14 de maio de 2017

Um Amor Inesperado

7º livro da série Família Kowalski. Esta resenha NÃO contém spoilers dos livros anteriores da série. Além disso, eles podem ser lidos separadamente.

Resenhas dos livros anteriores:
2. Somente para você
3. Feita para você
5. Tudo o que ele deseja
6. Todos os sonhos dele

A lata-velha, com mais de 30 anos, de Liz Kowalski, carregada com todos os seus pertences, passou pela placa de "Bem-vindos a Whitford, Maine", com os pneus carecas aquaplanando em direção a uma vala.

Eu estava ansiosa para ler a história de Liz, a única mulher entre os Kowalski. Mas, infelizmente, acabei me decepcionando.

Depois de morar fora, ela volta para sua cidade natal e reencontra o policial Drew Miller, que a socorre quando seu carro - vulgo "lata-velha" - para de funcionar no meio da estrada. Os dois já tiveram um caso rápido durante o casamento de um dos irmãos, mas Drew tem medo do que seu melhor amigo - Mitch, irmão de Liz - vai achar.

Eu tinha grandes expectativas em relação a Liz, já que ela era aquela que foi morar longe da família e portanto era a mais independente. Porém, o drama entre ela e Drew é muito chato! Ela não quer ter filhos agora, ele quer ter filhos, e os dois (ele principalmente) fazem tanto drama em cima disso que ficou cansativo. Achei que o livro teria alguma novidade nesse sentido, mas havia uma obrigação de casar e ter filhos que me irritou.

A parte que mais gostei (e talvez a única) foi quando a família inteira resolveu passar uns dias em um acampamento. Essa parte foi bem divertida e deu pra dar várias risadas. Deu até uma vontadinha de acampar!

Um Amor Inesperado definitivamente não está entre meus preferidos da família Kowalski. Vamos ver o que acontece nos próximos três livros da série (são dez no total e estou torcendo para a Harlequin publicar todos).

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Harlequin.
Related Posts with Thumbnails