31 de outubro de 2016

Feita Para Você

- Você é Sean Kowalski?
- Sim.
- Eu sou Emma Shaw... sua falsa noiva.
- O que disse?

Feita Para Você é o 3º livro da série Kowalski, mas os livros podem ser lidos de forma independente (esta resenha NÃO tem spoilers dos outros livros da série). Eu li o livro anterior, Somente Para Você, e depois dele fiquei curiosa para conhecer os outros Kowalskis, por isso quando vi este lançamento pela Harlequin logo quis ler.

O Kowalski da vez é Sean, que volta para casa após sair do exército e já encontra uma surpresa: Emma, amiga da família, quer que ele finja ser seu noivo para tranquilizar a avó. A moça é bem convincente, ela nem espera a resposta dele para espalhar fotos feitas no Photoshop pela casa. Sean topa em troca de um emprego, que ele está precisando.

O romance é previsível, mas não deixa de ser divertido. Achei demais quando a avó descobre que eles não são noivos de verdade e continua fingindo que não sabe de nada. Também gostei da história dela, que tem sua própria história de amor nesse livro.

Sean e Emma são ótimos juntos e eu só ficava esperando que um deles admitisse logo como gostava do outro. Até os dois não são tão cabeça-dura, pois não demorou tanto para acontecer alguma coisa. E até a avó reparou quando aconteceu!


Eu gostei mais desse livro que do anterior, pois adorei o casal principal e o secundário (estrelado pela vó, mostrando não há idade para se apaixonar). Recomendo para quem procura um romance divertido!

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Harlequin.

29 de outubro de 2016

Minha experiência com a Turista Literário

Descobri, por acaso, pelo Instagram, esse tal de Turista Literário. É mais um clube de assinaturas de coisas surpresas, mas esse parece ser o melhor de todos até agora, pois é de livros do gênero YA - meus preferidos!

Como eu tinha receio de não gostar (e também não queria gastar muito), ao invés de fazer uma assinatura mensal, comprei uma caixa avulsa para experimentar. Demorou bastante para chegar porque funciona assim: você faz a compra em um mês para receber a caixa do mês seguinte. Muitas vezes as assinaturas se esgotam, então é sempre bom garantir sua caixa assim que possível.

A minha caixa chegou dia 1º de setembro e ela era bonitinha assim.


Assim que abri, já percebi o cuidado com que montam as caixas - dava até dó de tirar tudo de lá.


E o que veio na caixa?

Pelo que li no site, sempre vem um guia de viagem que explica o que veio na mala. Além dele, veio o livro do mês, que foi Um tom mais escuro de magia (ainda não li) e coisas relacionadas a ele: marcador, ecobag, dois saquinhos de chá, playlist do Spotify e um vidrinho cheiroso.


Vale a pena?

É óbvio que se você for comprar o livro na livraria, vai ser muito mais barato. Mas a experiência de receber um livro surpresa foi muito divertida. Acho que eu não assinaria todo mês, pois como falei nem li o livro ainda e acabaria acumulando muitos livros, por isso acho legal a possibilidade de comprar a caixa avulsa.

A única coisa que não gostei é que eles não tem um sistema no qual a gente possa logar e ver o andamento da caixa. Isso faz falta pois me inscrevi pelo site, paguei e não recebi nenhuma comunicação. Dois dias depois, entrei em contato por e-mail e recebi a resposta de que estava tudo ok, mas se tem algo que eu detesto é ter que ficar indo atrás de compra online. Essa é a única coisa que me deixa com receio de comprar outra caixa, de resto deu tudo certo e gostei bastante do produto recebido.

Vocês já assinaram a Turista Literário? O que acham desse serviço?

27 de outubro de 2016

5 de 5ª: Livros com doces na capa

Atenção! Post não recomendo para quem está de dieta!

O 5 de 5ª de hoje traz 5 livros com doces na capa. Ou seja - se você for formiguinha como eu, certamente irá comprá-los só pela capa!


Tem resenha de alguns desses livros aqui no blog:



26 de outubro de 2016

Quero ver no Brasil: Replica

Gemma tem estado dentro e fora de hospitais desde que nasceu. 'A criança doente', sua vida solitária tem girado em torno de sua casa, da escola e uma melhor amiga, Alice. Mas quando ela descobre a ligação de seu pai com o secreto centro de pesquisa Haven, que está nas manchetes e cercado por fanáticos religiosos, Gemma decide deixar o santuário que ela sempre conheceu para encontrar o instituto e determinar o que está acontecendo lá e por que o nome de seu pai parece  ligada a ele.

Em meio ao frenesi de fora dos muros do instituto, Lyra - ou o número 24 como ela é conhecida em Haven - e um companheiro experimental conhecido apenas como 72, conseguem escapar. Encontrando um mundo que nunca souberam que existia fora dos muros de seu isolamente, eles se encontram Gemma e, enquanto tentam entender o propósito de Haven juntos, eles descobrem alguns segredos que irão mudar a vida de ambas as garotas para sempre...

(Sinopse traduzida por mim do Goodreads)

O único livro da autora, Lauren Oliver, que já li foi Delírio, que gostei bastante. Em Replica ela volta ao mundo das distopias, e a sinopse me deixou bastante interessada. Estou torcendo para que também seja publicado aqui no Brasil!

24 de outubro de 2016

O Erro

Meu olhar se choca com os olhos azuis mais vivos que já vi. Só preciso de um segundo para reconhecer de quem são. Quando isso acontece, meu rosto fica ainda mais quente.
John Logan.

John Logan é o típico cara desejado por todas da faculdade: bonito, jogador de hóquei e conquistador. Tudo o que ele quer é jogar, beber e ficar. Grace Ivers é o contrário. Ela não curte muito ir a festas, mas acaba indo por influência de sua amiga Ramona. É lá que ela esbarra em Logan pela primeira vez... Mas ele nem repara nela.

Apesar da minha descrição do Logan acima poder dar a impressão que ele é um cara desprezível, acreditem em mim: ele não é. Eu gostei do personagem por ele ser verdadeiro consigo mesmo, ele só quer aproveitar tudo ao máximo por causa de uma sombra que paira em seu futuro. Outra coisa que gostei nele foi que ele não é machista. Ele até comenta que não vê nada demais numa garota fazer o mesmo que ele, ou seja, ficar com alguém por uma noite só para se divertir.

Além disso, Logan consegue ser fofo. Após uma briga, ele e Grace se separam, mas ele não desiste de tentar conquistar a garota. Eu não sei como ela aguenta ficar sem falar com ele por meses, pois o cara reconhece seus erros e é sincero.

Já Grace foi uma personagem que não curti tanto. Achei que ela demorou demais para sair da sombra da amiga, para perceber os sentimentos de Logan e para viver a própria vida. Sei lá, achei ela meio sem sal. Que bom que o Logan compensou esse lado.

Créditos da imagem: Goodreads

No final, apesar do que Ramona fez com Grace, eu fiquei com pena da garota. Acho que ela merecia um livro só dela, contando melhor sua história, pois estava na cara que ela tinha vários problemas sérios de auto estima.

O Erro é o segundo livro da série Amores Improváveis (Off-Campus, no original). Eu não li o primeiro e também não senti falta, então podem ler fora de ordem tranquilamente, mas gostei tanto que quero ler os outros da série. Ah, e um aviso: o livro tem cenas beeem quentes! Pela capa alguém poderia pensar que é um romance colegial, porém é bem adulto.

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela editora Paralela.

22 de outubro de 2016

Black Cat Crossing

I hurried to my Accord, which was parked under the shade of a live oak, and stopped short when I spotted a huge, coal-black cat siting on the car, still as a hood ornament.
(Corri para o meu Accord, que estava estacionado sob a sombra de um carvalho, e parei quando vi gato enorme e preto-carvão sentado no carro, quieto como um enfeite no capô. - tradução minha)

Sabrina Tate deixou seu emprego numa famosa firma de advocacia para seguir a carreira de escritora, na pequena cidade de Lavender, Texas, onde mora com sua tia Rowe. Ela escreve livros de mistério, e se vê no papel principal de um deles quando o primo de sua tia, Bobby Joe Flowers, é encontrado morto e sua tia é a maior suspeita.

É claro que, sendo escritora, a mente de Sabrina voa a mil. Ela tenta provar a inocência da tia, enquanto investiga por conta própria para encontrar o verdadeiro assassino. Além disso, ela tem um livro para terminar. Eu gosto de livros com escritores no papel principal, pois sempre aprendo um pouco como eles trabalham. No caso de Sabrina, muitas ideias acabam vindo da vida real, já que ela mesma virou uma investigadora não oficial.

Não bastasse tudo que está acontecendo, corre na cidade a lenda de que um gato preto está trazendo azar para quem cruzar seu caminho. Como eu odeiooo gente que culpa o bicho pela vida ruim que elas tem! Sabrina, felizmente, é da mesma opinião, e começa até uma pequena campanha a favor dos gatos pretos.

Se um gato preto cruzar seu caminho, faça carinho nele.

Adorei o livro ter trazido esse assunto à tona. Infelizmente ainda existe muita gente preconceituosa e ignorante nesse mundo, e o que é pior: muita gente que maltrata o animal só porque ele é preto. Vocês sabiam que gatos e cachorros pretos são sempre os últimos a serem adotados? Isso me deixa triste demais. Mas fiquem tranquilos que o Hitchcock (nome que Sabrina dá ao gatinho) tem um final feliz.

Eu adorei esse livro e recomendo para quem gosta de suspenses leves e, claro, de gatos!

Nota:

Obs: Livro inédito no Brasil.

21 de outubro de 2016

Divulgando: Dito Pelo Não Dito

Oi pessoal! Hoje estou passando aqui para divulgar um projeto nacional que eu achei bem interessante. Saiba mais sobre ele abaixo!


Um romance fantástico escrito por 12 autores brasileiros e ilustrado com cartas de Tarot

Dito Pelo Não Dito, organizado por Pedro Hutsch Balboni e Rodrigo Ortiz Vinholo, traz um universo onde nem tudo é o que parece.

Pedro e Rodrigo, escritores e amigos de longa data, resolveram se reunir para fazer seu primeiro projeto literário juntos. Mas, ao invés de pensar apenas na história, resolveram pensar também em uma maneira incomum de concretiza-la.

Elaboraram um roteiro detalhado, resultando em um romance de 12 capítulos trazendo todas as informações importantes para o capítulo, como personagens, cenários, acontecimentos, clima, referências e mais. Em vez de escreverem a história inteira, convidaram outros 10 autores para que cada um escrevesse um capítulo com suas próprias palavras. Assim, cada capítulo do livro acaba tendo um estilo diferente, mas todos seguindo a história que já havia sido definida.

“Dito Pelo Não Dito” conta a história de uma jovem chamada Joana que acorda no apartamento de seu namorado em um fim de semana qualquer, mas ele, não. A moça tenta de tudo para despertá-lo, mas nada surte efeito. Quando ela começa a se desesperar, uma criatura aparece no quarto e diz que ela deve descobrir 10 coisas que ainda não conhece sobre o namorado, e que para isso deve falar com 10 pessoas diferentes. Acontece que cada uma dessas pessoas teria um bom motivo para se negar a ajudar. Joana, sem opção, parte em sua jornada.

O projeto literário está em financiamento coletivo no Catarse e lá está tudo bem explicadinho, então recomendo vocês darem uma olhadinha para saber mais. ;)


20 de outubro de 2016

5 de 5ª: Camisetas Literárias

Quem gosta de ler também gosta de mostrar sua paixão pelos livros. Pensando nisso, selecionei 5 camisetas literárias que vi nos sites Camiseteria e Chico Rei. Obs: não estou ganhando nada pela "propaganda", só acho as camisetas deles legais.


Créditos das imagens: 1 - The Deathly Hallows, 2 - Tolkien, 3 - Don't Panic, 4 - Combustível, 5 - Vá ler um livro.

19 de outubro de 2016

Quero ver no Brasil: Everyone We've Been

Addison Sullivan sofreu um acidente. Como resultado, ela tem lapsos de memória e começa a falar com um menino que ninguém mais pode ver. A situação fica tão ruim que ela está preocupada que esteja ficando louca.

Addie toma medidas drásticas para preencher os espaços em branco e visita um centro médico sombrio que promete "ajudar com a sua memória." Mas, na clínica, Addie sem querer descobre que não é a sua primeira visita. E quando ela pressiona, ela descobre que teve certas memórias apagadas. Ela teve um menino apagado.

Mas por quê? Quem era aquele menino, e o que aconteceu que foi tão devastador para viver com isso? E mesmo se ela receber as respostas que ela está procurando, será que vai ser capaz de se sentir como uma pessoa inteira novamente?

(Sinopse traduzida por mim do Goodreads)

Talvez seja por estar assistindo a série Blindspot, que também tem uma protagonista sem memória, mas o fato é que essa sinopse me chamou bastante a atenção. Adoro histórias cheias de mistérios e estou na torcida para que Everyone We've Been (todos que nós fomos) seja publicado por aqui.

17 de outubro de 2016

A Garota do Calendário: Fevereiro

2º livro da série A Garota do Calendário. Leia a resenha do livro anterior aqui.
Atenção! Esta resenha pode conter spoilers do livro anterior da série!

As portas de ferro retorcidas e enferrujadas do antigo elevador fizeram um barulho alto quando o motorista as puxou para fechá-las. Ele não havia dito uma palavra além de “Você é a Mia?”, quando desci a escada rolante do setor de desembarque do Aeroporto Internacional de Seattle-Tacoma. Achei que seria seguro acompanhá-lo, já que ele exibia uma placa com meu nome completo, e tia Millie avisara que eu deveria esperar um homem gigante com aparência de lenhador para me levar ao meu próximo cliente.

Depois de conhecer Malibu e o maravilhoso Wes, Mia parte para Seattle, onde encontra o artista Alec Dubois, que a procurou para ser sua musa.

Eu havia gostado bastante de Janeiro, havia sido uma leitura despretensiosa e rápida, boa para descansar a cabeça. Praticamente em seguida, já comprei o e-book de Fevereiro e li e um dia.


A história segue a mesma ideia do livro anterior, porém, não curti tanto como o outro. Não gostei do Alec tanto quanto do Wes. Talvez porque o Wes ainda estivesse em meu coração, mas achei o Alec meio irritante. Outra que me irritou foi a Mia, que ficou brava quando recebeu o pagamento por ter dormido com Wes. As regras estavam claras desde o começo e essa atitude mostrou uma imaturidade dela que eu não esperava.

A Garota do Calendário: Fevereiro é mais uma leitura rápida, boa para passar o tempo. Vamos ver como será o trabalho de Mia no próximo mês...

Outras capas - achei a capa brasileira bem mais elegante. Essa primeira, dos Estados Unidos, não parece catálogo da Victoria's Secret?


Nota:

16 de outubro de 2016

Divulgando: Reféns

Bom dia, pessoal! Vamos conhecer mais um lançamento nacional? O livro da vez é Reféns, de Rafael Neves, e está a venda na Amazon - saiba mais aqui.

Jonas está arrasado. Seu único desejo é deixar o Afeganistão para trás e voltar ao Brasil. Porém um grupo de talibãs o sequestra junto com outros quatro estrangeiros - uma escritora, uma enfermeira, um cientista político e um ex-militar - e eles são levados para um antigo bunker soviético nas montanhas. 

Não há alternativa: é fugir ou morrer. 

Mas será que existe um propósito sobrenatural para estarem ali? 

Guerra. Amor. Vingança. Honra. Redenção. Fé. Com uma narrativa empolgante, Reféns prende o leitor com muita ação e suspense ao mesmo que aborda temas universais da existência humana e mistura passado e presente para revelar os mistérios dos cinco personagens que lutam contra o tempo para salvar suas vidas.


15 de outubro de 2016

Obsidiana

Olhei para a pilha de caixas no meu quarto novo e desejei que a internet já tivesse sido instalada. Não poder acessar meu blog literário desde a mudança era como ficar seu um braço ou uma perna. De acordo com a minha mãe, "Katy's Krazy Obsession" era tudo na minha vida. Nem tanto, embora fosse mesmo muito importante. Ela jamais entendera minha paixão pelos livros.

Acho que muita gente, assim como eu, já estabeleceu uma conexão com a personagem principal só de ler o primeiro parágrafo acima, né. Katy, nossa protagonista, tem um blog literário! Eu gostei dela logo no início por causa disso.

Katy, de 17 anos, se muda para outra cidade com a mãe. Logo ela conhece seus vizinhos, Dee e Damon. E aqui vai um "spoiler" entre aspas, porque essa informação já está na capa do livro: eles são alienígenas! Mas claro que são alienígenas lindos e maravilhosos...

Dee é uma fofa, ela é super divertida e logo vira a melhor amiga de Katy (e vice-versa). Já Damon... como esse cara me irritou!!! Sério, não aguento mais ver mocinhas se apaixonando perdidamente por caras que as tratam mal. Acho isso bizarro demais, e também fico com medo que meninas mais novas leiam esse tipo de coisa e achem que isso é normal. Não é, gente!

Tirando isso, achei a história de Obsidiana muito legal. A narrativa é bem dinâmica e tem bastante diálogos, e as páginas passaram rapidamente.


Este é o primeiro livro da saga Lux. O segundo, Ônix, já foi publicado no Brasil pela editora Valentina. Eu achei este livro divertido, mas não senti "aquela" vontade de continuar a saga. Vamos ver.

Outras capas:


Nota:

13 de outubro de 2016

5 de 5ª: Livros que marcaram a infância

Ontem foi Dia das Crianças, então o 5 de 5ª de hoje traz 5 livros que marcaram minha infância! Será que marcaram a sua também?

O Menino Maluquinho
Ziraldo

Na obra infantil, verso e desenho contam a história de um menino traquinas que aprontava muita confusão. Alegria da casa, liderava a garotada, era sabido e um amigão. Fazia versinhos, canções, inventava brincadeiras.Tirava dez em todas as matérias, mas era zero em comportamento. Menino maluquinho, diziam. Mas na verdade ele era um menino feliz.

A Bolsa Amarela
Lygia Bojunga

É o romance de uma menina que entra em conflito consigo mesma e com a família ao reprimir três grandes vontades (que ela esconde numa bolsa amarela)- a vontade de crescer, a de ser garoto e a de se tornar escritora. A partir dessa revelação- por si mesma uma contestação à estrutura familiar tradicional em cujo meio "criança não tem vontade"- essa menina sensível e imaginativa nos conta o seu dia-a-dia, juntando o mundo real da família ao mundo criado por sua imaginação fértil e povoado de amigos secretos e fantasias. Ao mesmo tempo que se sucedem episódios reais e fantásticos, uma aventura espiritual se processa, e a menina segue rumo à sua afirmação como pessoa.

O Meu Pé de Laranja Lima
José Mauro de Vasconcelos

Na obra juvenil mais conhecida de José Mauro, a pobreza, a solidão e o desajuste social vistos pelos olhos ingênuos de uma criança de seis anos. Nascido em uma família pobre e numerosa, Zezé é um menino especial, que envolve o leitor ao revelar seus sonhos e desejos, por meio de conversas com o seu pé de laranja lima, encontrando na fantasia a alegria de viver.

O Pequeno Príncipe
Antoine de Saint-Exupéry

Um piloto cai com seu avião no deserto e ali encontra uma criança loura e frágil. Ela diz ter vindo de um pequeno planeta distante. E ali, na convivência com o piloto perdido, os dois repensam os seus valores e encontram o sentido da vida. Com essa história mágica, sensível, comovente, às vezes triste, e só aparentemente infantil, o escritor francês Antoine de Saint-Exupéry criou há 70 anos um dos maiores clássicos da literatura universal. Não há adulto que não se comova ao se lembrar de quando o leu quando criança.

Caçadas de Pedrinho
Monteiro Lobato

Nessa história, Pedrinho e uma expedição formada por Narizinho, Emília, Rabicó e Visconde de Sabugosa vão à caça de uma onça-pintada escondida na mata fechada do capoeirão de taquaraçus perto do Sítio do Picapau Amarelo. Com muita valentia e um pouco de medo, a turma arma a maior confusão entre os animais silvestres e se aventura numa caçada cheia de surpresas.

12 de outubro de 2016

Quero ver no Brasil: Fractured

Julie Prentice e sua família se mudam para o outro lado do país, para o idílico distrito de Mount Adams, Cincinnati, na esperança de escapar do perseguidor que a está aterrorizando desde a publicação de seu romance best-seller, O jogo do assassinato. Já que Julie não conhece ninguém em sua nova cidade, quando ela conhece seu vizinho John Dunbar, sua conexão instantânea traz a esperança de um novo começo. Mas ela nunca imagina que uma simples conversa com ele poderia tirar sua vida de curso.

Após uma série de mal-entendidos, Julie e sua família se tornam o alvo de assédio cada vez mais inquietante. Será que o perseguidor de Julie a encontrou, ou seus vizinhos também querem pegá-la? Quando a tensão no bairro aumenta, novos amigos transformam-se em inimigos, e os resultados são mortais.

(Sinopse traduzida por mim do Goodreads)

Ainda não conhecia essa autora, mas essa capa tão nada a ver me fez clicar para ler a sinopse. E curti! Adoro histórias de suspense e essa parece ser daquelas que a gente fica roendo as unhas durante o livro inteiro. Por isso, quero ver Fractured no Brasil!

11 de outubro de 2016

Tudo ou Nada

Queria poder ficar assim, em plena quarta-feira, pegando sol e bebendo água de coco gelada com esse mar cristalino à minha frente! (...) Mas não, estou a caminho de uma entrevista de emprego.

Um tem o mundo a seus pés. O outro luta para sustentar a família.

Henrique Soares é um milionário jogador de futebol, famoso também por suas conquistas fora de campo. Catarina vive no mundo oposto, indo atrás de um emprego para sustentar a si e a filha, Ana. Ela encontra uma oportunidade para ser uma paparazzi, e precisa entrar numa festa escondida e tirar fotos de Henrique.

Eu havia gostado bastante dos outros livros da Juliana Parrini que li (Depois do que aconteceu e Antes que aconteça), por isso não via a hora de ler mais dessa autora. Tudo ou Nada tem uma história bem clichê, porém, o jeito que a Juliana escreve não me deixava parar de ler o livro. A narrativa é bem dinâmica e viciante.

No começo fiquei com um pé atrás em relação ao Henrique, mas quando vi que ele tinha um bom coração, fiquei torcendo para que os dois ficassem juntos. Já a Catarina me irritou um pouco, ficava insistindo que os dois eram muito diferentes para ficarem juntos, sendo que estava louca por ele.

Tudo ou Nada é um romance recheado de cenas quentes. Bem previsível, mas também ótimo para descansar e passar o tempo.

Nota:

9 de outubro de 2016

Sextante: Lançamentos de Outubro/2016

Bom dia, pessoal! Vamos aproveitar o fim de semana para ficar por dentro das novidades da Sextante?

* O homem mais inteligente da história é fruto de 15 anos de estudos e pesquisas. Considerado por Augusto Cury a obra mais importante de sua carreira, este é o primeiro volume de uma coleção que vai abalar nossas convicções e transformar nossa visão do personagem que julgávamos conhecer tão bem.

* Por meio de diversos casos, Todo mundo tem um anjo da guarda tira as principais dúvidas sobre o tema e oferece um conhecimento fundamental para quem almeja uma vida espiritual mais profunda.

* Repleto de fotos, ilustrações, entrevistas, curiosidades e histórias de bastidor, The Beatles é a celebração definitiva do mais importante catálogo musical do século XX.

* O Livro da Vida foi criado para quem nunca leu a Bíblia, para os que estão numa busca espiritual, para quem gostaria de reler as Escrituras de uma nova maneira ou para os que têm apenas um interesse intelectual nesta obra milenar.

* Em O poder da presença, a autora revela que a transformação da mente parte de uma simples mudança de comportamento e nos ensina técnicas para superar o medo em momentos de alta pressão e melhorar nosso desempenho.



8 de outubro de 2016

Arqueiro: Lançamentos de Outubro/2016

Oi pessoal! Vamos conhecer os lançamentos do mês da editora Arqueiro?

* O Código Da Vinci, livro que consagrou Dan Brown como um dos autores mais brilhantes da atualidade, ganha uma nova versão, especialmente preparada para o público jovem, com fotos coloridas que enriquecem ainda mais o livro.

* Ligeiramente Pecaminosos é o quinto livro da série Os Bedwyns, com um romance repleto de humor e personagens carismáticos que o leitor não conseguirá abandonar ao fim da história.

* Publicado em mais de dez países, Depois daquela montanha chegará aos cinemas em 2017, com Kate Winslet e Idris Elba nos papeis principais.

* A sombra do passado é a sequência de A transformação de Raven, levando o leitor para um universo de fantasia e romance habitado por criaturas centenárias e poderosas.

* O primeiro dia do resto de nossa vida é o romance de estreia da autora, cujos direitos foram vendidos para 22 idiomas. Indicado para leitores de Um dia e Jojo Moyes.



6 de outubro de 2016

5 de 5ª: Canecas Disney

Oi pessoal! Estou tentando começar uma nova coluna aqui no blog: 5 de 5ª! Toda quinta-feira irei trazer cinco coisas dentro de um tema para vocês. E o tema de hoje é... canecas com temas de princesas da Disney! *-*

Quem aí consegue adivinhar a princesa de cada caneca?


Créditos das imagens: Pinterest

5 de outubro de 2016

Quero ver no Brasil: Crosstalk

Em um futuro não muito distante, um procedimento ambulatorial simples de aumentar a empatia entre parceiros românticos tornou-se uma febre. E Briddey Flannigan fica muito feliz quando seu namorado, Trent, sugere que se submetam à operação antes do casamento, para desfrutarem de uma melhor conexão emocional e uma perfeita relação com a comunicação e compreensão completas. Mas as coisas não funcionam como planejado, e Briddey encontra-se ligada a alguém completamente diferente de uma maneira muito além do que ela imaginou.

É quase mais do que ela pode suportar, especialmente quando o estresse de gerenciar sua família super comunicativa já está sobrecarregando seu cérebro. Mas isso é apenas o começo. Quando as coisas vão de mal a pior, ela começa a ver o lado obscuro de ter muita informação, e percebe que o amor e a comunicação são muito mais complicados do que ela jamais pensou.

(Sinopse traduzida por mim do Goodreads)

Eu achei a sinopse desse livro um pouco parecida com Delírio, que tinha uma história de pares pré-determinados... Mas, como eu adoro distopias, fiquei curiosa para saber como essa história irá se desenrolar. Já estou na torcida para que Crosstalk seja publicado por aqui!

3 de outubro de 2016

A Garota do Calendário: Janeiro

Amor verdadeiro não existe. Passei anos imaginando que existisse. Na verdade, achei que tivesse encontrado. Quatro vezes, para ser mais exata.

Quando vi essa série pela primeira vez, não tive muita vontade de ler. Primeiro, porque é romance erótico, gênero que dificilmente me agrada. Segundo, porque a série tem 12 livros e tenho muita preguiça com séries longas, costumo desistir no meio do caminho.

Porém, adorei a resenha da Michele, do blog O que tem na nossa estante, do 2º livro da série (leia aqui). Achei muito legal como ela falou sobre feminismo e preconceitos na resenha, e isso me convenceu a comprar o primeiro livro. E olha, não me arrependi.

Após seu pai perder todo seu dinheiro - e quase perder a vida - no jogo, Mia Saunders precisa de dinheiro. Muito dinheiro. Ela recorre a sua tia Millie, que tem uma agência de acompanhantes de luxo. Vamos parar aqui por um segundo: imagina que louco se sua tia tivesse uma agência de acompanhantes?!

Bom, tia Millie faz a seguinte proposta: a cada mês, Mia vai passar seus dias com um homem diferente. O sexo não faz parte do acordo nem é estimulado, mas se acontecer... Bem, ela ganha uma grana mais.

Claro que se o homem em questão for um deus grego, isso facilita muito! E é isso que ela encontra em Wes, um roteirista/surfista de Malibu. Não bastasse ele ser lindo, Wes também é um amor!


O livro é bem curtinho, eu li em duas noites, e acho que eu gostei tanto dele por causa do casal protagonista, que é bem diferente do que costumamos ver em romances desse tipo. Mia é super decidida e bem resolvida em relação ao sexo, tanto que ela entra sem dúvida alguma no negócio da tia. E Wes não aquele macho alfa comum, ele é sedutor mas também sabe ser fofo.

Quando terminei o livro, já queria comprar logo o próximo. Deixe seus preconceitos de lado e embarque com Mia para Malibu!

Outras capas:


Nota:

2 de outubro de 2016

Resumo do Mês: Setembro/2016

Oi pessoal! Se agosto passou rápido, setembro se foi voando. A primeira metade até que não tanto, mas depois tirei férias, e esses dias passaram rápido demais. Até peço desculpas a vocês pois estive longe das redes sociais. Tinha deixado alguns posts programados no blog, mas sumi do Instagram e Twitter. Pelo menos uma vez por ano preciso dar essa pausa... Vocês são assim também?

Bom, vamos ver o que rolou em setembro?

* Leituras: como os livros de parceria demoraram para chegar, acabei aproveitando para tirar outros livros da fila. O único de parceria lido foi A irmã da sombra, os outros físicos eu já tinha mas ainda não tinha lido. Tudo ou nada foi um que comecei a ler no Wattpad mas acabei comprado o e-book para terminar de uma vez. Os e-books de A garota do calendário eu comprei na Amazon, foram leituras bem rápidas.


* Recebidos: Recebi minha caixa avulsa do Turista Literário, gostei e estou devendo a vocês um post contando da experiência. Também recebi a caixa de snacks Veggie Box, que eu assino, marcadores lindos da querida Gih, autora e blogueira (visitem o blog dela, Profissão Escritor). No final do mês chegaram também os livros de parceria.


* Resenhas do mês:

O único livro 5 estrelas em setembro foi A irmã da sombra. E vocês, o que leram de bom? Contem as novidades!
Related Posts with Thumbnails