ouvido falar desse livro, mas gostei de conhecer mais uma obra nacional. Eu estou tentando inserir mais obras desse tipo nas minhas leituras.
    Que pena que o final não te agradou. Mesmo assim, parece ser uma leitura muito boa de fazer, principalmente pelos muitos diálogos, que deixam o livro mais dinâmico.

    Bjos,
    http://helendutra.com/

    ResponderExcluir
  19. Nossa, eu já estava ficando LOUCA aqui com sua resenha. Gosto de distopias, mas ainda não tinha visto nenhuma brasileira que me chamasse a atenção, até agora. Adorei a ideia, achei criativa e olha que tem sido difícil encontrar originalidade nesse gênero ultimamente, certo? Mas o que me preocupa é o final. Não gosto de finais corridos, realmente me incomoda... De qualquer forma, eu anotarei o nome de livro e ver se dou uma chance. Beijos!!

    (Carol)

    ourbravenewblog.weebly.com

    ResponderExcluir

Olá!
Agradeço muito pelo seu comentário!
Logo irei retribuir sua visita. :)

(Comentários que não estejam relacionados à postagem e contenham apenas propaganda serão excluídos)

Related Posts with Thumbnails