31 de março de 2016

Filme do livro: Quatro amigas e um jeans viajante


Se vocês são como eu, também devem sofrer para comprar calça jeans. Ou fica apertado, ou fica largo, ou curto, ou muito longo... Então imagine como seria legal se não só a calça servisse perfeitamente, como se o mesmo acontecesse com suas melhores amigas?

Quatro amigas e um jeans viajante começa com as adolescentes Tibby, Lena, Carmen e Bridget descobrindo essa calça "mágica". As quatro, inseparáveis desde o nascimento, passarão as férias de verão separadas. Porém, prometem enviar a calça umas às outras.

As quatro passam por coisas tão diferentes durante o período em que estão separadas! Mas uma coisa em comum é: precisam lidar com algo que as faz crescer e que não tinham enfrentado até esses seus dezesseis anos. É um filme "sessão de tarde", que faz rir, chorar e pensar.

Além disso, as quatro atrizes protagonistas são conhecidas de quem assistia séries no começo dos anos 2000: Blake Lively (Gossip Girl), Alexis Bledel (Gilmore Girls), America Ferrera (Ugly Betty) e Amber Tamblyn (Joan of Arcadia).

Eu amei esse filme e não sei por que esperei tanto para assisti-lo - é de 2005! Ele é baseado no primeiro livro da série das Irmandade das Calças Viajantes, publicada no Brasil pela Editora Rocco.


Obs: Filme disponível no Netflix :)

Nota:


30 de março de 2016

Quero ver no Brasil: The girl who fell

Zephyr Doyle está focada. Focada em conduzir sua equipe para o campeonato estadual de hóquei e ir para sua escola de sonho, Boston College.

Mas o amor tem uma maneira de mudar as coisas.

Entra o novo garoto da escola: goleiro da equipe de hóquei, Alec. Ele é bonito, charmoso, e o mais importante, Alec não julga Zephyr. Ele entende seus medos e inseguranças - até divide algumas delas. Logo, sua relação se torna algo maior do que Zephyr, algo que ela não pode controlar, algo que ela não quer controlar.

Zephyr jura que deve ser amor. Porque o amor é poderoso, e esmagador, e ...

Aterrorizante?

Mas o amor não deveria fazer você abandonar seus sonhos, ou se distanciar dos seus amigos. E o amor não deveria fazer você se sentir culpada, ou pior, envergonhada.

Então, quando Zephyr finalmente começa a ver Alec por quem ele realmente é, ela sabe que é hora de tomar de volta o controle de sua vida.

Se ela esperar mais, pode ser tarde demais.

(Sinopse traduzida por mim do Goodreads)

Gente!!! Essa sinopse de cara me fez querer esse livro!

Primeiro, que o tal do Alec parece ser igual a 90% dos "mocinhos" de livros New Adult... Ou seja, não é alguém que uma pessoa saudável deveria querer por perto. Segundo, a história do livro parece ser um alerta bem real e importante para muitas meninas por aí. Por isso, quero que The girl who fell (a garota que caiu) seja publicado no Brasil.

29 de março de 2016

Jogos Mentais

"A terra tem seus limites, mas a estupidez humana é infinita." - Gustave Flaubert

Você acha que passa muito tempo conectado à internet? E se passasse todas as 24 horas do seu dia conectado? Você acharia isso normal?

No mundo de Jogos Mentais, isso não só é normal, como é a regra. Até nas escolas as aulas são dadas virtualmente. Mas, com Luna, não é assim. Ela é uma Recusadora: alguém que não quer ficar conectado.

Porém, ao contrário de outros Recusadores, que se apoiam em religiões ou outros motivos pessoais, ela é assim por causa de algo único e secreto. Luna consegue ficar conectada e continuar no mundo real ao mesmo tempo, e sua avó - que todos acham que ficou louca - a instrui a não contar esse segredo a ninguém.

Reli o primeiro capítulo (disponível aqui) antes de começar a escrever a resenha e foi aí que percebi quanta coisa aconteceu nesse livro! A vida de Luna mudou completamente ao longo dele. Ela, que era alguém que não se interessava tanto por tecnologia, de repente se viu sugada por ela.

Ainda não havia lido nenhum livro da autora, que tem o curioso nome Teri Terry, mas posso dizer que ela tem uma imaginação incrível. Certas cenas que se passam no mundo virtual são tão complexas que doía meu cérebro só de tentar imaginar.


Eu realmente estava disposta a dar cinco florzinhas a este livro, mas o final me decepcionou um pouco. Achei que o final foi confuso e acabei não entendendo o que Luna queria com tudo aquilo. Porém, pensando pelo lado bom, o livro tem final, não é trilogia ou série.

Jogos Mentais é um young adult que trata de forma fantasiosa temas bem atuais. Eu gostei bastante e acabei com as unhas, de tão tenso que é. Se você gosta de tecnologia e distopias, leia!

Outras capas - achei a capa brasileira bem mais bonita e mais a ver com a história do livro.


Nota:

Livro cedido para resenha pelo Farol Literário.

27 de março de 2016

Você conhece o Wattpad?


Recentemente comecei a escrever um pouco e também ler no Wattpad. Então achei melhor escrever um post sobre ele, para apresentá-lo para quem não conhece.

O Wattpad é um site no qual qualquer um pode se cadastrar para ler e escrever histórias. O cadastro é grátis e é possível encontrar e postar histórias em qualquer língua. Podem ser contos, livros, poemas, fanfics... Qualquer assunto que você imaginar, com certeza o encontrará por lá.

O site ficou famoso, pois vários autores foram descobertos por editoras após receberem milhares de leituras em seus livros. Creio que a mais famosa é a Anna Todd, autora da série After, com mais de um milhão de seguidores. No Brasil, temos o exemplo da Juliana Parrini, autora de Depois do que aconteceu, que foi publicado depois pela Suma de Letras (tem resenha dele aqui).

Não gosto de ler no computador, o que fazer?

Sim, nem eu, acho muito cansativo. Porém, tem os aplicativos oficiais para iOS, Android e Windows Phone. É através dele que eu estou lendo, no meu celular. É muito prático, pois não preciso carregar mais um livro na bolsa; se eu estou numa fila ou esperando o ônibus, puxo o celular e fico lendo um livro. É impressionante quanto tempo eu gastava com joguinhos tediosos, e agora consigo ler um livro usando esse tempo. O livro Perna de Magia, que resenhei aqui, li todo assim.


Por onde começar?

Faça o cadastro no site www.wattpad.com e procure pelos seus gêneros preferidos. Se você quer publicar sua história, é só clicar em "Criar" e ir seguindo as instruções na tela.

Já vi muita gente reclamando que livro é caro no Brasil, mas não concordo, pois com a internet as possibilidades são inúmeras. O Wattpad é uma mostra de que é possível encontrar autores e histórias excelentes, sem pirataria e sem pagar nada por isso. Mas fica o aviso: é viciante.

Vocês leem livros no Wattpad? Ou já publicaram algum texto lá?

25 de março de 2016

Tag: 10 Perguntas Literárias


Fui indicada pela Karol do blog Elfo Livre para responder esta tag. Muito obrigada, Karol! ^_^
Como o próprio nome já diz, a tag consiste em responder 10 perguntas literárias. Vamos lá?

1. Qual a capa mais bonita da sua estante?

Tem várias! Adoro a capa de A Menina da Neve, que bom que a história foi tão boa quanto a capa.

2. Se pudesse trazer um personagem a realidade, qual seria?

O Doctor de Doctor Who, mais precisamente o interpretado pelo David Tennant!

3. Se pudesse entrevistar um autor (a), qual seria?

Lucinda Riley
, seus livros são incríveis.

4. Um livro que não lerás de novo? Por quê?

Outlander - A Viajante do Tempo. Achei que ia gostar, mas o livro acabou se mostrando muito machista, pulei várias páginas para conseguir terminar.

5. Uma história confusa?

Estrela - Em busca do amor eterno, pois toda hora mudava a narração e eu me perdia.

6. Um casal?

Branna e Fin de Magia do Sangue.

7. Dois vilões (pode ser tanto dois vilões que goste, como dois vilões que não goste).

Voldemort (Harry Potter) e Pennywise (It)

8. Um personagem que matarias (ou tiravas do livro).

Ever da série Os Imortais.

9. Se pudesse viver num livro, qual seria?

Harry Potter!

10. Qual o teu maior livro e o menor? (em termos de páginas)

Maior: It - A Coisa - 1104 páginas
Menor: Chantilly - 148 páginas

Blogs indicados:

Daily of Books
Felicidade em Livros
Histórias Sem Fim
Recolhendo Palavras
Virando Amor

24 de março de 2016

Perna de Magia

O garoto não podia mais articular os pensamentos de forma coerente. Só sabia que deveria sentir medo, porém não conseguia. Aquela perna era de fato imprestável, nunca mais funcionaria de novo. E ainda por cima, com certeza diminuiria seu tempo de vida.

Achei este livro no Wattpad meio por acaso, e comecei a ler por dois motivos: a capa, que me deu a impressão de ser um livro infanto-juvenil tipo Harry Potter, e o título, que me deixou intrigada. O que seria uma Perna de Magia?

Esse é o apelido do protagonista, Toni. Sua doença incurável já lhe causou a perda da perna, que foi recriada com... magia. Ele e sua irmã Ren partem em uma jornada em busca de um gênio, que poderá curá-lo através de um desejo. No caminho encontram Irene, a Dragoa das Águas, e Elias, que também está atrás do gênio.

Antes que me esqueça, a capa me enganou: de infanto-juvenil, esse livro não tem nada. Logo nos primeiros capítulos aparecem palavrões e frases, digamos, "mais fortes". Mas acho que, se fossem reescritas certas frases, poderia sim ser um livro adequado a uma faixa etária menor.

A história se passa num mundo mágico, mas algo bem diferente do que costumo ver em outras obras nacionais, é que os nomes dos personagens são brasileiros. Toni na verdade é um apelido de Antônio, e Ren de Renata. Achei isso muito legal!

A história é incrível e a autora escreve muito bem. Tão bem que tive vontade de socá-la em diversos momentos, pois ela faz o trio sofrer tanto. Sério, Priscila, você é muito má! Mas amei o jeito que ela escreve, cheia de ironia e frases sarcásticas. E não encontrei nenhum erro de ortografia, concordância ou algo do tipo.

Perna de Magia é um sopro de ar fresco na literatura fantástica nacional. É original, curioso e emocionante. Recomendo e logo quero ler mais livros da Priscila Barone.

Nota:

Obs: E-book disponível gratuitamente no Wattpad. :)
Este livro faz parte do Desafio de E-Books Nacionais 2016.

22 de março de 2016

Enquanto Bela Dormia

Ela já se tornou lenda. A moça bonita e voluntariosa que conheci partiu para sempre, sua vida transformada em mito. A princesa que espetou o dedo numa roca e adormeceu por cem anos, para ser acordada apenas pelo beijo do verdadeiro amor.

Quando vi a capa desse livro, logo me apaixonei por ele. Que capa linda! Além disso, eu adoro contos de fadas, então quando soube que era uma releitura de A Bela Adormecida, a vontade de ler só aumentou. Por esses dois motivos, eu esperava uma narrativa mais leve e mágica, mas encontrei algo bem diferente.

A história é narrada por Elise e começa quando ela tinha apenas dez anos. Após ter sua família morta pela varíola, ela parte em busca de uma tia, que pode ajudá-la a conseguir um emprego no castelo. Ela logo sobe de cargo e passa a trabalhar próxima à Rainha Lenore, que não consegue engravidar e gerar um herdeiro.

Lembram que eu esperava uma história leve e mágica? Pois é, esqueçam isso. Enquanto Bela Dormia é um romance histórico, com personagens e cenas tão bem descritas que poderia até ser uma história real. No lugar da monstros, temos problemas reais como a varíolauma das doenças mais devastadoras da história da humanidade (Wikipedia). Eu não fazia ideia de como os sintomas dessa doença eram terríveis e fico muito feliz por ela ter sido erradicada (pais, favor levar seus filhos para vacinar e mantê-la assim).

Elise, nossa protagonista, teve uma infância bem sofrida. Lendo o relato dela, concluí que ela não teve nem tempo de ser criança. Com pouca idade ela já era bem madura, pois precisava ser assim, senão não sobreviveria.


A capa do livro nos pergunta: você acredita em contos de fadas? Eu acho que não precisa acreditar para ler Enquanto Bela Dormia, pois sua história é praticamente um conto de fadas traduzido para a realidade. Foi uma leitura surpreendente e incrível. Recomendo!

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Editora Arqueiro.

21 de março de 2016

Tag: Sisterhood of the World Blogs Award


Fui indicada para responder esta tag pela Leila, do blog Meus Livros e Sonhos. Muito obrigada!

Regras:
Inserir o logotipo da Tag;
Agradecer e mencionar o blog que te indicou;
Responder dez perguntas;
Indicar dez blogueiras e avisá-las;
Criar dez novas perguntas para os indicados.

Respondendo as perguntas da Leila:

1. Qual seu gênero literário favorito?
Distopia. Gosto pois, apesar de ser ficção, sempre me faz pensar em algo que acontece no mundo real.

2. Costuma frequentar bibliotecas públicas?
Hoje não, mais por falta de tempo. Mas eu frequentava na época do colegial e faculdade, pois não sobrava dinheiro para comprar livros.

3. Quando começou a resenhar livros?
Há seis anos, quando criei o blog.

4. Sempre gostou de ler?
Sim! Segundo a minha mãe, quando eu tinha cinco anos pedi para ela me ensinar a ler e escrever, pois via meus pais lendo e queria aprender também.

5. Prefere ler ou escrever?
Gosto dos dois, mas leio muito mais que escrevo. Ler me relaxa, já escrever me deixa tensa.

6. Qual seu livro favorito?
Difícil escolher um só, então fico com um autor: Stephen King.

7. Qual seu filme favorito?
Também não consigo escolher só um! Vou ficar com a série Star Wars.

8. Qual sua série de TV favorita?
Tem várias, mas uma das primeiras que assisti e que me levou para o mundo das séries foi Arquivo X.

9. Qual sua música favorita?
Always, do Bon Jovi.

10. Já trocou livros pelo Skoob?
Não. Eu nem uso mais minha conta no Skoob, há alguns anos o site era bem instável e o troquei pelo Goodreads.

Minhas perguntas:

  1. Qual personagem te marcou?
  2. Uma música que te faz dançar?
  3. Qual foi o último filme que assistiu?
  4. Um filme que te fez dormir?
  5. Onde você gosta de ler?
  6. Qual foi o último livro que leu?
  7. Já chorou lendo um livro?
  8. Se pudesse entrar em um livro, qual seria?
  9. Comida doce ou salgada?
  10. Qual sua cor preferida?


Blogs indicados:



20 de março de 2016

Wishlist: Autoras nacionais

Dentre as CENTENAS de livros da minha wishlist (que segundo o Goodreads já está em 714 livros), com certeza tem vários livros desejados de autores nacionais. Eu separei três autoras que até hoje só conheci através das resenhas e pelo carinho que os leitores tem por elas. São autoras que estão na minha wishlist e um dia ainda irei conhecer seus livros.


Bruna Vieira é blogueira e escritora, e eu acho super legal a interação que os fãs (de todas as idades) tem com ela. Já conheço seu blog mas ainda não li os livros, e tenho muita vontade de ler. Confesso que as capas também ajudam, pois são todas muito fofas.


Outra que ainda quero conhecer é a Carina Rissi, autora da série Perdida. Pelo que vejo no Instagram, ela parece ser super simpática, e sua série tem muitos fãs. Além disso, é sobre viagem no tempo, assunto que eu adoro.

Uma autora que está na minha wishlist faz tempo é a Paula Pimenta e sua série Fazendo meu filme. São livros mais adolescentes, mas me parecem ser tipo "filme de sessão da tarde", daqueles que você termina com um sorriso no rosto.

Vocês já leram algum livro dessas autoras? O que acharam?

Créditos das imagens: [1] Potato Purple, [2] Diário de Pernambuco, [3] Blog Fazendo Meu Filme.

19 de março de 2016

Filme: Questão de Tempo


Ao completar 21 anos, Tim Lake recebe uma notícia curiosa de seu pai: os homens de sua família conseguem viajar no tempo. Sua primeira ideia é usar essa habilidade para ganhar dinheiro, o que é logo desencorajado pelo seu pai. Então ele decide usar seus novos poderes para conseguir uma namorada.

Sua primeira tentativa é Charlotte, amiga de sua irmã, e ele falha miseravelmente. Com o fim das férias de verão, ele vai para Londres trabalhar e é lá que conhece, por acaso, Mary, por quem logo se apaixona.

Questão de Tempo (About Time) tem alguns rostos conhecidos como Domhnall Gleeson (o Bill Weasley de Harry Potter), Rachel McAdams e Bill Nighy. É uma comédia romântica muuuito amorzinho! Dei risada em várias cenas e também chorei em outras. O cenário do filme é maravilhoso, amo cenas do campo na Inglaterra.

Em relação às viagens no tempo, é preciso manter a mente aberta, pois o filme tem vários plotholes nesse sentido. Mas eu não fiquei pensando muito nisso enquanto assistia, pois a mensagem passada pelo filme é muito mais importante que os superpoderes de Tim (que é um fofo, aliás). Para quem gosta de romances, recomendo!

Créditos: Meninices da Vida

Nota:

Obs: Filme disponível no Netflix :)

18 de março de 2016

Blogagem Coletiva: Profundo & Intenso


Caroline Piasecki vê sua vida se transformar em um pesadelo quando o ex-namorado espalha fotos dela nua na internet. Desesperada, ela tenta fazer com que as imagens sumam da rede e, ao mesmo tempo, tem que se defender da multidão de pessoas que a julgam.
Um dia, quando um cara que ela mal conhece sai em sua defesa, tudo muda de repente. 

Essa é a história da duologia formada pelos livros Profundo e Intenso, de Robin York, que está sendo lançada pelo Editora Arqueiro. Porém, poderia ser uma história real. Infelizmente, todos os dias, muitas meninas e mulheres tem sua privacidade invadida. Muitas vezes, o culpado é um ex-namorado ou alguém pra quem elas não deram bola.

O que me deixa mais triste nessa história toda é que é sempre a menina que tem sua vida destruída. Com o cara nunca acontece nada, ele continua vivendo sua vida como se nada tivesse acontecido. Mas as meninas são chamadas de vagabundas (entre outros nomes que não irei escrever aqui), sofrem preconceito na escola, no trabalho... Muitas até acabam mudando de cidade, para tentar recomeçar suas vidas. Porém, com o alcance da internet, isso é muito difícil.

Por isso, meninas, tomem muito cuidado com esse tipo de coisa. Nunca enviem uma foto que vocês não gostariam de ver publicada, nem poste na internet. Infelizmente, o que não falta é gente ruim no mundo.


A blogagem coletiva é um tipo de “postagem coletiva”, onde um blogueiro/grupo estabelece um tema e convida pessoas para postarem sobre o tema que foi escolhido. Geralmente, numa mesma data ou período de tempo. O mais bacana das blogagens coletivas é ver um mesmo assunto sob a visão de várias pessoas diferentes, cada um ao seu jeitinho. (Blog Mulher Vitrola)

17 de março de 2016

Bidu - Caminhos

Assim como o livro Como eu realmente..., que resenhei essa semana, comprei este livro na Bienal de SP em 2014 e desde então estava parado na estante. É outro que não sei por que demorei tanto para ler.

Bidu - Caminhos faz parte da coleção Graphic MSP, que são graphic novels com os personagens da queridíssima Turma da Mônica. Já resenhei um deles aqui, Laços, que é maravilhoso.

Este livro conta a história do Bidu e como ele conheceu o Franjinha. O traço dos autores é lindo!!! Acho que o cachorrinho azul nunca foi mais fofo. Como em qualquer história de cachorros, meu coração ficou apertado em vários momentos - mas fiquem tranquilos que nenhum cachorro morre no final.

Algo que eu achei super original é como foi mostrada a comunicação dos cachorros. Ao contrário das pessoas, que "falam" com palavras, os balões deles são com desenhos.


Bidu - Caminhos é um livro para ler devagar, se deleitando com as ilustrações e a história, e para reler muitas vezes. Quem é fã dos personagens criados pelo Mauricio de Sousa não pode perder.

Nota:

16 de março de 2016

Divulgando: Unraveling the Mystery


Natalie, uma menina de 17 anos descobre que sua família, mais precisamente sua avó, possui alguns segredos. Curiosa por natureza, resolve desvendar tudo aquilo. Com o passar do tempo ela e seu melhor amigo irão tentar resolver todos esses mistérios.

A pergunta que precisa de uma resposta é: Será que eles vão conseguir?


Unraveling the Mystery é o primeiro livro da Caroline Oliveira e está disponível temporariamente no Wattpad. A sinopse é bem misteriosa e me deixou curiosa!

Leiam aqui!

15 de março de 2016

Como eu realmente...


Esse livro já estava guardado há quase dois anos aqui em casa. Vi ele por acaso na Bienal do Livro de São Paulo, em 2014, achei fofíssimo, comprei e deixei parado na estante. E não sei por quê!

Como eu realmente... é um livro ilustrado, com tirinhas, estrelado pela Niazinha - uma garota que assim como nós gosta de séries, livros e de vez em quando sofre com a vida. Também tem personagens ótimos como a gata Srta. Garrinhas, o cachorro Sargento Fofura, Maria Modinha, a mãe e o pai, entre outros.

O livro é muito engraçado e não tem como não se identificar lendo as tirinhas. Como por exemplo na tirinha abaixo, em que a Niazinha claramente estava lendo um livro do Nicholas Sparks, em que todo mundo morre no final.


Tem várias tirinhas disponíveis no site www.comoeurealmente.com. Mas cuidado, elas são viciantes! Você começa a ler e de repente se passaram três horas.

Eu adorei o livro e dei várias risadas. Recomendo e já quero comprar o volume 2!

Nota:

14 de março de 2016

Divulgando: Odalisca

Oi pessoal! A dica de hoje é o lançamento nacional Odalisca, de Yuri Belov.

O autor já havia lançado o livro de forma independente, porém em 2015 ele foi reformulado e publicado pela editora Novo Século, com nova capa e ilustrações.

Conheça a sinopse abaixo.

Roxane era a garota ideal: pertencente a uma rica família, era jovem, linda, meiga e culta.
Tudo isso não passava de uma máscara. Seu lado obscuro a fazia procurar por amores proibidos, paixões violentas e rituais macabros.
Seus amantes, em geral, eram encontrados na internet, onde ela se apresentava com o nick de Odalisca, pois era exímia dançarina do ventre. Sentia-se atraída por homens bem mais velhos que ela. É nessa teia que cai Siegfried, um engenheiro de cargo elevado que trabalha na empresa da família de Roxane. Ele se deixou envolver e sequer imaginou as desastrosas consequências disso.
Recheada de paixão, mistério, ação e intrigas políticas, a trama é tão perturbadora quanto fascinante.

Saiba mais na fan page: https://www.facebook.com/Odalisca-1490436694589455/

13 de março de 2016

Divulgando: Angellore - A Divina Conspiração

Oi pessoal! Já conhecem esse lançamento nacional? Estou falando de Angellore - A Divina Conspiração, da mineira Gabrielle Venâncio Ruas. Saiba mais abaixo!


Olívia Giacomelli é uma agente de polícia especializada em complexos casos de assassinato. Competente, ela sempre conseguira resolver com êxito cada um deles, nunca encerrando um crime sem solucioná-lo. No entanto, uma sequência de mortes misteriosas vinha ocorrendo desde 2007. Perturbada com a falta de pistas, Olívia começa a investigar os incidentes mais a fundo, até que, em um suposto suicídio na UFMG, ela encontra uma pena negra.
Enquanto isso, Sophie, uma jovem universitária, tenta superar a ausência da família, que morrera num trágico acidente de carro no Réveillon de 2008. A polícia nunca foi capaz de explicar o que ocasionou a tragédia nem o estranho desaparecimento do corpo do padrasto. Como se não bastasse, ela passa a ser atormentada por sombras, que, ocultas na escuridão, a perseguem obstinadamente. É quando ela conhece Nicolae: reservado e enigmático, ele parece rondar Sophie e, ao que tudo indica, esconde segredos que envolvem diretamente sua vida.
Numa busca por respostas, os caminhos de Sophie e de Olívia se cruzam, e ambas se deparam com uma realidade aterradora. Elas se veem em meio a uma batalha invisível que desde sempre era travada por seres sobrenaturais: os angellores. Agora, elas estão num terreno obscuro e assustador, e precisarão se arriscar para descobrir a verdade, que mudará suas vidas para sempre.

Apresentação

Belo Horizonte é uma metrópole brasileira cravada entre serras e montes. Durante o dia, a cidade é como qualquer outra: trânsito caótico, habitantes apressados, rotinas comuns. Mas ninguém conhece a Belo Horizonte noturna, onde sombras e monstros se escondem na escuridão, esgueirando-se por entre casas e ruas, perseguindo inocentes e consumindo almas com voracidade alucinante.
Essas criaturas são chamadas khaos, alguns dos seres mais destrutivos e sinistros que vagam pelo nosso mundo. Para combatê-los, são enviados periodicamente à Terra os ceifadores da morte – ou angellores, como foram nomeados por Deus. Eles têm por missão liquidar os khaos e guiar as almas errantes para o seu destino final, seja este céu ou inferno. Não se engane, porém: essa tarefa é mais complexa do que se pode imaginar...

A autora

Gabrielle Venâncio Ruas é mineira, graduada em Letras pela Universidade Federal de Minas Gerais (UFMG) e, atualmente, atua como escritora e revisora de Língua Portuguesa. Cresceu em meio aos livros e, principalmente, acompanhando os animês japoneses na televisão, que ainda hoje inspiram suas estórias. O percurso na escrita se iniciou ainda na infância, quando criava jornadas fantásticas e histórias em quadrinhos; e, desde então, conceber novos universos por meio da escrita tornou-se verdadeiramente uma paixão. Angellore – A Divina Conspiração (Sussurro Noturno) é o precursor de uma série de três livros e seu primeiro romance publicado.



Acompanhe também a fanpage: facebook.com/angelloreadivinaconspiracao

12 de março de 2016

Segredos do Paraíso

Morangos. A matéria principal do noticiário era sobre morangos. Não assassinatos, nem assaltos, nem escândalos políticos.
- Xander - falou para si mesmo com uma risadinha seca -, você não está mais na capital.

Este livro contém duas histórias, que são as partes três e quatro da série Secrets of Eden. Porém, podem ser lidos de foram independente. Esta resenha NÃO contém spoilers dos livros anteriores da série!

A primeira história é Herança de Escândalo e acompanha o congressista Xander Langston, que volta para a pequena cidade de seus pais e acaba reencontrando sua namorada dos tempos de colégio, Rose Pierce.

De cara eu já gostei de Xander, pois ele é totalmente diferente de outros políticos de romance! Ele não é cabeça dura nem machista, mas alguém apaixonado, que nunca esqueceu seu primeiro amor. Também é uma pessoa que se importa bastante com a família. Pessoalmente, não gostei do que Rose fez com ele, pois ela escondeu um segredo por dez anos que faria total diferença na vida dele. Mas gostei de como eles se reconciliaram apesar de tudo.

Charlie aprova este livro. :)

A segunda história é Casamento Secreto, com o irmão de Xander, Heath Langston. Ele é casado em segredo com Julianne Eden, mas nunca consumaram o casamento e acabaram se separando. Os dois voltam para a cidade após o pai de Julianne sofrer um infarto.

Fica claro desde o começo que Julianne e Heath se amam. Apesar das investidas do rapaz, ela não quer admitir seus sentimentos por ele, por causa de algo que aconteceu no passado.

Eu gostei bastante das duas histórias, mas a primeira foi a minha preferida. Fiquei com vontade de ler também o livro anterior, que ainda não li. Para quem gosta de romances cheios de segredos e mistérios, recomendo!

Outras capas (os livros foram publicados separados originalmente):


Nota:

Livro cedido para resenha pela Harlequin.

11 de março de 2016

Divulgando: Oficina de Escritores


Oi pessoal! Hoje estou passando aqui para divulgar o blog Oficina de Escritores, da Katherine Costa.

O projeto se propõe a reunir escritores e leitores para se ajudarem mutuamente através do site. O autor pode enviar seus textos, para que sejam lidos e criticados, enquanto os leitores podem se inscrever para ler os textos enviados e comentá-los.

A proposta do blog é reunir pessoas, escritores, assim como eu que gostaria que outras pessoas opinassem em seus textos, que pudesse nos chamar a atenção para coisas que nos passam despercebidos, mas não somente escritores, como leitores, pessoas que gostariam de fazer a leitura do material e dar sua mais humilde e sincera opinião.
(texto retirado do blog)

Saiba mais: katherine90123.wix.com/oficinadeescritores

10 de março de 2016

A Irmã da Tempestade

Continuação de As Sete Irmãs. Esta resenha NÃO tem spoilers do livro anterior da série!

Sempre vou lembrar exatamente onde me encontrava e o que estava fazendo quando recebi a notícia de que meu pai havia morrido.

Pa Salt, há muitos anos, adotou seis meninas. Após sua morte, ele deixa cartas para que elas busquem suas verdadeiras origens.

No primeiro livro da série, acompanhamos a história de Maia, cuja história a trouxe para o Brasil. Agora, em A Irmã da Tempestade, acompanhamos Ally, uma grande velejadora. As pistas deixadas por seu pai adotivo a levam até a Noruega , onde sua história começa a se entrelaçar com a da cantora Anna Landvik.

Eu amei o livro anterior, mas acho que gostei ainda mais deste! Assim como no outro livro, este também mistura presente e passado, fatos históricos e ficção. O presente é em 2007 e o passado é o final do século 19.

Adorei acompanhar as duas histórias, de Ally e de Anna. Com a escrita envolvente de Lucinda Riley, foi fácil me envolver com elas. Logo eu estava chorando, me emocionando e torcendo por essas duas mulheres com vidas tão diferentes. A Lucinda escreve de um jeito tão incrível que as personagens saltam das páginas e parecem reais - ainda mais porque elas cruzam com pessoas que realmente existiram, como o compositor norueguês Edvard Grieg.


Sendo um livro falando de música, teve vários momentos em que eu queria interromper a leitura para procurar as músicas na internet - mas não conseguia parar de ler, então acabei ouvindo Grieg e Peer Gynt no trabalho e enquanto tomava banho. Acho legal quando um livro tem fatos históricos no meio por causa disso, dá vontade de sair lendo e ouvindo tudo sobre o assunto.

Eu adorei conhecer as histórias de Ally e Anna. Quem não leu o livro anterior não tem problema, pois os livros são independentes (inclusive algumas partes se passam no mesmo tempo). Agora é aguardar o próximo livro, que contará a história de Estrela. Para onde será que Lucinda nos levará dessa vez?

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Editora Arqueiro.

9 de março de 2016

Quero ver no Brasil: Summerlost

É o primeiro verão de verdade desde o acidente devastador que matou o pai e o irmão mais novo de Cedar, Ben. Mas agora Cedar e o que sobrou de sua família estão voltando para a cidade de Iron Creek para o verão. Eles ainda estão se ajustando a sua nova casa quando um garoto chamado Leo, vestido com uma fantasia, passa com sua bicicleta. Intrigado, Cedar segue-o para o famoso festival de teatro Summerlost. Logo, ela não só tem um novo amigo e um emprego no festival, ela encontra-se cercada de mistério. O mistério da trágica e curta vida da atriz de Hollywood que assombra as salas de Summerlost. E o mistério dos estranhos presentes que continuam aparecendo para Cedar.
(Sinopse traduzida por mim do Goodreads)

A capa desse livro já tem cara de verão de infância. Que saudade de ficar andando de bicicleta!

Summerlost marca a estreia de Ally Condie (autora da série Matched) na literatura infanto-juvenil e fala de família e encontrar a força em tempos difíceis. Eu adorei a capa e a sinopse! Como a outra série da autora já foi publicada por aqui, vamos torcer para que este livro também seja.

8 de março de 2016

Lançamentos Harlequin - Março/2016

Lá vem a Harlequin encher nossas estantes de romances!

Vamos conhecer os lançamentos de março? Tem bastante coisa boa: histórico, 2º volume da coleção Casamentos Gregos (que está com uma capa linda!), Diana Palmer...



Tem também vários kits e boxes em promoção nas bancas! Eu recomendo o box da Sherryl Woods, pois já li os livros e amei.


Quais livros vocês querem ler?

7 de março de 2016

Lançamentos Editora Arqueiro - Março/2016

Oi pessoal, vamos conhecer os lançamentos do mês da Arqueiro?

Para começar, tem Um novo amanhã, o primeiro volume da nova série da diva Nora Roberts. É a história dos irmãos Montgomery, donos de uma construtora, que correm contra o tempo para reinaugurar a tradicional pousada da cidade de Boonsboro ao mesmo tempo que descobrem o significado do verdadeiro amor.

O time de Romances de Época vai ganhar uma autora de peso! Chega Nove regras a ignorar antes de se apaixonar, de Sarah MacLean.

Já no quesito "livros fofos e que todos devem ler", Uma história incomum sobre livros e magia é garantia de diversão e muita emoção!

E Outlander agora faz parte do catálogo da Arqueiro, que lança a primeira parte do quarto volume da série.

Profundo e Intenso, de Robin York, serão lançados simultaneamente e falam sobre um tema importante e complicado: vingança pornô.



Quais livros vocês querem ler?
Related Posts with Thumbnails