31 de agosto de 2016

Quero ver no Brasil: Wax

Paraffin, Vermont, é conhecido no mundo inteiro como a casa da fábrica de velas Grosholtz. Mas por trás do espaço ensolarado repleto de aromas irresistíveis, Poppy Palladino, de 17 anos, descobre algo escuro e perturbador: um quarto com dezenas de esculturas de cera assustadoramente vívidas, trabalhadas por uma velha senhora muito estranha. Poppy corre com uma figura para casa, chocando-se quando uma das figuras - um adolescente que não parece saber o que ele é - pula nu e gritando do porta-malas de seu carro. Ela tenta devolvê-lo à fábrica de velas, mas antes que consiga, um incêndio destroi a oficina e a misteriosa velha não está em lugar algum.

Com a ajuda do menino de cera, que responde por Dud, Poppy resolve descobrir quem estava por trás do fogo. Mas, durante sua investigação, ela descobre que as coisas em parafina nem sempre são o que parecem, que a fábrica de velas Grosholtz não é tão pura quanto a sua reputação e que algumas pessoas da cidade que ela conhece por toda a sua vida podem não ser tão humanas quanto eram antes. Na verdade, elas estão começando a parecer um pouco... cerosas. Poderão Poppy e Dud extinguirem o mal que está tomando conta de sua cidade antes que seja tarde demais?

Achei tão legal a sinopse desse livro! De cara me lembrou o filme Casa de Cera, que era bem assustador... Wax não parece ser tão assustador quanto, mas tem uma premissa bem curiosa. Estou torcendo para que seja publicado aqui no Brasil!

30 de agosto de 2016

Como eu era antes de você

Ele se vira e, nesse milésimo de segundo, percebe que a coisa vem em sua direção, que não há como sair da frente. Surpreso, abre a mão e o BlackBerry cai no chão. Ouve um grito que talvez seja seu. A última coisa que vê é uma luva de couro, um rosto dentro de um capacete, o choque nos olhos do homem refletindo o dele próprio. Há uma explosão quando tudo se parte em pedaços.
E então não há nada.

Finalmente comprei e li esse livro tão amado por todos (e odiado por alguns). Comprei e li na mesma semana, pois não ia mais aguentar de ansiedade.

A história muitos já devem conhecer. Louisa Clark perde seu emprego em um café, indo parar na Agência de Empregos. Com o país em crise, ela não tem muitas opções atrativas. A única que salva é trabalhar como cuidadora de um tetraplégico.

Faz dois anos que Will Traynor sofreu o acidente. É bonito, rico, inteligente... E vai precisar aprender a lidar com o jeito meio maluquinho de Lou.

Gostei bastante dos protagonistas deste livro. No começo Lou me irritou um pouco. Eu sentia que ela não gostava de várias coisas em sua vida, como seu namorado e as atitudes da irmã, mas também não impunha suas vontades. Patrick, o namorado dela, me irritava demais!!! Os dois não tinham nada a ver, não conseguia entender por que estavam juntos a tanto tempo. Porém, depois de saber mais sobre o passado dela, consegui entender por que ela sempre ia pela opção segura. Will também não entende isso, e tenta fazer com que ela veja.


Quando terminei esse livro, fiquei um tempão pensando em tudo que ele significava. Muitas pessoas acham o final triste mas, para mim, ele foi libertador. Nem chorei, pelo contrário, fiquei com uma sensação de paz.

Uma das mensagens que o livro traz é: parem de decidir o que vocês acham que é melhor para os outros! Como o próprio Will diz, só uma pessoa na situação dele sabe o que ele estava passando. É muito fácil querer tomar decisões pelos outros quando se está saudável e feliz.

Outra coisa que fiquei pensando, é em como nosso mundo precisa melhorar para ficar mais inclusivo. Precisamos de mais rampas para cadeiras de rodas, de banheiros largos, de sites e programas de computador que ajudem as pessoas. Não é porque a pessoa é cadeirante que não pode se divertir, mas infelizmente ainda vejo poucos lugares nos quais o acesso é possível.

Como eu era antes de você é um livro maravilhoso, com uma narrativa bem escrita e personagens bem construídos. É feito para se ler de mente aberta, pois pode mudar uma vida. No final, fica a pergunta: quem salvou quem?

Obs: o livro tem uma continuação, Depois de você, porém gostei tanto desse livro que tenho medo de me decepcionar...

Outras capas:


Nota:

28 de agosto de 2016

Não Fuja!

Último livro da trilogia Não Pare!.

Resenhas dos livros anteriores:
1. Não Pare!
2. Não Olhe!

Atenção! Esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores da série!

Naquela fração de segundo, perdi a conta de quantas vezes me perguntei se tudo aquilo era real. Já deveria estar habituada aos pesadelos a que fui submetida nos últimos dois meses de minha vida, mas os acontecimentos se atropelavam numa velocidade tão absurda que era praticamente impossível processar tudo que ocorria ao meu redor.

Pois é, estou como a Nina: é difícil de acreditar que tudo aconteceu em apenas dois meses. Nos dois primeiros livros da série, aconteceram tantas coisas, que ficava difícil prever como a trilogia iria terminar.

Se a morte não é o fim, o que virá depois?

Não Fuja! segue o mesmo ritmo cinematográfico dos livros anteriores. Não há um momento tedioso nesse livro, mas eu acabei demorando um pouco para terminar porque ficava imaginando cada cena e cada diálogo na minha cabeça. Ás vezes até parava de ler, ficava imaginando a cena, e depois voltava.


Lá pelo meio do livro achei que a história ia terminar ali, que não tinha mais nada para contar... E pronto, FML Pepper me surpreende de novo com uma reviravolta atrás da outra, me mantendo grudada no livro até o último segundo.

Eu gostei mais desse livro do que dos anteriores, principalmente pelo crescimento da Nina. Se antes ela só era jogada de um lado para o outro, agora ela está mais forte e decidida. Nina deixa de ser um peão nesse rolo todo, para se tornar dona de sua história.

Não Fuja! fecha de forma perfeita a trilogia. Assuntos antes não resolvidos são esclarecidos, e tudo fica muito claro. Já estou com saudades de Nina e Richard, mas acho que eles merecem um descanso. Eu adorei essa trilogia e certamente recomendo.

Outras capas:


Nota:

26 de agosto de 2016

Trecho: O Feiticeiro de Terramar


A ilha de Gont, uma montanha solitária cujo cume está 1,5 quilômetro acima do tempestuoso mar Nordeste, é uma região famosa por seus feiticeiros. Dos povoados nos vales altos e dos portos com suas baías escuras e estreitas, mais de um gontês partiu para servir como feiticeiro ou mago aos Senhores do Arquipélago em suas cidades ou em busca de aventura, para praticar a magia de ilha em ilha, por toda a Terramar. Destes, alguns dizem que o maior feiticeiro e, sem dúvida, o maior viajante foi o homem chamado Gavião, que em sua época se tornou ao mesmo tempo Senhor dos Dragões e arquimago. Sua vida é narrada nas Gestas de Ged e em muitas canções, mas esta é uma história de quando ele ainda não era famoso, antes de as canções serem compostas.

Leia mais...

E assim começa o livro O Feiticeiro de Terramar, de Ursula K. Le Guin, que logo chega ao Brasil pela Editora Arqueiro! Confesso que estou louca para ler esse livro... E vocês?

24 de agosto de 2016

Quero ver no Brasil: The Scourge

Quando uma praga letal varre a terra, Ani Mells fica chocada quando ela é inesperadamente capturada por guardas do governador e forçada a submeter-se a um teste para o flagelo mortal. Ela fica ainda mais surpreso quando os resultados dos testes são positivos, e é enviada para Attic Island, uma antiga prisão transformada em refúgio - e colônia de quarentena - para o doentes. As vítimas do flagelo, Ani agora entre eles, só podem esperar viver vidas dolorosas e curtas nesse lugar. No entanto, Ani rapidamente descobre que ela não sabe toda a verdade sobre o flagelo ou a Colônia. Ela foi pega em um enredo tortuoso, e, com a ajuda de seu melhor amigo, Weevil, Ani quer descobrir o que está realmente acontecendo.

Mas ela e Weevil irão sobreviver o tempo suficiente para fazê-lo?

(Sinopse traduzida por mim do Goodreads)

Adoro livros young adult, e quando eles tem uma capa bonita assim chamam ainda mais a atenção! Também gostei da sinopse do livro, pois adoro distopias e personagens que precisam lutar contra o sistema. Já estou na torcida para que The Scourge (a praga) seja publicado por aqui!

23 de agosto de 2016

Somente Para Você

Uma cerveja? Será que aquele dono de bar metido a Rambo achava que uma cerveja iria consertar a confusão em que a metera? Beth Hansen fechou as mãos em punhos para se impedir de pular o balcão de sacudir aquele homem como um martíni.

Quando Kevin Kowalski acerta o nariz do chefe de Beth em seu bar, já previa que aquela não era uma mulher comum. Surge uma atração entre os dois, porém nada acontece - afinal, ele realmente quebrou o nariz do chefe dela!

Durante a festa de casamento de seu irmão, Kevin e Beth voltam a se encontrar, e acabam dormindo juntos... Mas Beth foge durante a noite. Três semanas depois, ela descobre que está grávida, e vai precisar da ajuda de Kevin se quiser cuidar bem de seu bebê.

Impossível não se apaixonar por Kevin Kowalski! Além de lindo (é óbvio), ele é um fofo. Está sempre preocupado com Beth e o bebê. Em momento algum ele teve dúvidas de que era filho dele. Pelo contrário, ele não surtou com a notícia e se mostrava sempre atento aos dois.

Já Beth... Ah, essa me irritou! No começo achei legal ela ser super independente e não aceitar ajuda de ninguém. Mas ela vai ter um filho dele e ele se mostra ansiosa para ajudar, só que ela não deixa. Está na cara que Kevin não está fazendo as coisas por obrigação, que ele gosta dela de verdade, mas Beth demora séculos para admitir seus sentimentos e deixar ele ajudá-la.


Achei bem mais interessante a história do casal secundário do livro, Paulie e Sam. Paulie trabalha no bar de Kevin e fugiu de seu passado, até que Sam aparece no bar... E ele é ninguém menos do que o noivo que ela largou no altar.

Eu adorei a família Kowalski e tem toda uma série de livros dela (são 9 livros!). Somente Para Você é o segundo livro, porém li sem ler o anterior e não tive problemas. É um romance leve e descontraído. Vale a pena pelo Kevin, que é um amor, bem diferente dos machistas e abusivos que (infelizmente) encontramos na maioria dos romances por aí.

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Harlequin.

21 de agosto de 2016

Sorteio: Perdendo-me + Fingindo


Um ganhador irá receber os livros Perdendo-me e Fingindo, de Cora Carmack, publicados pela Novo Conceito + marcadores diversos.

Leia as regras e se inscreva pelo Rafflecopter abaixo ;)

Regras:

1. Possuir endereço de entrega no Brasil.

2. Inscrever-se até 02/09/2016 23:59:59, de acordo com os passos descritos no Rafflecopter abaixo. Os únicos passos obrigatórios são: cadastrar-se com o nome e e-mail e comentar neste post. Todos os outros são opcionais.

3. O resultado será divulgado nesta mesma postagem em até 5 dias úteis após o término das inscrições. O vencedor será avisado por e-mail e terá 48 horas para responder o contato. O prêmio será enviado pelo blog Meu Jardim de Livros em até 45 dias após a divulgação do resultado. Informaremos o código de rastreio dos Correios e será responsabilidade do ganhador fornecer seu endereço corretamente e assegurar-se de que haja alguém em casa para receber a encomenda. Não nos responsabilizamos por danos, demora ou extravios durante o transporte. Esta atividade é recreativa e a participação é voluntária e gratuita. Ao se inscrever, o participante declara concordar com as regras aqui descritas.

a Rafflecopter giveaway

Sorteio realizado em 03/09/2016


19 de agosto de 2016

O Eterno Namorado

Continuação de Um Novo Amanhã e 2º livro da trilogia A Pousada.
Esta resenha NÃO tem spoilers do livro anterior da série!

Uma lua cheia de inverno brilhava sobre as pedras antigas e os tijolos da pousada que ficava na praça. Sob o luar, as varandas novas e os gradis reluziam, e o cobre do telhado chegava a faiscar. Ali, o velho e o novo - o passado e o presente - se misturavam num casamento sólido e feliz.

A trilogia A Pousada conta em cada livro a história de um dos irmãos Montgomery e de sua pousada Boonsboro. Agora ela está prestes a ser inaugurada e Owen volta a ser atraído por sua primeira namorada, Avery MacTavish, a dona da pizzaria da frente.

O segundo livro não é tão bom quanto o anterior, mas ainda assim é muito bom. Todos os personagens são ótimos, a gente sente vontade de estar lá com eles! E a pousada ficou linda!!! Eu fiquei passeando por ela na minha imaginação, me imaginando dormindo em uma de suas suítes luxuosas. Que vontade de ir para lá de verdade!

Owen é fofo demais, ele sempre teve certeza de que ficaria com Avery, desde os cinco anos de idade. Eu gostei da Avery, mas ela também me irritou em alguns momentos, principalmente quando ele não fazia nada de errado e ela ficava relutante em ficar com ele, sendo que estava na cara que ela sempre gostou dele.

Apesar disso, eu senti falta de um pouco mais de conflito na história. Aconteceu uma briga entre os dois e só, que foi resolvida rapidamente. Talvez seja a maldição do livro nº 2, que acaba servindo como o meio da história e no qual nada se resolve.


Foi bom voltar para a cidade de Boonsboro e rever Beckett, Clare, Ryder e Hope. Estou curiosíssima, também, para saber como a história da nossa querida fantasma, Lizzy, irá se desenrolar. Fico na expectativa para o próximo livro, O Par Perfeito, que deve ser lançado em breve pela Arqueiro.

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Editora Arqueiro.

17 de agosto de 2016

Quero ver no Brasil: Enter Title Here

Reshma é o sonho de um conselheiro da faculdade. Ela está no topo do ranking na ultra-competitiva Silicon Valley High School, com um registro acadêmico impecável e uma longa lista de atividades extracurriculares. Mas há uma abundância de alunos perfeitos no país, e se Reshma quer entrar em Stanford, e na escola de medicina depois disso, ela precisa vencer todos eles.

O que mais ela pode fazer? Unir-se a um agente literário, é claro. Que é exatamente o que Reshma faz depois da agente Linda Montrose ver um artigo que ela escreveu para o Huffington Post. Linda quer representar Reshma, e, com a ajuda de sua nova agente para fechar o contrato de um ivro, Reshma sabe que ela vai finalmente ter a chave para Stanford.

Mas ela está convencida de que ninguém iria querer ler um romance sobre uma máquina de estudo como ela. Para tornar-se um protagonista mais compreensível, ela deve começar a fazer todas as coisas de garota americana normal que normalmente ignora. Para começar, ela tem que fazer um amigo, em seguida, obter um namorado. E ela já está planejando o final perfeito: depois de lutar durante três centenas de páginas com seu próprio perfeccionismo, Reshma vai aprender que relacionamentos significativos podem ser mais importantes do que o sucesso - um personagem que bibliotecários e críticos irão desfrutar.

É claro que, mesmo sendo um gênio como Reshma, as coisas nem sempre saem como planejado. E quando o primeiro lugar da classe começa a escorregar de suas mãos, ela terá que decidir o quão longe ela irá para aquele final satisfatório. (Nota: É muito longe.)

(Sinopse traduzida por mim do Goodreads)

Esse livro me chamou bastante a atenção! Primeira pela capa, apesar de ser simples, não consigo parar de olhar pra ela e ler todas as palavras. Segundo, porque a protagonista é indiana e estudiosa. Estou curiosa para ver como Reshma irá se sair com seu livro. Por isso, quero ver Enter title here (Coloque o título aqui) publicado no Brasil!

16 de agosto de 2016

Escreva e Emagreça

Escrever nos torna conscientes. Uma vez conscientes, fica difícil agir de maneira inconsciente. Depois que percebemos que comer em excesso é um artifício que nos bloqueia, fica mais fácil recorrer às palavras do que recorrer à comida.

Julia Cameron é professora de escrita criativa. Ela percebeu, depois de algum tempo, que vários de seus alunos, além de escrever, também perderam peso. Foi aí que ela decidiu escrever Escreva e Emagreça.

Eu achava que o livro ia mais para o lado da escrita criativa, dar dicas de como escrever, esse tipo de coisa, mas foi muito mais para o lado da dieta e, principalmente, do auto conhecimento. O que eu aprendi com o livro foi que muitas vezes nos alimentamos de forma errada não por que estamos com fome, mas por que não nos conhecemos. O fato de colocar os sentimentos no papel ajuda muito nesse processo.

Escreva e Emagreça tem várias dicas úteis, porém a autora chega a ser repetitiva. A leitura é um pouco cansativa por causa disso, ela vai e volta nos mesmo assuntos. Mas tem várias coisas que são possíveis tirar dali e aprender.


Não é um livro que eu leria novamente, mas foi uma boa leitura pois já me fez repensar alguns hábitos alimentares. Para quem está tentando emagrecer, o auto conhecimento pode ajudar mais.

Outras capas:

Nota:

15 de agosto de 2016

Divulgando: Novos contos de Dulcelino Neto

Oi pessoal! Vamos começar a semana com novidades na literatura nacional?

Ano passado divulguei aqui no blog o conto A Alma Perdida - Muito Além do Oeste, de Dulcelino Neto. O conto foi revisado e o autor lançou mais três contos na Amazon, de temas bem diferentes. Confiram!


Zumbis em uma Nave Espacial (RPG, Aventura e Humor): O Mestre rola os dados e a aventura começa! Em meio um grande embate intergaláctico muita coisa pode acontecer... até mesmo ZUMBIS EM UMA NAVE ESPACIAL! Skoob | Amazon

Leito Hospitalar (Drama): Leito Hospitalar narra a trajetória de Israel, um menino de onze anos de idade que tem que lidar com uma internação repentina. Para uma criança, o cotidiano hospitalar pode ser traumatizante. Skoob | Amazon
 
Rei e o Monstro Gigante (Infantojuvenil): Com apenas oito anos de idade uma menina sente que suas ações podem impedir a destruição da sua terra natal. Rei, a protagonista dessa história, terá que superar uma grande perda para poder desenvolver a coragem necessária para interromper o avanço do Monstro Gigante que assola a costa do Japão. Skoob | Amazon

Sobre o autor:

Dulcelino Neto iniciou sua careira com publicações de contos independentes na Amazon, mas o seu primeiro trabalho impresso foi um One-Shot de história em quadrinhos (O Arquipélago dos Espíritos) publicado na antologia Dracomics Shonen Vol.1; obra editada e distribuída pela editora Draco. O autor vem construindo sua carreira combinando o tempo entre a escrita de ficção e o seu trabalho como redator freelancer.

Blog: dulcelino.blogspot.com.br
Perfil no Skoob: www.skoob.com.br/autor/16606-dulcelino-neto

14 de agosto de 2016

Filme: Floresta Maldita

A irmã gêmea de Sara, Jess, está desaparecida há dias no Japão. A última vez que ela foi vista foi na floresta de Aokigahara, famosa por ser um lugar onde as pessoas vão para se suicidar. Porém, Sara tem certeza de que a irmã não está morta, e parte para o Japão para encontrá-la.

Floresta Maldita conta com dois atores conhecidos dos fãs de séries: Natalie Dormer, de Game of Thrones, e Taylor Kinney, de Chicago Fire. Porém, os dois não foram suficientes para segurar o roteiro fraco deste filme.

Ele começa muito bem, com vários mistérios. A floresta de Aokigahara é real e até me admiro de não ter visto um filme com essa temática antes. Porém, quando o filme se aproxima do final, ele desanda totalmente.

Se o final fosse mais previsível, como parecia ser conforme as coisas vão acontecendo, teria sido um bom final. Mas sabe quando querem inventar demais e acabam estragando? Foi isso que aconteceu. Parece que tentaram fazer algo tão surpreendente, que acabou me deixando com mais raiva do que surpresa. Além disso, nos deixa totalmente sem explicações.


Floresta Maldita pegou um tema que tinha tudo para dar certo, mas não conseguiu terminar de maneira satisfatória. Porém, é um filme que entretém e chega a dar alguns sustos. Recomendo só para quem é fã de filmes de terror psicológico ou dos atores.

Nota:

Obs: Filme disponível no Netflix.

12 de agosto de 2016

Eu fui: fim de semana em São Paulo

Estava morrendo de vontade de viajar em julho, mas não tinha ideia de para onde ir. Aí, navegando pela net, descobri o Teatro Santander em São Paulo, onde estava passando um musical com as músicas do Queen! Eu amo Queen, amo musicais e encontrei aí a oportunidade perfeita pra fugir da rotina um pouquinho. Conversando com meu marido, decidimos passar o final de semana em São Paulo, pois moramos no interior e seria cansativo ir ao teatro e voltar no mesmo dia (além de que detestamos dirigir em São Paulo!).


O Teatro Santander fica ao lado do shopping JK Iguatemi, e analisando o lugar no Google Maps, encontramos o hotel Estanplaza Funchal. Aliás, recomendo o hotel, quarto super confortável e café da manhã delicioso. A localização era perfeita pra gente, pois era só atravessar a rua e já chegaríamos ao shopping.


Mas, primeiro, aproveitamos a tarde de sábado para dar um pulo no Eataly (a uns 10 minutos de caminhada do hotel). Ele é tipo um mercadão gourmet, tem restaurantes e vende várias coisas de comida. É muito bonito, mas tudo muito caro pois a maioria das coisas é importada. Estava lotado! Eu comprei um risoto de funghi; já fiz em casa e achei muito bom.


Bom, depois fomos tomar um café no shopping antes de ir para o teatro. Me senti muito deslocada assim que entrei lá, estava de calça jeans, moletom e tênis (roupas normais pra mim), e logo na entrada me deparei com lojas do tipo Armani, Chanel etc... Mas sou desencanada mesmo, então tomamos um café lá e depois seguimos para o teatro.


A peça que fomos assistir se chama We will rock you, e é incrível! Tem vários vídeos no YouTube, mas nenhum vídeo se compara à emoção de assistir ao vivo. Os atores/cantores e a banda eram muito bons, dava até um arrepio! O teatro é muito bonito também.


No dia seguinte estava sol e, apesar do frio, seguimos nosso plano original que era conhecer o Parque Ibirapuera, pois fazia anos que eu queria conhecer esse parque. Pela primeira vez usei o aplicativo do Uber, achei muito prático e rápido! O parque é maravilhoso, estava limpo, bem cuidado e lotado de pessoas, bicicletas e cachorros. Sério, vocês de São Paulo têm sorte de ter um parque como esse.


Lá também fomos ao planetário, que tem sessões gratuitas! Foi muito legal e pude aprender mais um pouco sobre as estrelas e planetas.


Essa foi minha mini-viagem para São Paulo, foi pouco tempo mas eu adorei!
Vocês já conhecem SP? Tem mais dicas de passeios por lá? Comentem, adoro trocar dicas de passeios ^_^

10 de agosto de 2016

Quero ver no Brasil: Vicarious

Winter Kim e sua irmã, Rose, sempre foram inseparáveis. Juntas, as duas cresceram num orfanato coreano e foram traficadas para os Estados Unidos. 

Agora elas trabalham como dublês digitais para o ex-namorado de Rose, Gideon, engajando-se em atividades perigosas e sedutoras enquanto gravam seus impulsos neurais para as Experiências Sensoriais Vicarious, ou ViSES. Quer se trate de bungee jumping, mergulho com tubarões, ou andar com celebridades nosmais quentes clubes de dança da cidade, Gideon pode fazer isso acontecer para você, por um preço.

Quando Rose desaparece e uma gravação Vise de seu assassinato é entregue a Gideon, Winter não vai descansar até encontrar o assassino de sua irmã. Mas quando as pistas entram em conflito com as gravações neurais feitas por sua irmã, Winter não sabe no que acreditar. Para descobrir o que aconteceu com Rose, ela terá que discernir o que é real do que só parece real, arriscando sua vida no processo.

(Sinopse traduzida por mim do Goodreads)

Adorei a sinopse desse livro! Adoro histórias de ficção científica cheias de tecnologia, e esse livro parece ser um prato cheio. Já estou na torcida para que alguma editora traga Vicarious para o Brasil!

9 de agosto de 2016

Alma de Guerreiro

Carice Faoilin não tinha medo de morrer.
Ela estava doente havia tanto tempo que já não sabia mais como era se sentir uma mulher normal. Não se lembrava do que era acordar sem dor, ou andar ao sol e aproveitar o dia simplesmente.

Irlanda, 1172. Carice foi prometida em casamento com o Grande Rei da Irlanda pelo seu pai. Porém, isso é a última coisa que ela deseja. Ela foge, mas não consegue ir muito longe, pois há anos está muito doente. No caminho, ela acaba encontrando o soldado normando Raine de Garenne, que fica em dúvida entre ajudar Carice e cumprir sua missão.

Casar com alguém que você odeia, ninguém merece! Por isso, foi fácil simpatizar com Carice. Apesar da sua doença - ou por causa dela - a moça é bem forte e decidida. Ela também é bem corajosa, pois deixou o pai para trás, sem medo de causar sua ira.

Raine é apaixonante! É um homem honrado, que faria de tudo para proteger Carice. Isso porque ela lhe lembra suas irmãs, que não pode proteger no passado. Gostei bastante dele.

Os dois viajam juntos pela Irlanda, o que não era fácil no século 12... Foram horas e horas a pé e a cavalo, até eu me senti exausta. Mas a narrativa não é cansativa em momento algum, muitas coisas acontecem no meio do caminho.


Alma de Guerreiro é o segundo da duologia Guerreiros da Irlanda, de Michelle Willingham. O primeiro livro, Sangue de Guerreiro, já foi publicado no Brasil pela Harlequin. Eu não li o primeiro e não senti falta quando estava lendo este, mas fiquei curiosa por causa de dois personagens que são do primeiro livro e aparecem neste.

Quem gosta de romance medieval, deve gostar da história de Carice e Raine. Tem intrigas, injustiças, lutas e, é claro, romance. Recomendo.

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Harlequin.

7 de agosto de 2016

A Torre Acima do Véu

Tudo acabou quando uma densa e venenosa névoa cobriu nossa superfície. As primeiras ocorrências se concentraram nas áreas mais populosas do globo, mostrando-se devastadoras. Em vinte e quatro horas, metade da população da megacidade Rio-Aires, pertencente ao bloco União Latina, foi dizimada diante do misterioso gás.

Existe distopia brasileira de boa qualidade? Tem sim, e não deve nada para as ficções estrangeiras. Estou falando de A Torre Acima do Véu, da paraense Roberta Spindler.

Que o futuro será dominado pela superpopulação e por cidades enormes, todo mundo já sabe. Mas e se uma névoa misteriosa surgisse, matando quem encontrasse pelo caminho? Os sobreviventes se refugiam em arranha-céus gigantescos, e logo surge um novo comando através da Torre.

Cinquenta anos após o surgimento da névoa, acompanhamos Beca, que trabalha com o resgate de objetos abandonados nos andares inferiores com seu pai e irmão adotivos. Ela é uma saltadora, ágil e inteligente. A vida dela não é fácil, e complica mais ainda quando uma operação dá errado.

Já que estou falando sobre a protagonista... Achei a Beca uma mulher bem forte, que sofreu muito e por isso não leva desaforo pra casa. Gostei bastante dela!


O mundo distópico criado pela Roberta é fascinante. Fiquei imaginando como seria viver apenas dentro de prédios, sem nunca mais colocar os pés no chão propriamente dito (não sei se eu aguentaria!). A narrativa dela é muito bem descrita e tem bastante diálogos, além de ser dinâmica como um filme. Seria bem legal se fizessem um filme desse livro.

A única coisa que me incomodou foi o final. Tinha ainda muita coisa pra resolver, tanta que eu achava que o livro ia ter continuação, mas no final tudo foi resolvido muito rapidamente. Os personagens passaram por tantas coisas complicadas... Para resolver tudo facilmente nos últimos capítulos.

Apesar do final ter decepcionado, eu gostei bastante do resto do livro e achei a história empolgante. Por isso, recomendo!

Outras capas:


Nota:

5 de agosto de 2016

Sextante: Lançamentos de Agosto/2016

Oi pessoal! Vamos conhecer os destaques do mês pela Sextante?

* A história secreta da criatividade, de Kevin Ashton, mostra como nascem as ideias que podem mudar o mundo. Liderar com o coração, do técnico da seleção olímpica norte-americana de basquete Mike Krzyewski, é mais um livro da coleção Na Vida Como no Esporte, organizada pelo Bernardinho.


* Deixe a imaginação correr solta e descubra um mundo deslumbrante repleto de flores extraordinárias e plantas tropicais em Selva Mágica, novo livro de Johanna Basford, autora de Jardim Secreto. Por fim, a sabedoria prática de Platão nos ensina a tornar nossos sonhos realidade em Platão para sonhadores, de Allan Percy.


* As crianças certamente irão gostar da divertida série Salsichas galácticas, de Max Brallier.


Quais livros mais chamaram a atenção?

3 de agosto de 2016

Quero ver no Brasil: The Memory Book

Sammie sempre foi uma garota com um plano: graduar-se no topo da sua classe e sair da sua pequena cidade assim que for humanamente possível. Nada vai ficar em seu caminho - nem mesmo uma doença genética rara que os médicos dizem que vai roubar suas memórias e sua saúde vagarosamente. O que ela precisa é de um novo plano.

Assim, nasce o Livro de Memórias: notas de Sammie ao seu próprio futuro, um documento de momentos grandes e pequenos. É onde ela vai gravar todos os detalhes perfeitos de seu primeiro encontro com sua paixão de longa data, Stuart - um jovem escritor brilhante que está em casa para o verão. E onde ela vai admitir o quanto ela sentiu falta de seu melhor amigo de infância, Cooper, e até mesmo tomar parte da culpa na briga que terminou sua amizade.

Através de uma combinação de um diário sincero, lembranças e mensagens de de amigos e familiares, os leitores vão se apaixonar por Sammie, uma menina corajosa e notável, que aprende a viver e amar a vida plenamente, mesmo que não seja a vida que ela tinha planejado.

(Sinopse traduzida por mim do Goodreads)

Que linda a sinopse desse livro! Eu adoro livros em formato de diário, e fiquei bastante curiosa para ler esse. Espero que The Memory Book (o livro de memórias) seja publicado aqui no Brasil!
Related Posts with Thumbnails