24 de fevereiro de 2017

O perfume da folha de chá

Ela olhou ao redor e sentiu mais uma vez um desconforto do qual não conseguira se livrar desde que saíra da Inglaterra. Não existe lugar mais distante de Gloucestershire que o Ceilão, dissera seu pai.


1925. A jovem Gwendolyn Hooper deixa o conforto da Inglaterra para ir morar com seu marido, Laurence, no Ceilão (atual Sri Lanka), onde ele tem uma fazenda produtora de chá.

No começo tudo é diferente e exótico... Mas logo Gwen começa a perceber que existem diversos segredos na fazenda - muitos relacionados ao seu marido, que já foi casado antes.

Não vou falar mais nada da históra desse livro! São vários segredos que a gente vai descobrindo junto com Gwen, e não quero entregar nenhum spoiler.

O que eu posso dizer é que eu devorei esse livro. Li com meus marcadores de post-it em mãos, para marcar as frases que mais gosto, porém não consegui parar a leitura para isso. Fiquei com a cara grudada no livro e não via a hora de chegar ao fim para que os segredos viessem à tona.

Imagem original: Portal de Saúde

Mas li, também, com o coração apertado. No final, chorei muito. Fiquei pensando em todas as vidas desperdiçadas por conta de segredos de família, nos trabalhadores paassando fome... O jeito que a autora, Dinah Jefferies, escreve, faz tudo parecer muito real - apesar dos personagens fictícios, muitos acontecimentos ali são reais.

Eu amei O perfume da folha de chá. É um livro que quero guardar, para um dia ler novamente. O estilo é parecido com os livros da Lucinda Riley (de quem também sou fã), então quem gosta dessa autora pode ler sem receios.

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela editora Paralela.
Related Posts with Thumbnails