14 de agosto de 2017

American Horror Story: Freak Show


Freak Show é o título da quarta temporada da série American Horror Story. Cada temporada conta uma história independente de terror. Confira as resenhas das temporadas anteriores:

1. Murder House
2. Asylum
3. Coven

Como o próprio título diz, esta temporada conta a história de um circo de horrores, em 1952, na Florida. Nessa época, esse tipo de circo era famoso por mostrar pessoas com deformidades e outros problemas genéticos.

Apesar de considerarmos isso hoje como totalmente incorreto, na época as pessoas tinham muito preconceito com esses seres (humanos). Isso é mostrado na série e foi o que achei mais triste. Também foi a temporada que mais gostei até agora, pois mostrava um sentimento de família e amizade muito forte entre os freaks.

Sempre digo que a melhor parte dessa série são os atores e atrizes, que acho sensacionais. Nesta temporada, temos as participações especiais de Michael Chiklis, como o homem mais forte do mundo, e Neil Patrick Harris como um mágico e ventríloquo fracassado. Mas o melhor ator, na minha opinião, foi Finn Wittrock. Ele me fez odiar com todas as forças o personagem que interpreta, Dandy, um cara mimado com tendências assassinas.

Freak Show conta também com alguns freaks de verdade - sim, nem todos são maquiagem e efeitos especiais. A pequena Ma Petite é interpretada por Jyoti Amge, que está no Guinness por ser a menor mulher do mundo, assim como outros atores são retratados com suas próprias deficiências.


Enfim, esta temporada foi, para mim, muito mais drama que terror. Apesar de ter um palhaço assassino no meio e alguns elementos sobrenaturais, eu me senti como parte da família dos freaks. Adorei e recomendo.
Related Posts with Thumbnails