28 de agosto de 2010

A Mediadora: Crepúsculo

Quando terminei de ler o quinto volume da série A Mediadora, estava louca para ler o próximo e último da série. Então quando vi o livro na Bienal, comprei na hora!

Leia as resenhas dos outros livros da série:

É difícil fazer a resenha do último livro de uma série sem escrever spoilers. Mas posso dizer que quem acompanhou a série com certeza apreciará o final - ou pelo menos que eu gostei bastante. Apesar da história desse último volume ser um pouco mais viajada, estava esperando um final feliz para a Suze e o Jesse (adoro histórias com finais felizes), e Meg Cabot conseguiu criar um final lindo, perfeito.

Há algumas semanas, li no blog da Meg Cabot que ela recebeu o roteiro do filme da Mediadora para avaliar. Acho que a série daria um filme ou série de TV bem legais. Vamos torcer para que a ideia saia do papel.

22 de agosto de 2010

Bienal do Livro SP 2010

Sábado (dia 21/8) foi minha vez que conferir a 21ª Bienal Internacional do Livro de São Paulo, que termina hoje. O evento estava lotadíssimo, tanto que nem consegui entrar em alguns estandes. Seguem algumas fotos do passeio!

Fila para entrar no estacionamento. Desse ponto até chegarmos na fila de ingressos, demorou 1 hora :(

Entrada do evento
Achei o Stephen King!
Giulia Moon - autora de Kaori - Perfume de Vampira
Algo estranho acontecendo no estande da Editora Leya...
Raphael Draccon - autor da trilogia Dragões de Éter
Leila Rego - autora de Pobre Não Tem Sorte
Alexandre Ottoni, Eduardo Spohr e Azaghal. Infelizmente não consegui o autógrafo deles... a fila para pegar era imensa!
Livros comprados na Bienal
Vai demorar para ler tudo...
Marcadores
Marcador de PNTS autografado pela Leila
Em 2012 tem mais...

A Mediadora: Assombrado

Assombrado é o 5º volume da série A Mediadora, de Meg Cabot. Se você ainda não conhece essa série, pode ler os posts dos livros anteriores:

 Assombrado segue o ritmo dos demais livros da série, o que significa que quando comecei a ler não consegui parar até chegar no final. Nesse livro, Suze precisa confrontar Paul novamente, quando ele se matricula na mesma escola que frequenta, enquanto lida com seus sentimentos (talvez não correspondidos) por Jesse.

O livro é tão bom que já comprei o último volume na Bienal e engatei a leitura. Recomendo!

11 de agosto de 2010

O Prazer de Mackenzie

Sora Seishin pela primeira vez se aventurando pelo mundo dos romances de banca! :)

O Prazer de Mackenzie começa com Barrie Lovejoy, filha do embaixador americano em Atenas, sendo sequestrada por terroristas. Para resgatá-la, é enviado o agente especial da SEAL Zane Mackenzie. Durante a fuga, eles se tornam amantes e se apaixonam (mais ou menos nessa ordem). Porém, Zane é baleado e Barrie enviada de volta a seu pai. São separados, mas farão qualquer coisa para que possam ficar juntos novamente.

O livro é bem leve, do tipo que dá para passar o dia todo lendo. Além do romance possui suspense, pois Barrie e Zane, ao mesmo tempo que querem ficar juntos, precisam se proteger dos terroristas ocultos que ameaçam a ela e seu pai.

É o primeiro romance Harlequin de banca que leio e o primeiro de Linda Howard, e está aprovado!

Este livro faz parte da saga da família Mackenzie, mas se você, assim como eu, não leu os livros anteriores, isso em nada atrapalha a leitura. Os livros da saga, de acordo com a Wikipedia, são:
  1. MacKenzie's mountain (1989) - A montanha de Mackenzie
  2. MacKenzie's mission (1992) - Missão Mackenzie
  3. MacKenzie's pleasures (1996) - O prazer de Mackenzie
  4. MacKenzie's magic (1996) - inédito no Brasil
  5. A game of chance (2000) - inédito no Brasil
Os dois primeiros livros estão esgotados no site da Harlequin e é possível adquirir o terceiro por R$12,00. Mas se correr até uma banca, ainda dá para adquirir esse livro e mais um por R$13,90 como eu relatei aqui.

9 de agosto de 2010

Dica: Saldão de livraria da Harlequin

Livros de R$41,90 por R$9,90! :)


Aos 13 anos de idade, Harlow Anastasia Grail, considerada uma das “princesas de Hollywood”, sobreviveu a um terrível seqüestro que a deixou traumatizada e com uma terrível lembrança: a mutilação de seu dedo mínino.

Vinte e três anos depois, Harlow deu uma guinada na vida. Mudou-se para Nova Orleans, tornou-se escritora de thrillers e trocou sua identidade para Anna North. Finalmente, passou a se sentir segura.

Quando Anna começa a receber cartas de uma leitora de 11 anos, aparentemente em uma situação de perigo, sua vida não é mais a mesma. Eventos aterrorizantes começam a preencher seus dias e noites, e um pesadelo insuportável, que ela pensava ter superado há muito tempo, retorna com toda a força.


Avaliação Skoob: 3.9


A artista forense Ashley Montagne e o detetive Jake Dilesio unem forças na tentativa de desvendarem mistérios que envolvem um assassino serial colocado atrás das grades há cinco anos e um bizarro culto realizado no Parque Nacional Everglades, em Miami.

Tudo começa quando Ashely, ao viajar a passeio, vê um corpo na estrada e, de relance, percebe a presença de uma estranha figura encapuzada. Apesar de parecer apenas mais um caso de bêbado atropelado, ao desenhar a cena mais tarde, sua memória fotográfica revela que a pessoa acidentada é na verdade, um amigo.

Ao mesmo tempo, outro crime acontece no coração do Everglades. O cadáver de uma mulher é encontrado, e Jake teme não ter resolvido por inteiro um caso que acreditava fechado há cinco anos, com a condenação de Peter Bordon, líder de uma seita acusado de crimes hediondos. O pesadelo parece ter se tornado realidade outra vez, pois o corpo traz as mesmas marcas das vítimas de Bordon: orelhas mutiladas.


Avaliação Skoob: 3.7


 Emma Carter acaba de entrar para a categoria das ex-namoradas. A moça, editora da Top Noivas, acha que não sabe mais ser uma solteira em Nova York. Para piorar as coisas, ela ainda precisa fazer consultorias de casamentos para todas as amigas que vão se casar. Agora, Emma terá que descobrir como ser feliz sozinha na Big Apple. Com tiradas inteligentes e muita ironia, Confissões de uma ex é um excelente guia para todas as mulheres que são, foram ou serão ex-namoradas algum dia.


Avaliação Skoob: 3.3

5 de agosto de 2010

Novidades

Oi pessoal! Sem novas resenhas hoje, mas algumas novidades.

Hoje chegou pelo correio a camiseta da série Flash Forward que ganhei pelo Twitter do canal AXN! Eu fiquei muito feliz porque participo de várias promoções, praticamente todas que encontro, e nunca ganhei nada... até agora! O que só vai me incentivar a participar de mais promoções ;)


Outra novidade é que fui até a banca comprar o volume dessa semana da coleção Clássicos da Literatura Disney e acabei dando uma olhada nos livros da Harlequin. Eu só havia comprado dois livrinhos dessa editora até então, mas eles não são romances e sim de suspense, da coleção Grandes Autores (acho que nem existe mais). Eu havia prometido a mim mesma que não iria mais gastar um centavo até a Bienal do Livro, mas achei um pacote com dois livros de duas autoras que eu queria conhecer faz tempo por apenas R$13,90 e não resisti.

Pior que eu já tinha comprado o 5º volume da série A Mediadora no fim de semana. E agora, o que ler primeiro?

4 de agosto de 2010

Blockade Billy


O livro é composto de dois contos. O primeiro, que dá título ao livro, é Blockade Billy. Trata de um técnico de beisebol relatando ao King a história de Blockade Billy, um jogador brilhante, mas que foi apagado da memória do beisebol. E no final descobrimos o motivo... Eu gostei desse conto, porém não entendi as partes que relatavam os jogos de beisebol, pois não entendo nada sobre esse esporte. Mas, sendo escrito pelo Stephen King, vale a pena ler.

O segundo conto se chama Morality. Seus personagens, Nora e Chad, são o típico casal americano. Chad trabalha como professor substituto em uma escola e escreve um livro em suas horas vagas, enquanto Nora trabalha de enfermeira home-care. Ambos estão atolados em dívidas. Até que um dia, um idoso de quem Nora cuida lhe faz uma proposta: se ela realizar uma tarefa para ele, ganhará 200 mil dólares. O que ela não sabe é que essa tarefa lhe custará muito mais que isso.

Ao contrário das histórias do King que costumo ler, essas duas não tem nada de sobrenatural. Porém, também não é necessário, pois os contos mostram que simples seres humanos podem dar medo.

Esse pequeno livro de 132 páginas contrasta com os "tijolos" que o Stephen King costuma escrever. Porém, sendo do meu autor favorito, não podia deixar de tê-lo em minha coleção. Comprei-o em inglês porque foi lançado este ano e ainda não tem tradução. Alguma editora se habilita?

1 de agosto de 2010

Olhos de Falcão

Gosto de livros policiais, mas não costumo ler muitos. Acabei comprando esse livro pois a sinopse e a propaganda no twitter da Editora Bertrand me chamaram a atenção... e valeu a pena!

É difícil escrever uma resenha de um livro policial sem soltar spoilers, mas vou tentar. A história começa com o detetive Joe Lucchesi tentando resolver um complicado sequestro em Nova York, que acaba tendo um final trágico - não vou contar o que acontece, mas posso dizer que terminei o prólogo de boca aberta. Depois desse acontecimento, ele se muda com sua esposa Anna e seu filho adolescente Shaun para uma cidadezinha na Irlanda. Sua vida parece ter se tornado pacata e tranquila... até que Katie, a namorada de seu filho, desaparece misteriosamente, e Shaun se torna o principal suspeito. À medida que Joe investiga o caso, fantasmas de seu passado voltam para assombrá-lo, e eles estão associados àquele crime que o fez mudar de país.

Apesar do tamanho (448 páginas), eu li o livro relativamente rápido, pois quando comecei não conseguia parar. Olhos de Falcão é o romance de estreia da escritora irlandesa Alex Barclay e o modo como ela escreve torna a história muito interessante, pois ela mostra as investigações do desaparecimento de Katie, mesclada a flashback que mostram como surge um psicopata assassino.

Gostaria de ressaltar três pontos positivos para a Editora Bertrand:
  1. O acabamento do livro é maravilhoso! As páginas possuem lombadas vermelhas, chamando bastante a atenção, e a capa e as abas são lindas!
  2. A tradução é muito boa, pois não houve censura alguma aos palavrões.
  3. Gostei mais do título brasileiro do que o título original, Darkhouse.

A autora possui mais dois livros publicados (ainda inéditos no Brasil), um também com o detetive Joe Lucchesi, The Caller, e outro chamado Blood Runs Cold.
Related Posts with Thumbnails