27 de fevereiro de 2017

Arqueiro: Lançamentos de Março/2017

Oi pessoal! Vamos conhecer os lançamentos de março das parceiras Arqueiro e Sextante? Tem YA, mistério, romance, fantasia, auto-ajuda... Livros para todos os gostos!

Arqueiro


Eu já li Irmãos de Sangue, da Nora Roberts, em inglês e gostei. Vocês podem conferir minha resenha aqui.

Sextante


Quais livros vocês querem ler?

24 de fevereiro de 2017

O perfume da folha de chá

Ela olhou ao redor e sentiu mais uma vez um desconforto do qual não conseguira se livrar desde que saíra da Inglaterra. Não existe lugar mais distante de Gloucestershire que o Ceilão, dissera seu pai.


1925. A jovem Gwendolyn Hooper deixa o conforto da Inglaterra para ir morar com seu marido, Laurence, no Ceilão (atual Sri Lanka), onde ele tem uma fazenda produtora de chá.

No começo tudo é diferente e exótico... Mas logo Gwen começa a perceber que existem diversos segredos na fazenda - muitos relacionados ao seu marido, que já foi casado antes.

Não vou falar mais nada da históra desse livro! São vários segredos que a gente vai descobrindo junto com Gwen, e não quero entregar nenhum spoiler.

O que eu posso dizer é que eu devorei esse livro. Li com meus marcadores de post-it em mãos, para marcar as frases que mais gosto, porém não consegui parar a leitura para isso. Fiquei com a cara grudada no livro e não via a hora de chegar ao fim para que os segredos viessem à tona.

Imagem original: Portal de Saúde

Mas li, também, com o coração apertado. No final, chorei muito. Fiquei pensando em todas as vidas desperdiçadas por conta de segredos de família, nos trabalhadores paassando fome... O jeito que a autora, Dinah Jefferies, escreve, faz tudo parecer muito real - apesar dos personagens fictícios, muitos acontecimentos ali são reais.

Eu amei O perfume da folha de chá. É um livro que quero guardar, para um dia ler novamente. O estilo é parecido com os livros da Lucinda Riley (de quem também sou fã), então quem gosta dessa autora pode ler sem receios.

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela editora Paralela.

22 de fevereiro de 2017

Trecho: A Rainha das Trevas


Dorothea SaDiablo, a sacerdotisa suprema de Hayll, subiu devagar os degraus até a grande plataforma de madeira. Era uma bela manhã de início de outono e Draega, a capital de Hayll, ficava bastante ao sul, de modo que os dias ainda eram quentes. O pesado manto preto a fazia transpirar. Sob o grande capuz, seu cabelo estava úmido e o pescoço coçava. Em poucos minutos, o manto não seria mais um problema.

Ao chegar à plataforma, ela viu a lona estendida à frente, junto à multidão ansiosa, e ofegou. Que bobagem. Usara todos os feitiços que conhecia para manter em segredo aquilo que estava debaixo da lona. Forçando-se a respirar normalmente, atravessou a plataforma, detendo-se a alguns centímetros da lona.

É assim que se inicia, A Rainha das Trevas, último volume da trilogia Joias Negras e lançamento da Editora Arqueiro. Leia o trecho completo no site da editora.


Eu ainda não li nenhum livro dessa trilogia, mas a história me interessou. E vocês, já leram?

20 de fevereiro de 2017

Ninfeias Negras

Três mulheres vivendo num vilarejo.
A terceira era a mais talentosa; a segunda, a mais esperta; a primeira, a mais determinada.
Na sua opinião, qual delas conseguiu escapar?



Giverny é um pequeno vilarejo na França, que se tornou ponto turístico conhecido mundialmente por ter sido o lar de Claude Monet, famoso pintor impressionista.

O que ninguém esperava, num lugar tão bucólico, é que ocorresse um assassinato. Um médico conhecido por todos é encontrado morto e dois investigadores assumem o caso.

Além deles, acompanhamos a história de três mulheres: uma menina de 11 anos que adora pintar, a professora da escola local, e uma idosa que observa a todos de seu moinho.

Não dá para falar muito sobre Ninfeias Negras sem entregar algo sobre o enredo. Este livro, como a grande maioria dos romances policiais, precisa ser lido sem se saber muito a respeito. Eu fiquei grudada no livro, louca para saber como ele iria terminar.

Imagem original: Arte na rede

Porém, algo que atrapalhou na história foi que detestei o investigador principal. O legal de livro policial, na minha opinião, é ir juntando as pistas junto com os detetives. Mas Sérénac, o detetive em questão, tem uma atitude totalmente anti-profissional, e peguei raiva dele e de uma personagem com quem ele se envolve.

O final é surpreendente, mas achei morno... Não foi um final que me deu vontade de reler para tentar juntar as pistas, ficou um sentimento de que o autor "trolou" o leitor.

Ninfeias Negras é um bom livro, tenso até a última página, mas cujo final me decepcionou. Ainda assim, o desenvolvimento da história foi interessante, por isso valeu a pena a leitura.

Outras capas:


Nota:

Livro cedido para resenha pela editora Arqueiro.

18 de fevereiro de 2017

Trecho: A Dieta Espiritual

Muitas pessoas têm preconceito contra livros de auto-ajuda - eu sei porque eu já fui uma dessas pessoas. Porém, depois de ler alguns eu mudei minha opinião. Eles podem ajudar sim! Se o livro casa com algo que você está vivendo naquele momento, ou algo pelo qual passou, ele pode trazer ensinamentos importantes para a sua vida. Eu achei este lançamento da Editora Sextante muito interessante e por isso trouxe um trecho para vocês. Vocês podem ler mais no site da editora.


Prólogo - A origem da dieta espiritual

Este livro foi inspirado por acaso no meu amigo Albert Calls, leitor ávido das obras citadas ao longo destas páginas. A ideia me veio quando nos encontramos certa manhã.

Fazia tempo que não nos víamos e notei que ele estava bem mais magro que o habitual. Albert nunca havia sido obeso, mas tinha tendência a exibir uns quilinhos a mais, e eu sabia que ele havia tentado diversos métodos para entrar em forma.

Enquanto ele me explicava as diferentes dietas que tinha seguido para perder peso (cada uma com seus prós e contras), eu tive um insight: o que nos torna pesados não é nosso peso corporal, mas o peso das emoções negativas que carregamos nos ombros. E somente quando o eliminamos é que podemos caminhar com leveza e dar à vida a silhueta que ela merece.

Related Posts with Thumbnails