16 de setembro de 2016

Sintonia de Corações

Devia ser viciada em sexo. Aquela era a única explicação plausível que Margaret D'Angelo encontrou para o hábito ridículo que possuía de se decretar perdidamente apaixonada por um homem que mal conhecia.

Sintonia de Corações começa diferente dos romances usuais. Normalmente, as histórias começam com os protagonistas se conhecendo e depois se apaixonando. Neste livro, a crítica culinária Maggie e o fotógrafo de celebridades Rick Flannery já estão dormindo juntos faz um tempinho, se gostam mas tem medo de seus próprios sentimentos.

Maggie não quer admitir de jeito nenhum que está apaixonada por Rick, por isso, ela foge para Rose Cottage - o chalé da avó em uma cidadezinha. Ele já admitiu seus sentimentos e corre atrás dela, mas também tem medo que coisas de seu passado lhe tragam problemas no seu relacionamento.

Eu gostei bastante do livro anterior da série, O Chalé das Promessas, então estava com expectativas altas em relação a este. Não sei se é a maldição do segundo livro, mas esse não foi tão bom quanto o anterior, e tudo devido aos personagens. Achei o desenvolvimento deles bem fraco. Não é dada explicação alguma de por que Maggie tem medo de se envolver. Para Rick temos um pano de fundo, mas que fica em segundo plano e não interfere muito em suas ações, tanto que Maggie nem fica sabendo do passado dele.


O que mais gostei no livro foi o outro casal, os velhinhos Matthew e Sally. Eles são muito fofos e mostram que é possível continuar apaixonado por muitos anos. Além disso, a torta de maçã de Sally me deixou com água na boca.

Apesar de não ter gostado tanto deste livro, estou ansiosa pelo próximo, que contará a história de Ashley. Lembrando que os livros da série podem ser lidos de forma independente.

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Harlequin.
Related Posts with Thumbnails