18 de janeiro de 2012

What Happened to Goodbye

Tudo era tão diferente, aquela primeira mudança, que eu não sentia que eu também deveria ser diferente. Então a única coisa que mudei foi meu nome, gentil mas firmemente corrigindo meu professor no primeiro dia de aula. "Eliza", eu disse a ele. Ele olhou para a lista de chamada, então riscou o que estava lá e escreveu isso no lugar. Era tão fácil. Assim, nos momentos apressados entre os anúncios, eu embrulhava e jogava fora dezesseis anos da minha vida e nascia de novo, tudo antes do primeiro período começar.
(página 6 do livro - tradução minha)

Após o divórcio de seus pais, Mclean, uma garota de 16 anos, muda de cidade em cidade com seu pai, que trabalha para a EAT INC., uma empresa de restaurantes. E cada vez que eles se mudam, ela encarna uma pessoa diferente: pode ser a garota popular, a redatora do jornal da escola, a que vai em todas as festas... Até que, ao chegar em Lakeview, Mclean tentará ser alguém que ela nunca foi: ela mesma.

Demorei um pouco para ler este livro (de 402 páginas), não porque ele é entediante, mas é um livro para se ler devagar, com calma, aproveitando a história. Foi bom ler um YA que não é sobrenatural; muito pelo contrário, os personagens são bem reais e poderiam ser qualquer um. Afinal, quem não teve uma crise de identidade quando passava pela adolescência?

O livro também tem romance e fala da importante da amizade, mas o foco principal é a família. Além disso, trata-se de uma história sobre uma garota descobrindo a si mesma. Recomendo a todas meninas e mulheres!

Diagramação delicada, bem feminina

Este livro é inédito no Brasil.

Nota:

Onde comprar: Amazon (em inglês)
Related Posts with Thumbnails