26 de maio de 2018

Lost Boy: The True Story of Captain Hook

Peter will say I'm a villain, that I wronged him, that I never was his friend.
But I told you already. Peter lies.
This is what really happened.

Peter dirá que sou um vilão, que eu o ofendi, que nunca fui amigo dele.
Mas eu já te disse. Peter mente.
Isso é o que realmente aconteceu.

Esqueçam o Peter Pan como o conhecemos, seja pelo livro de J. M. Barrie ou o desenho da Disney. Está na hora de conhecer a verdadeira história do garoto que nunca cresceu, contada por aquele que um dia foi seu melhor amigo: Jamie, futuramente conhecido como Hook (Capitão Gancho).

Tudo é lindo e mágico na ilha de Peter Pan, que traz meninos do nosso mundo (o Outro Lado) para lhe fazer companhia e viverem grandes aventuras, nadando com sereias e enfrentando piratas. Até que Peter traz um menino que é novo demais: Charlie, de apenas cinco anos. Jamie assume o papel de irmão mais velho do garoto, o que provoca um ciúmes doentio em Peter. A partir daí, a ilha nunca mais será a mesma para esses meninos perdidos.

Adoro releituras de histórias clássicas e acho que, depois de Lost Boy, nunca mais conseguirei olhar para o Peter Pan do mesmo jeito. Fiquei com tanto ódio no coração por causa das coisas que ele fazia, de como ele era egoísta, maníaco, manipulador! Já Jamie foi um narrador que me conquistou demais. Foi incrível o jeito com que ele foi abrindo os olhos para quem Peter realmente era.

Se você acha que, por ser uma releitura de Peter Pan, este é um livro bonitinho e para crianças, vai se decepcionar. Lost Boy não economiza no sangue e membros cortados. É uma história sombria e assustadora, que faz a gente gritar, roer as unhas e chorar um pouco em cada capítulo. Adorei e recomendo!

Todas as crianças crescem, exceto uma.

Nota:

Related Posts with Thumbnails