29 de novembro de 2011

Amante Desperto

Terceiro volume da série Irmandade da Adaga Negra. Leia as resenhas dos outros livros da série:

1. Amante Sombrio
2. Amante Eterno

ATENÇÃO: Esta resenha contém spoilers do 2º livro!

Por que Zsadist se preocupava com uma fêmea civil, ninguém na Irmandade conseguia entender. Ele era conhecido... ou melhor, era temido por sua aversão às mulheres. Qual a razão de ele se importar com Bella era o que todos se perguntavam. No entanto, ninguém, nem mesmo Phury, seu irmão gêmeo, podia predizer as ações do homem.

No final de Amante Eterno, Bella é sequestrada pelos redutores. Amante Desperto começa exatamente onde o outro termina. Sem conseguir entender seu encanto pela fêmea, Zsadist fará de tudo para recuperá-la e vingar-se dos redutores.

O livro é focado no romance entre Zsadist e Bella, mas também conta, em flashback, o passado de Zsadist e Phury. Finalmente descobrimos por que ele tem tantas cicatrizes e por que Phury não tem uma perna. O passado deles foi o que achei mais interessante no livro, pois é justamente o que senti falta no volume anterior. Os flashbacks se misturam à história atual, então o livro não ficou cansativo e, com eles, podemos entender as ações de Zsadist.

Como os outros livros da série, esse também é bem HOT, ou seja, não indicado para menores de 18 anos. Eu me apaixonei pelo Zsadist, acho que é o Irmão que eu mais gostei até agora, justamente pelo passado dele ser tão complexo.

Quem ainda não começou a ler essa série e curte histórias de vampiros com "A pegada", leia agora!!! E que venha o próximo volume, Amante Liberto.

Outras capas. Não consegui gostar de nenhuma (incluindo a brasileira), mas acho que a última, que nem sei em qual língua está, representa melhor o Zsadist, pois é a única que mostra as tatuagens dele.


Nota:

Onde comprar: Submarino - R$23,90
Related Posts with Thumbnails