23 de março de 2017

Teardrop - Lágrima

Ele sabia tudo sobre ela. Iria gabaritar todas as questões em uma prova sobre suas complexidades. Ele a observava desde o 29 de fevereiro em que ela nasceu. Todos os Semeadores a vigiavam. Ele a observava desde antes de ele ou ela saberem falar. Eles nunca se falaram.
Ela era a vida dele.
Ele tinha de matá-la.

Eureka vive com culpa, por ter sobrevivido ao acidente de carro que matou sua mãe. Ela vai morar com o pai, a madrasta e seus dois meio-irmãos e se sente muito deslocada. Seus únicos refúgios são seus amigos, Brooks e Cat, e as memórias de sua mãe.

Até que surge um novo garoto em cena. Seu nome é Ander, e ele é muito misterioso. Além disso, Eureka recebe relíquias estranhas pelo testamento de sua mãe. Ela não sabe para que servem, mas, junto com Ander, podem ajudá-la a desvendar sua própria história.

Eu já tinha lido a série Fallen, da mesma autora - faltando o último livro, que fiquei com preguiça porque não gostei do modo como a história (des)andou. Apesar disso, continuei gostando do modo como Lauren Kate escreve, por isso comprei Teardrop.


A história é bem parecida: garota deprê + triângulo amoroso + sobrenatural. Porém, gostei bastante da parte de mitologia e mistérios do livro. Nessa parte, é bem diferente de Fallen, e foi por causa dela que gostei da história.

O livro tem uma continuação - é uma duologia -, lançada no Brasil como Dilúvio. Não entendi por que não mantiveram o nome original, como no primeiro livro, mas quero ler.

Outras capas:


Nota:

Related Posts with Thumbnails