11 de setembro de 2016

Gelo

Continuação de Névoa (leia a resenha aqui).
Atenção! Esta resenha pode conter spoilers do livro anterior da série!

Foi aí que seu coração pulou dentro do peito. Santo Deus. Era isso. Não escutava nada. Nada. Nem mesmo o ranger e o farfalhar das árvores, agora que estavam carregadas de neve. Só o silêncio. Um silêncio profundo e congelado.

Nell e Evan se separaram, mas voltam a se encontrar quando o mundo dos elfos está ruindo... As Harpas que mantém seu mundo pararam de tocar e eles precisam descobrir um modo de salvá-las. Enquanto isso, em meio a paisagens congeladas nos dois mundos, eles enfrentam também os inimigos dos elfos da floresta: os elfos do gelo.

É tão bom encontrar uma "série" com apenas dois livros. Névoa terminou com algumas coisas pendentes, e encontramos um fechamento para a história dos elfos em Gelo.

Nell mais uma vez se mostra uma das melhores protagonistas de young adult que já vi, pois está ainda mais forte e decidida. Ela não poupa esforços para salvar o mundo dos elfos, mesmo que alguns deles não gostem dela - como é o caso dos irmãos Laki e Loki, que vieram do gelo.

Loki para mim foi detestável praticamente o livro inteiro, mas até que gostei de Laki. Ela tem um jeito meio maluquinho, mas esconde seus sentimentos por trás dele. Com certeza ela é muito mais agradável que as amigas de Gwen - que meninada chata, minha gente!


Se no outro livro a avó de Nell me irritou, neste ela se mostra muito mais prestativa e até entende o sofrimento que os elfos estão passando. Claro que ela quer proteger Nell, afinal é sua neta... Mas Nell não quer ser protegida, ela quer salvar o mundo.

Se você gostou de Névoa, Gelo é uma leitura rápida e com bastante aventura. Só recomendo pegar um cobertor e um chocolate quente para acompanhar.

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Farol Literário.
Related Posts with Thumbnails