20 de outubro de 2011

O Oitavo Pecado

O oitavo pecado
Tentei levantar-me e senti o corpo pesado como se tivesse aumentado a massa corporal e diminuído a etérea. Senti medo. Olhei para minhas asas, e as vi sem o viço; não se mexiam. Voltei a deitar sobre as raízes da árvore que estavam expostas, pareciam braços enormes e acolhedores. Um sono novo aproximou-se, mas este se parecia com cansaço. Adormeci profundamente. Sem sentidos; sem nenhuma reação virtual ou perceptiva.


Quem nos conta a história é Henaph, um anjo criado pelo Pai com a missão de guardar o Éden. Porém, seu maior desejo é poder criar seu próprio mundo, assim como fez seu Pai.

O deus Hermes é designado para protegê-la... porém, ela acaba se apaixonando por ele, o que faz com que seja expulsa do Éden, perdendo sua imortalidade. É aí que ela conhece Minos, o rei de Creta, que logo se apaixona por ela... Por quem Henaph se decidirá? E será que conseguirá recuperar sua tão desejada imortalidade?

O livro em três palavras: romântico, envolvente, poético.

Em primeiro lugar, o mundo criado pela brasileira Adriana Vargas era inédito para mim. Já estamos acostumados (e até saturados) de ler livros em que uma humana se apaixona por um vampiro / lobisomem / anjo e, quando comecei a ler, achei que seria mais um livro com essa premissa. Porém, me enganei. Nunca havia lido um livro que misturasse angelologia com mitologia grega. Como são dois assuntos que me interessam, só por isso o livro já me atraiu.

Henaph é uma personagem adorável, uma verdadeira heroína. Ela é um anjo, mas não é perfeita, está em constante aprendizado (como nós, humanos). Passei o livro torcendo por ela e que ela tivesse um final feliz, principalmente nos últimos capítulos - mas não posso contar o que acontece para não estragar a história.

A narrativa é bela, poética, e flui facilmente. É um livro gostoso de ler, que nos transporta para o mundo dos anjos e dos deuses gregos. É um romance, mas não é meloso. É uma história de amor.

O único ponto negativo do livro é que encontrei vários erros de digitação, como acentos faltando. Mas nada que atrapalhe a leitura. A autora já me informou que o livro irá passar por uma nova revisão, portanto, logo teremos uma nova edição.

Recomendo a todos que se interessam por anjos, deuses e grandes amores.


Nota:


Onde encontrar:

Related Posts with Thumbnails