26 de junho de 2017

Dito Pelo Não Dito

Anaoj sumiu na penumbra, da mesma forma que apareceu. (...) Olhou para Mauro, estirado na cama, esperando sua ajuda. Beijou-lhe a testa e partiu, iniciando uma estranha jornada para salvá-lo de sabe-se lá o que, entendendo menos ainda o como.

Em outubro/2016, eu divulguei aqui no blog um projeto literário que estava em financiamento coletivo. Além de divulgar, eu ajudei pelo Catarse, e este ano o livro chegou em casa.

Dito Pelo Não Dito conta a jornada de Joana, em busca de 10 pessoas que podem ajudar o seu namorado Mauro, que repentinamente entrou em coma profundo. A história mistura suspense e fantasia e é repleta de ilustrações.

O maior diferencial do livro é que ele foi escrito por 10 autores diferentes, que seguiram um roteiro pré-estabelecido pelos organizadores, Pedro Hutsh Balboni e Rodrigo Ortiz Vinholo. No final do livro eles explicam como foi o processo e mostram o roteiro que foi enviado aos escritores.

A ideia é muito legal e a história me interessou, pois eu queria saber por que o Mauro estava em coma e como a Joana iria ajudá-lo. Porém, talvez justamente por ter sido escrita por várias pessoas diferentes, achei-a cansativa. No começo de cada capítulo falava um pouco do que tinha acontecido no anterior, mas eu tinha acabado de ler o capítulo anterior, então estava tudo fresco na cabeça e acabava ficando repetitivo.


O final do livro também foi meio confuso, não entendi muito bem o que aconteceu e nem se Mauro foi salvo (o motivo da história existir!). Entretanto, o final também é aberto, com cara de que vai ter continuação. Eu espero mesmo que tenha, pois o mundo fantástico descrito no livro é bem interessante e gostaria de ler mais sobre ele.

Nota:

Related Posts with Thumbnails