25 de setembro de 2016

Inspiração: Super-heróis fofos

O post de hoje não tem muito a ver com livros... Mas é muito, muito fofo! Eu adoro ver versões fofas de super-heróis, e vocês?

Começando pelos fofíssimos Capitão América e Agente Carter.


Imaginem se os Avengers fossem... ursos pandas?!



E o Pikachu fosse o Batman?!


Para terminar, um dos mais fofos de todos os tempos... Groot!


Qual o seu preferido?

Créditos das imagens: Pinterest

23 de setembro de 2016

A Irmã da Sombra

3º livro da série As Sete Irmãs.
Atenção! Esta resenha pode conter spoilers dos livros anteriores da série!

Resenhas dos livros anteriores:
1. As Sete Irmãs
2. A Irmã da Tempestade

Peguei o envelope com as mãos trêmulas. Respirei fundo e o rasguei. Lá dentro havia uma carta e, também, o que parecia uma pequena e delgada caixinha de joias. Desdobrei o papel e comecei a ler.

Depois de viajarmos para o Rio de Janeiro com Maia e para a Noruega com Ally, agora é a vez de conhecermos a Inglaterra através dos olhos de Estrela. Ela sempre esteve junto de sua irmã Ceci, mas começa a se sentir sufocada e vai atrás das pistas de sua origem, deixadas por Pa Salt.

Essas pistas a levam a uma livraria em Londres e, junto dela, ao seu atual proprietário, Orlando, e sua família, que vive no interior. Mais uma vez, Lucinda escreve com maestria uma história que mistura passado e presente, história e ficção. O passado é 1909, onde acompanhamos a história de Flora MacNichol, que foi vizinha, por um tempo, da escritora Beatrix Potter.

No começo não simpatizei muito com Estrela, pois sentia que ela era muito apagada, vivendo na sombra da irmã super protetora. Ela deixava de fazer tudo que queria para seguir a irmã. Conforme o livro vai passando, ela vai ganhando auto estima, saindo da sombra para fazer jus ao brilho do seu nome.

O mundo de Peter Rabbit, criação de Beatrix Potter (créditos)

Mas não é só Estrela que precisa recomeçar sua vida... Ela toca todos em sua família perdida, que estava mais quebrada do que poderia imaginar. É assim que ela passa a ser uma personagem forte, quando começa a ajudar os outros também, além de a si mesma.

Outra personagem que, para mim, foi muito forte, foi Flora. Eu adorei a história dela e também das outras mulheres de sua época: Beatrix e Alice Keppel. Achei lindo o modo como a autora tratou o feminismo, tanto no início do século 20 quanto no século 21. Ela retrata mulheres que são exemplos de força e determinação, além de lutarem contra os estereótipos da época.

A Irmã da Sombra foi um livro maravilhoso, e foi também o meu preferido da série até agora. Fico na ansiedade, aguardando o próximo livro, que contará a história de Ceci.

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela Arqueiro.

21 de setembro de 2016

Quero ver no Brasil: Three Dark Crowns

Em todas as gerações, na ilha de Fennbirn, um conjunto de trigêmeos nasce: três rainhas, todas igualmente herdeiras da coroa e possuidoras de uma mágica cobiçada. Mirabella é uma elemental feroz, capaz de acender chamas com fome ou tempestades ferozes num estalar de dedos. Katharine é uma envenenadora, que pode ingerir os venenos mais mortais sem sentir nem uma dor de estômago. Arsinoe, uma naturalista, tem a capacidade de florescer a mais vermelha rosa e controlar o mais feroz dos leões.

Mas tornar-se a Rainha coroada não é apenas uma questão de nascimento real. Cada irmã tem que lutar por ela. E não é apenas um jogo de ganhar ou perder ... é vida ou morte. Na noite em que as irmãs fizerem dezesseis anos, a batalha começará.

A última rainha de pé recebe a coroa.

(Sinopse traduzida por mim do Goodreads)

Adorei a capa e a sinopse desse livro! Como já existe um livro da autora publicado no Brasil, Anna vestida de sangue (que eu não li), as chances de Three Dark Crowns (três coroas escuras) ser publicado também é grande. Eu já estou torcendo.

19 de setembro de 2016

Keeping the moon

My name is Nicole Sparks. Welcome to the first day of the worst summer of my life.

Nicole, mais conhecida como Colie, é uma adolescente normal, a não ser pelo fato de ser filha de Kiki Sparks. Ela e sua mãe já viveram na pobreza e obesas, mas depois que Kiki entrou para um programa de emagrecimento, ela também virou coach e hoje viaja pelo mundo treinando as pessoas e mostrando seu novo modo de vida.

É por causa de uma dessas viagens que Colie vai passar as férias de verão com sua tia Mira, uma solteirona meio excêntrica que mora na beira da praia. É lá, também, que ela conhece Isabel e Morgan, e descobre o poder da amizade verdadeira.

Eu amo os livros da Sarah Dessen. Esse não entrou para os meus preferidos dela, mas ainda assim foi muito bom.

Algo que eu adoro nos livros dessa autora é o clima... A gente se sente de férias lendo seus livros, com o pé na areia, o barulho do mar e uma Coca-Cola gelada do lado. É praticamente uma viagem sem sair do lugar.

Outra coisa que eu gosto é que sempre mostra o crescimento dos personagens. Colie nos mostra que, mesmo perdendo dezenas de quilos e mudando sua aparência física, é muito mais difícil mudar o que se sente por dentro. Ela nunca teve amigos, nunca se achou bonita... Mas com a ajuda de Isabel e Morgan (e de Norman, seu vizinho) ela vai, aos poucos, reconstruindo sua auto-estima.


Eu senti falta de um pouco mais de explicações para a história de Mira. Ela é uma personagem fantástica, que mostra que nós vivemos mais felizes quando não nos importamos com a opinião dos outros, porém senti falta de um background maior, que explicasse por que ela e Kiki são tão diferentes.

Keeping the moon é um livro sobre férias de verão, adolescência, amor e amizade. Eu adorei passar esses dias na praia com ele.

Outras capas:


Nota:

18 de setembro de 2016

Sorteio: O Bangalô

Verão de 1942. Anne tem tudo o que uma garota de sua idade almeja: família e noivo bem-sucedidos.

No entanto, ela não se sente feliz com o rumo que sua vida está tomando. Recém-formada em enfermagem e vivendo em um mundo devastado pelos horrores da Segunda Guerra Mundial, Anne, juntamente com sua melhor amiga, decide se alistar para servir seu país como enfermeira em Bora Bora.

Lá ela se depara com outra realidade, uma vida simples e responsabilidades que não estava acostumada. Mas, também, conhece o verdadeiro amor nos braços de Westry, um soldado sensível e carinhoso.

O esconderijo de amor de Anne e Westry é um bangalô abandonado, e eles vivem os melhores momentos de suas vidas... Até testemunharem um assassinato brutal nos arredores do bangalô que mudará o rumo desta história.

A ilha, de alguma forma, transforma a vida das pessoas, e este livro certamente transformará você.

Um ganhador irá receber o livro O Bangalô, de Sarah Jio, publicados pela Novo Conceito + marcadores diversos.

Leia as regras e se inscreva pelo Rafflecopter abaixo ;)

Regras:

1. Possuir endereço de entrega no Brasil.

2. Inscrever-se até 30/09/2016 23:59:59, de acordo com os passos descritos no Rafflecopter abaixo. Os únicos passos obrigatórios são: cadastrar-se com o nome e e-mail e comentar neste post. Todos os outros são opcionais.

3. O resultado será divulgado nesta mesma postagem em até 5 dias úteis após o término das inscrições. O vencedor será avisado por e-mail e terá 48 horas para responder o contato. O prêmio será enviado pelo blog Meu Jardim de Livros em até 45 dias após a divulgação do resultado. Informaremos o código de rastreio dos Correios e será responsabilidade do ganhador fornecer seu endereço corretamente e assegurar-se de que haja alguém em casa para receber a encomenda. Não nos responsabilizamos por danos, demora ou extravios durante o transporte. Esta atividade é recreativa e a participação é voluntária e gratuita. Ao se inscrever, o participante declara concordar com as regras aqui descritas.

a Rafflecopter giveaway
Related Posts with Thumbnails